sábado, 30 de janeiro de 2021

Casal de irmãos é assassinado a tiros dentro de bar em Lago da Pedra

 

Um casal de irmãos foi assassinado a tiros neste sábado (30), por volta das 17h30, na cidade de Lago da Pedra, a 305 km de São Luís.

O crime aconteceu dentro de um bar, na Rua Travessa Bandeirante, no bairro Waldir Filho.

A mulher, atingida por quatro tiros, foi identificada pelas iniciais S.C.S, de 34 anos.  Ela tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas.

O homem, atingido por um tiro no rosto, foi identificado como F.C.S, de 37 anos. Ele era morador da cidade de Vitorino Freire, a 38 km de lago da Pedra, e estava na cidade visitando familiares neste fim de semana.

Não foi divulgada, ainda, informações sobre os autores da ação criminosa. O crime tem características de acerto de contas.

Com informações do Blog do Daniel Gavião

Professor da UFMA aponta descoberta de petróleo em águas profundas do litoral maranhense

Nas águas profundas e ultraprofundas da Bacia do Pará-Maranhão, existem aproximadamente 30 bilhões de barris de petróleo em recursos prospectivos recuperáveis riscados. É o que diz o documento “Um novo ‘Pré-Sal’ no Arco Norte do Território Brasileiro”, de autoria de Allan Kardec Duailibe Barros Filho, professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Ronaldo Gomes Carmona, professor de Geopolítica da Escola Superior de Guerra (ESG), e Pedro Victor Zalán, presidente da ZAG Consultoria em Exploração de Petróleo.

“Se confirmadas as expectativas, as quais buscamos descrever na presente Nota Técnica, especialmente os Estados do Maranhão, Pará e Amapá, poderão beneficiar-se de vultosas receitas diretas (tributos e royalties) e indiretas (desenvolvimento industrial e do setor de serviços, com expressiva geração de empregos) que poderiam ser geradas pela exploração e produção petrolífera. Abrem-se amplas perspectivas do desenvolvimento regional, a começar pelo fato de que a produção petrolífera e gasífera potencial poderia gerar abundância energética visando a industrialização dessa região do território nacional”, diz o estudo.

“A primeira etapa é entrar em licitação, porque o solo é do Brasil, então algum órgão governamental tem que colocá-lo em licitação para as empresas adquirirem. Quem faz isso é a Agência Nacional de Petróleo (ANP). Há várias rodadas de licitação. Por exemplo, este ano, há a 17ª rodada, que nós não entramos. Nós queremos entrar na 18ª rodada”, explicou o especialista maranhense Allan Kardec Barros Filho, que já foi diretor da ANP.

Novo pré-sal e a regulamentação ambiental

De acordo com Edilson Baldez, a possibilidade de recuperar de 20 a 30 bilhões de barris de petróleo no Maranhão, ressaltando que no Pré-Sal, por exemplo, são 40 bilhões de barris, seria uma oportunidade sem tamanho de desenvolvimento regional e para o Brasil. “Acreditamos que a exploração desses prospectos encontrados nas águas profundas da Bacia do Pará-Maranhão seja uma oportunidade de desenvolvimento regional, com larga geração de empregos”.

O estado do Maranhão foi indicado para entrar na 17ª rodada de licitações de áreas na Bacia Pará-Maranhão, porém os oito blocos sugeridos para exploração de petróleo foram excluídos da licitação, após manifestação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que indica a provável inviabilidade ambiental de empreendimento que “imponham riscos de olear a costa do Pará e do Maranhão e o Parcel de Manuel Luís”.

O estudo, porém, contesta a informação, pois “o Parcel estaria em águas rasas, assim como os corais, que são serem vivos que vivem em águas rasas. As águas sobre as quais estamos falando são profundas, de 4 mil, 5 mil metros. A 300 metros de profundidade está completamente escuro, a luz não chega, e corais, por exemplo, não sobrevivem. Além disso, nós temos tecnologias no país. Na exploração de petróleo no Brasil não há um caso sequer de derramamento de petróleo”, afirma Alan Kardec.

O estudo sugere e recomenda às autoridades energéticas brasileiras que coloquem os blocos exploratórios da bacia sedimentar Pará-Maranhão nos próximos leilões da Agência Nacional de Petróleo. “A exploração e produção desta riqueza traria grandes benefícios para o desenvolvimento nacional e em especial para o Estado do Arco Norte do território nacional”.

Astro de Ogum almoça na Comunidade Alto Bonito, no Maracanã com lideranças religiosas

Em mais de duas décadas na vida pública, a aceitação de maneira efetiva à diversidade tem sido uma constante na trajetória politica do vereador Astro de Ogum PCdoB). Neste sábado (30), o respeito à diferença foi exercitado com primazia durante um almoço na Comunidade Alto Bonito, no Maracanã, que serviu para reunir lideranças religiosas. No encontro, além do próprio parlamentar, que também é pai de santo e representou as religiões de matriz africana, estiveram presentes também líderes evangélicos e católicos que atuam na zona rural da grande São Luís, entre eles, a freira Margarida, o padre Luís  Carlos, o pastor Paulo , a missionária Idnar e vários outros.

