sábado, 1 de maio de 2021

Márcio Jerry realiza benefícios no Residencial Ribeira, ao lado de Astro de Ogum

 

De mãos dadas com o Parlamento Municipal de São Luís tendo como propósito melhorar a qualidade de vida do cidadão ludovicense, o Governo do Estado, por meio da Secretaria das Cidades  e Desenvolvimento Humano- Secid, sob o comando do deputado federal licenciado Márcio Jerry- tem realizado um significativo trabalho na Grande São Luís. 

Um exemplo das intervenções do Executivo Estadual na capital foi o evento ocorrido agora pouco no Residencial Ribeira, que contou com a presença do vereador Astro de Ogum decano na Câmara Municipal, além de comunitários. 

O secretário Márcio Jerry inaugurou ainda pouco naquele bairro, atendo solicitação do vereador, as obras executadas pela Secid incluindo a revitalização de um espaço em frente ao Centro Comercial. No local que possui 3.037,27 m² foi realizada a troca de piso, paisagismo, playground, academia para idoso, acessibilidade, colocação de lixeiras e bancos. Ao longo deste sábado (01), quando celebramos o Dia do Trabalhador uma extensa agenda de atividades foi programada para comemorar à data.

quinta-feira, 29 de abril de 2021

Vacinação chega para educadores da rede estadual com 43 anos na capital

 

Vacinação chega para educadores da rede estadual com 43 anos na capital

Nesta quinta-feira (29), o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, anunciou que começa hoje a vacinação contra a Covid-19 para profissionais da educação com idade igual ou superior a 43 anos, das redes Federal e Estadual, que será realizada no Iema Cintra e no Cejol.

Em Imperatriz, a faixa etária para esta quinta-feira (29) será para profissionais com idade a partir de 35 anos, em atividade. A vacinação na cidade do sul do Maranhão acontece no sistema Drive Thru do Imperial Shopping.

Já em Bacabal, a vacinação acontece para profissionais a partir de 30 anos, nesta quinta e sexta, no Centro de Ensino Estado do Pará.

Em Caxias, nesta quinta-feira feira, a faixa etária de vacinação para os trabalhadores da educação, na ativa, será a partir dos 35 anos. Os pontos de Vacinação serão no C.E Inácio Passarinho, para profissionais da rede estadual e, para os profissionais da rede municipal e privada, acontece no SESI/SENAI.

quarta-feira, 28 de abril de 2021

Quem são os 206 MIL novos inclusos no pagamento do auxílio emergencial?

 


Caixa Econômica Federal (CEF) incluiu mais de 206 mil novos trabalhadores no auxílio emergencial de 2021. Estas pessoas são aquelas que contestaram o resultado do benefício junto ao portal Dataprev

Quem são os 206 MIL novos inclusos no pagamento do auxílio emergencial?
Quem são os 206 MIL novos inclusos no pagamento do auxílio emergencial?(Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

A previsão de pagamento do auxílio emergencial para este grupo é a partir do dia 16 de maio, ou seja, em conjunto com os depósitos referentes à segunda parcela. Porém, é importante ressaltar que o pagamento acumulado é uma particularidade que ocorrerá somente no próximo mês.

Isso porque, da terceira parcela em diante o depósito dos valores nas contas poupança sociais digitais acontecerão em conformidade com o calendário estabelecido pelo Governo Federal.

Aqueles que ainda têm dúvidas sobre a aprovação nesta nova rodada do auxílio emergencial, bem como sobre o resultado da contestação, podem verificar a situação por um dos sites a seguir:

De acordo com os dados divulgados pelo Ministério da Cidadania, 206.126 mil novos beneficiários foram aprovados nesta rodada. Além do que, o cidadão que teve o pedido processado, mas que ainda assim não conseguiu obter um parecer positivo sobre o benefício, tem o prazo de dez dias para contestar o resultado. 

Vale mencionar que dois novos grupos recebem a primeira parcela do auxílio emergencial nesta quarta-feira, 28. É a vez dos inscritos no programa de transferência de renda, Bolsa Família, cujo dígito do Número de Identificação Social (NIS) termina em 8. 

Também recebem o benefício pelo Caixa Tem ainda hoje, os aniversariantes do mês de novembro que foram aprovados pelo Cadastro Único (CadÚnico) ou pelo site/aplicativo do auxílio emergencial.

