sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Moradores do Sítio Natureza pedem atenção da prefeitura sobre obra inacabada

Alguns moradores entraram em contato com o blog para relatarem a situação vivida por eles. Destacaram que precisam que a prefeitura volte à comunidade para fazer reparos necessários ocasionados por obras realizadas no local. Hoje, os moradores estão com sérias dificuldades de trafegarem a pé, ou com os seus veículos.

Veja imagens enviadas pelos moradores:




terça-feira, 8 de setembro de 2020

Unidade Iema Idiomas inicia atividades nesta quarta-feira (09)

 

Unidade Iema Idiomas inicia atividades nesta quarta-feira (09)

A unidade vocacional Iema Idiomas do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema), inicia suas atividades nesta quarta-feira (9), com o acolhimento aos gestores e professores; no dia seguinte (10), acontece o acolhimento dos alunos, apresentação da metodologia e plataforma de estudos. Na sexta-feira (11), têm início as aulas na modalidade de ensino remoto.

O Iema Idiomas é a mais nova unidade vocacional do Instituto e está abrindo suas portas em 2020. A unidade fica sediada na Rua Portugal, Centro Histórico de São Luís.

Foram disponibilizados dois editais para ingresso na unidade Iema Idiomas, com 527 vagas para curso de inglês, para turmas do nível Básico (I, II, III e IV); para o nível Intermediário (I e II) e nível Avançado (I e II), destinada para alunos que migraram dos projetos: Centro de Línguas e Cultura do Maranhão (CLC) e Centro de Ensino de Idiomas do Maranhão (CEIMA). Em um segundo edital, a unidade ofertou à comunidade 83 vagas distribuídas em 04 módulos (Básico I, Básico II, Básico IV e Avançado II. Com informações da assessoria.

Eleitor com deficiência visual poderá ouvir nome do candidato na urna

 

Eleitor com deficiência visual poderá ouvir nome do candidato na urna

Pela primeira vez, os eleitores com deficiência visual poderão ouvir o nome do candidato após digitar o número correspondente na urna eletrônica. Trata-se do recurso de sintetização de voz, tecnologia que transforma texto em som e simula como se a máquina fizesse o papel de uma pessoa lendo o conteúdo de algum documento.

Até as últimas eleições, a urna emitia mensagens gravadas que indicavam ao eleitor com esse tipo de deficiência o número digitado, o cargo para o qual estava votando e as instruções sobre as teclas “Confirma”, “Corrige” e “Branco”. Eram mensagens pré-gravadas, instaladas no equipamento para melhorar a experiência desses votantes.

Mas, pelo fato de as mensagens serem gravadas previamente em estúdio, havia uma limitação: como em um pleito concorrem milhares de candidatos e, ao longo do processo eleitoral, muitos deles são substituídos, seria inviável gravar os nomes de todos os concorrentes.

Além disso, “se adicionássemos uma tela ou funcionalidade nova durante a votação, isso teria de ser gravado também, então era bastante limitado”, afirma Rodrigo Coimbra, chefe da Seção de Voto Informatizado da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


Passo a passo

Para utilizar a novidade, o eleitor precisa informar o mesário sobre sua deficiência visual, para que o colaborador da Justiça Eleitoral habilite o recurso e entregue fones de ouvido, necessários para garantir o sigilo do voto.

Mesmo habilitada, a urna não iniciará a votação de imediato, permanecendo estática em uma tela com orientações sobre como votar. Além disso, enquanto a votação não for iniciada, o eleitor terá a possibilidade de fazer a regulagem do áudio, sendo permitido aumentar ou diminuir o volume, para tornar a experiência de votar mais agradável.

A sintetização de voz também é capaz de fazer flexibilização de gênero ao emitir a fala de confirmação do concorrente escolhido. Isso significa que, por meio da ferramenta, a urna “falará” que o eleitor está votando em um candidato ou em uma candidata, de acordo com o gênero do postulante que está recebendo o voto. Com informações do TSE.

Adolescentes se afogam na Praia de São Marcos; um continua desaparecido

Adolescentes se afogam na Praia de São Marcos; um continua desaparecido

Um afogamento foi registrado, na tarde desta terça-feira (08), na Praia de São Marcos, em São Luís. As vítimas foram identificadas como sendo cinco adolescentes que estavam brincando, quando foram arrastadas pela força da água.

De acordo com informações dos bombeiros, quatro foram resgatados e o último, um adolescente de 15 anos, continua desaparecido.

Uma equipe do Batalhão de Bombeiros Marítimos (BBMar) foi acionada e comanda a operação de busca, juntamente, com o Centro Tático Aéreo (CTA).

Na manhã desta quarta-feira (09), as buscas pelo jovem serão retomadas.