Antes do almoço ser servido, na pauta da reunião, as lideranças debateram melhorias para a área, umas das maiores da Grande Ilha, porém, ainda com poucos investimentos e benefícios. “As pessoas precisam entender que não é a nossa religião que nos define, já que Deus habita o coração de cada um, mas, sim, a vontade de ajudar ao próximo. Oportuno ressaltar, ainda, que todos aqui presentes assim pensam, por isso respeitam as escolhas, sejam pessoais ou religiosas um dos outros”, enfatizou Astro.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

Ministério Público de Paço do Lumiar emite Recomendação sobre festas carnavalescas

A 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar emitiu, nesta quinta-feira, 28, uma Recomendação que trata da realização de festas, shows e outros eventos com aglomeração de pessoas no município. O documento, assinado pela promotora de justiça Gabriela Brandão da Costa Tavernard, foi encaminhado à prefeita Maria Paula Azevedo Desterro e aos delegados da Delegacia Especial do Maiobão e Delegacia Especial de Paço do Lumiar.

À Prefeitura de Paço do Lumiar, foi recomendado o cancelamento de qualquer evento, público ou privado, com previsão de grande aglomeração de pessoas. Para isso, devem ser cancelados alvarás já concedidos para festas, shows e eventos similares.

O Município também não deverá emitir novos alvarás enquanto perdurar a classificação da Covid-19 como pandemia e nem promover, direta ou indiretamente, festas carnavalescas em 2021.

Já à Polícia Civil foi recomendada a revogação de licenças eventualmente já expedidas para festas, shows e outros eventos com previsão de grande aglomeração de pessoas, impedindo a sua realização com uso da força pública em caso de desobediência.

Também não devem ser expedidas novas licenças enquanto perdurar a pandemia do novo coronavírus.

Tanto a Prefeitura de Paço do Lumiar quanto a Polícia Civil deverão encaminhar, em cinco dias, documentos comprobatórios das ações realizadas para cumprimento da Recomendação.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

Prefeitura de São Luís lança plataforma para cadastramento de idosos a partir de 75 anos que serão vacinados contra a Covid-19

Em mais uma etapa do Plano Municipal de Vacinação contra a Covid-19, a Prefeitura de São Luís lançou a plataforma para cadastramento de idosos que tenham a partir de 75 anos, para eles sejam vacinados. O idoso ou responsável deverá preencher um formulário disponibilizado na página da Prefeitura na internet, onde deverão ser incluídas todas as informações necessárias para efetuar o cadastro. Após o cadastramento, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) entrará em contato, informando o dia, local e horário em que o idoso receberá a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Formulário pode ser acessado no endereço: www.saoluis.ma.gov.br/vacinasaoluis.

De acordo com o prefeito Eduardo Braide, o cadastramento é necessário para garantir que a vacinação ocorra de forma ordenada e sem aglomerações. “Vamos fazer o cadastramento prévio e partir deste cadastro a Secretaria Municipal de Saúde irá entrar em contato com o idoso para informar o agendamento da vacinação. Desta forma, o idoso já sairá de casa sabendo o dia, local e horário em que será atendido. Dessa forma, vamos garantir o atendimento seguro e sem aglomerações”, informou.

Para fazer o cadastro o idoso, seu familiar ou outro responsável deverá acessar o seguinte endereço: https://www.saoluis.ma.gov.br/vacinasaoluis. No formulário, o usuário deverá cadastrar todas as informações solicitadas para que as equipes da Semus façam a triagem e iniciem os contatos telefônicos para o agendamento da vacinação. Entre as informações que deverão ser cadastradas estão nome completo, data de nascimento, número de telefone, e endereço residencial.

A inclusão dos idosos acima de 75 anos nesta nova etapa do Plano Municipal de Vacinação foi possível porque São Luís recebeu esta semana mais de 15 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca e nos próximos dias devem ser disponibilizadas também novas doses da Coronavac. Desta forma, a Prefeitura de São Luís está podendo avançar na imunização, seguindo as diretrizes estabelecidas pelo Ministério da Saúde.

Os idosos que receberão a dose da vacina da Oxford/AstraZeneca serão imunizados com a segunda dose após três meses. Já os que receberem a Coronavac, deverão ser imunizados com a segunda dose em três semanas. Todos aqueles que receberem a primeira dose têm a garantia da segunda dentro do prazo devido.

Programa Nosso Centro vai estimular novos negócios no Centro de São Luís. “O resultado desse trabalho é um ganho social muito grande". Disse Márcio Jerry

Além de fomentar a tecnologia da informação e a economia criativa, o Programa Nosso Centro também irá estimular a instalação de centros de pesquisa e empresas de negócios_

Na tarde desta quarta-feira (27), o secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), Marcio Jerry, e o Secretário de Cultura, Anderson Lindoso, entregaram as  chaves de um casarão no Centro Histórico de São Luís a um adotante do patrimônio histórico. O prédio, localizado na rua da Palma, abrigará o Instituto de Estudos Sociais e Terapias Integrativas (Iest), iniciativa que realiza e apoia a implementação de projetos, eventos, ações, programas e pesquisas na área de desenvolvimento humano, econômico, organizacional e social.