Na oportunidade, a pasta competente informou que um montante de R$ 2,98 bilhões serão distribuídos somente neste mês de abril entre 10 milhões de beneficiários do Bolsa Família. 

Do total mencionado, pouco mais de 50% compõem o grupo de mães solteiras chefes de família, ou seja, 5.098, as quais receberão parcelas no valor de R$ 375. Enquanto isso, 3,34 milhões terão direito às parcelas no valor médio de R$ 250. Por fim, 1,56 milhão recebem a quantia mínima de R$ 150.

É importante ressaltar que os beneficiários do Bolsa Família que não foram aprovados de primeira no auxílio emergencial 2021, mas que acreditem e podem comprovar o cumprimento dos critérios, têm até o dia 1º de maio para contestar o resultado. O procedimento também deve ser feito pelo portal Dataprev. 

No geral, ambos os grupos recebem os valores diretamente nas contas poupança sociais digitais pelo aplicativo Caixa Tem, visando evitar aglomerações nas agências da Caixa Econômica. 

segunda-feira, 26 de abril de 2021

São Luís chega a 208.083 doses aplicadas contra a Covid-19. Confira quem será vacinado hoje

 

São Luís chega a 208.083 doses aplicadas contra a Covid-19. Confira quem será vacinado hoje

O cronograma de vacinação da capital chega a 208.083 doses aplicadas contra a Covid-19. Desse total, 142.829 foram referentes a primeira dose e 65.254 para a segunda. São Luís recebeu 246.752 vacinadas e aplicou 84,3% delas.

Nesta segunda-feira (26), será realizada a vacinação para educadores da rede privada e pública municipal, com idade igual ou superior a 50 anos, no Centro de Convenções da Universidade Federal do Maranhão. No período da manhã, serão vacinados os nascidos de janeiro a junho e a tarde, os nascidos de julho a dezembro. A vacinação acontece de 8h às 18h.

Já na terça-feira (27), a capital aplicará as doses de vacina para idosos a partir de 60 anos, que acontecerá, exclusivamente, no Centro de Convenções da UFMA e no Drive Thru. Pela manhã, a vacina acontece para os nascidos em janeiro e fevereiro e, no período da tarde, para os nascidos em março e abril.

Farmacêutica que furou a fila da vacina terá que pagar multa no valor de 50% dos seus salários

 

Farmacêutica que furou a fila da vacina terá que pagar multa no valor de 50% dos seus salários

Por Blog do John Cutrim

Em razão do descumprimento à ordem prioritária de vacinação contra a Covid-19 no município de Mirinzal, o Ministério Público do Maranhão firmou um Acordo de não persecução civil com a farmacêutica Thalyta Poliana Rodrigues Ribeiro e a sua mãe, a técnica em enfermagem Elis Regina Rodrigues. O acordo foi proposto pelo titular da Promotoria de Justiça de Mirinzal, Igor Adriano Trinta Marques.

A irregularidade ocorreu em razão da farmacêutica, apesar de pertencer ao grupo prioritário por ser profissional da saúde, ser integrante do quadro de funcionários do município de Pinheiro e não de Mirinzal, local onde ocorreu a aplicação da vacina. A facilitação teria ocorrido pela mãe da farmacêutica trabalhar no setor de vacinação do município.

Thalyta alegou que só foi vacinada pois teriam sobrado duas doses das 222 destinadas aos profissionais de saúde de Mirinzal na primeira fase de vacinação. Ela ainda disse que a aplicação ocorreu às 11h20 do dia 16 de março. No entanto, de acordo com a Promotoria, outros profissionais de saúde da cidade ainda poderiam ser vacinados em razão do horário da aplicação das doses ser das 7h às 18h.

No Acordo, a técnica em enfermagem assumiu a obrigação de sair do plano municipal de vacinação, portanto não podendo mais aplicar doses da vacina. Ambas ainda deverão apresentar o último contracheque para que seja calculado o pagamento de multa no valor de 50% dos seus salários.

Os valores serão destinados a compra de equipamentos de proteção individual, máscaras e álcool em gel que deverão ser distribuídos aos profissionais de saúde de Mirinzal e à população de baixa renda.

As duas funcionárias também terão que veicular em suas redes sociais o conteúdo do Acordo, bem como um pedido de desculpas pela aplicação indevida da vacina. A comprovação deverá ser realizada por meio do encaminhamento de prints à Promotoria de Justiça.