De acordo com Márcio Jerry todas as ações do Nosso Centro tem uma dimensão participativa e de corresponsabilidade. 

“O resultado desse trabalho é um ganho social muito grande, pois ao mesmo tempo que o Governo incentiva a moradia e a circulação de pessoas no Centro, automaticamente promove a preservação do patrimônio e também dinamiza a economia gerando trabalho e renda, além de fortalecer as parcerias em prol do patrimônio cultural do nosso Estado”, destacou. 

O presidente do Instituto de Estudos Sociais e Terapias Integrativa (Iesti), economista e ex-prefeito de São Luís Aziz Santos, declarou que a ação do Governo do Estado configura uma medida essencial para a valorização do Centro Histórico da capital.  

“Ao mesmo tempo que promove o desenvolvimento sustentável, atraindo novos empreendimentos e negócio, dinamiza a economia gerando receita e oportunidades na área Central da cidade”, elogiou, durante a entrega.

Além do secretário Jerry e de Santos, participaram da entrega o secretário da Cultura, Anderson Lindoso, e demais técnicos da Secid.

“O Nosso Centro tem investimentos sustentáveis e corretos, para que possamos fazer desse local um local de habitação, um local de trânsito de pessoas e, com ele, possamos revitalizar e sustentar cada vez mais essa região tão importante da nossa cidade”, afirmou o secretário de Cultura, Anderson Lindoso.

Começa hoje vacinação de profissionais de saúde entre 35 e 39 anos

Por Barbara Hellen

Começa hoje vacinação de profissionais de saúde entre 35 e 39 anos

A partir desta quinta-feira (28), a vacinação contra a Covid-19 será voltada para profissionais de saúde entre 35 e 39 anos. A vacinação desse público-alvo segue até 1º de fevereiro, de acordo com calendário do mês de nascimento.

Para se vacinar, o profissional de saúde deve comparecer ao Centro Municipal de Vacinação com declaração de atividade ou de lotação e um documento de identificação com foto, preferencialmente a carteira do conselho respectivo, quando for o caso. Já os idosos em instituições de longa permanência estão sendo imunizados no próprio local.

O Centro Municipal de Vacinação, localizado no pavilhão de eventos do Multicenter Sebrae, funciona das 8h às 17h.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

redes sociais globonews time globonews história grupo globo princípios editoriais blogs e colunas podcasts menu g1 podcasts todos o assunto bem estar desenrola, rio educação financeira funciona assim g1 ouviu isso é fantástico papo de política resumão serviços menu g1 serviços agenda do dia app g1 calculadoras concursos e emprego fato ou fake loterias newsletter previsão do tempo resumo do dia tabela fipe teste vocacional vídeos menu g1 vídeos mais recentes mais vistos carros ciência economia mundo política pop & arte tecnologia rio de janeiro são paulo newsletter especial publicitário menu g1 especial publicitário a vida é pra já com emoção! o natal mais natal de todos vae princípios editoriais equipe grupo globo Saiba qual unidade de saúde procurar em São Luís de acordo com os sintomas da Covid-19

 

Por G1 MA — São Luís

 


Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vinhais, em São Luís (MA) — Foto: Divulgação/Governo do Maranhão

Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vinhais, em São Luís (MA) — Foto: Divulgação/Governo do Maranhão

Em alta desde novembro, o número de casos ativos de Covid-19 subiu para 6843 no Maranhão, nessa terça-feira (26). Na capital maranhense, as Upas do Parque Vitória e Vinhais passam a atender, exclusivamente, pacientes com suspeita de Covid-19, enquanto as UPAs Cidade Operária e Paço do Lumiar vão funcionar de forma mista, ou seja, receberão os dois grupos de pacientes, Covid e não-Covid.

Os pacientes não-Covid poderão ser atendidos nas UPAs Itaqui-Bacanga, Araçagi e também no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da Policlínica Cohatrac. Com isso, os pacientes que não são suspeitos da doença não ficam expostos, além disso fica mantida a assistência especializada para as demais demandas da população.

Aqueles que apresentarem sintomas leves da Covid-19 podem ser atendidos na rede municipal de saúde nas unidades básicas e unidades mistas. Quem apresentar sintomas moderados e graves, como febre, dor de cabeça persistente, perda do olfato e paladar, além da falta de ar, devem se dirigir a uma das UPAs (Vinhais, Parque Vitória, Cidade Operária ou Paço do Lumiar) e, se necessário, o paciente será encaminhado para assistência em um dos hospitais de referência.

As unidades referência da rede estadual que oferecem a assistência a pacientes clínicos e de UTI são: Hospital Dr. Genésio Rêgo, Hospital Dr. Raimundo Lima, Hospital Dr. Carlos Macieira, Hospital de Cuidados Intensivos.

O Hospital Universitário Presidente Dutra, que é de gestão federal, também irá fazer o acolhimento dos pacientes graves oriundos dos municípios da Grande São Luís. O novo fluxo de atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da Grande Ilha foi anunciado pelo governo do Estado e visa conter o avanço dos novos casos de coronavírus.