sexta-feira, 17 de julho de 2020

“A melhor parte de mim foi arrancada de forma brutal”, diz Cléber Verde sobre assassinato dos pais


“A melhor parte de mim foi arrancada de forma brutal”, diz Cléber Verde sobre assassinato dos pais

“A melhor parte de mim foi arrancada de forma brutal, violenta, sem compaixão, mas as lembranças de todo ensinamento de uma vida, que os meus pais me deixaram, com a fé que tenho em Deus, tornar-me-ao um homem melhor. Suas ausências físicas, serão substituídas pelas doces lembranças de afeto, amor, cumplicidade, e a vontade que acendeu em mim, ainda mais forte, de praticar o bem, união familiar, de amigos, sem esperar o amanhã, procurar na medida possível, fazer pra hoje. A vida espera mais da gente, e menos dos outros”.
O parlamentar agradeceu por todas as mensagens. “Obrigado a todos os amigos pelas mensagens, por todo abraço, e suas companhias que acalentam as nossas almas aflitas, com tantas palavras reconfortantes”, disse.
Os corpos dos pais do deputado federal foram enterrados nesta quinta-feira (16). O sepultamento, que ocorreu no cemitério do Vinhais, foi marcado por muita dor e comoção. Veja a reportagem exibida no Jornal da Difusora:
ENTENDA O CASO
O crime aconteceu na última terça-feira (14) na zona rural de Turiaçu, a 245 quilômetros de São Luís. Segundo as investigações, criminosos invadiram a fazenda da família para praticar um assalto e acabaram assassinando os idosos. Pelo que foi apurado até agora na cena do crime, Jesuíno teria tentado fugir ao perceber ação. O bando estaria sendo liderado por Fábio Cardoso, que morreu em troca tiros com a polícia. Outros suspeitos de participarem do ato criminoso continuam sendo procurados

quinta-feira, 16 de julho de 2020

Projeto de Márcio Jerry quer garantir internet a alunos e professores de escolas públicas durante a pandemia.

Apresentada na Câmara, proposta pretende usar recursos de fundo gerido pela Anatel para custear tecnologia

Em meio a polêmicas protagonizadas por ministros e denúncias de redução de investimentos em educação, um Projeto de Lei apresentado na Câmara dos Deputados espera garantir o fornecimento de  internet banda larga individualizada para estudantes do 9º ano do ensino fundamental, ensino médio e professores da rede pública durante a pandemia.

De autoria do vice-líder do PCdoB, deputado federal Márcio Jerry (MA), a proposta acrescenta um parágrafo à lei do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust), instituída em 2000 para assegurar o acesso à telefonia e internet nas regiões do país com baixa densidade demográfica e dinâmica econômica.

Segundo dados da Câmara dos Deputados, o total arrecadado pelo fundo, desde a sua criação, supera os R$ 21,8 bilhões, mas os recursos não vêm sendo aplicados para a expansão da telefonia por parte da Anatel. O autor recorda que o artigo 5º da lei determina que ao menos 18% do Fundo deveria ser aplicado em educação, mais especificamente em estabelecimentos públicos de ensino, o que também não se comprova. O valor corresponderia a R$ 3,9 bilhões.

Com um total de 8 milhões de alunos inscritos do 9º ano ao ensino médio e mais um milhão de docentes nas esferas municipal, estadual e federal, de acordo com o último Censo, Jerry aponta ainda que a estimativa de custos para bancar o acesso destes públicos à tecnologia seria de cerca de R$ 1,5 bilhão, por 10 meses, menos da metade do valor determinado como de uso obrigatório para aplicação.

Além da preocupação com a finalização do ensino fundamental por alunos do 9º ano e da preparação dos alunos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o deputado justifica a urgência do projeto com o provável crescimento da evasão escolar pela falta de recursos que viabilizem a participação dos estudantes.

“O PL quer assegurar a utilização de um fundo já existente para garantir direitos”, frisou Márcio Jerry.

Situação do país

Desde março, com a suspensão das atividades presenciais e a adoção de aulas on-line, cada vez mais estudantes têm abandonado as instituições de ensino. Dados mais recentes do IBGE apontam que 11,8% dos jovens entre 15 e 17 anos — o equivalente a 1,1 milhão de pessoas — estavam fora da escola em 2018. O risco do aumento da evasão escolar vem crescendo pela dificuldade de acesso à internet, gerando novos excluídos.

Um relatório divulgado no fim de junho pela a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) informou que 40% de um grupo de mais de 200 países não têm como oferecer apoio a estudantes no ensino a distância durante a pandemia. No capítulo dedicado ao Brasil, foram feitas observações quanto a escolas que aprovam estudantes que não assimilaram de fato os conteúdos e as barreiras enfrentadas pela parcela negra, definidas como “legado de oportunidades limitadas de educação”.

No início de julho, o Conselho Nacional de Educação (CNE) emitiu um parecer com orientações para a retomada gradual de aulas e atividades pedagógicas presenciais no país. Apesar das sugestões apresentadas, o órgão reforça que o retorno não dará conta de toda a oferta de aprendizado e que a presença do ensino à distância será necessária até, pelo menos, 2021.

quarta-feira, 15 de julho de 2020

Morte dos pais de Cleber Verde: Polícia prende assassino e um morre durante confronto com a polícia!



A mãe do deputado federal Cleber Verde, Maria da Graça Cordeiro Mendes, de 70 anos, foi encontrada morta, após a fazenda onde ela estava ter sido invadida, na zona rural de Turiaçu. Segundo as primeiras informações, Maria da Graça teria sido atingida com golpes de faca e pauladas na cabeça.

O marido dela e pai do deputado federal, Jesuino Cordeiro Mendes, que estava desparecido, inicialmente as informações divulgadas por blogs davam conta de que a fazenda onde moravam os dois, teria sido invadida por assaltantes, e que dias antes do crime o casal teria demitido uma caseiro, que poderia ser um dos suspeitos, que o pai do deputado teria sido atingido por tiros e estaria perdido na mata. 

O secretário Jeferson Portela informou ainda há pouco à rádio Nova FM, que o corpo do pai do deputado foi encontradoo no início desta manha de 15/07, onde afirmou que o corpo do pai foi encontrado morto e que o assassinato dele se deu ao tentar socorrer a mulher. 

"Possivelmente ele ouviu a zuada durante o crime na resaidência da fazenda onde morava com a mulher e ao retornar para salva-la também foi morto". Ainda de acordo com o secretário já na madrugada durante as buscas na região um dos assassinos morreu durante confronto com a polícia.

Morte e prisão dos bandidos

Segundo o secretário Jefferson Portela, durante as buscas na área a polícia prendeu um dos bandidos por nome Daniel e outro tombou durante o confronto com a polícia, por nome Fabinho, e que em algumas horas, sobre a dinâmica da tragédia, mais detalhes serão passados durante interrogatório do preso. Os corpos ainda estão em Turiaçu.

Um vereador da regiãop por nome, Anisio dos Santos, foi uma das primeiras pessoas a chegar no local do crime, ele contou que moradores ainda encontram Maria da Graça, com vida, mas que agonizava por conta dos fermentos e veio a óbito antes de ser levada ao hospital. 

segunda-feira, 13 de julho de 2020

Dezesseis pessoas ficam feridas após capotamento de van na BR-135


Dezesseis pessoas ficam feridas após capotamento de van na BR-135

Um acidente envolvendo uma van que seguia de São Luís para Barreirinhas, registrado na madrugada desta segunda-feira (13) no quilômetro 33,9 da BR-135, deixou 16 feridos. O capotamento aconteceu na localidade Campo de Peris, em Bacabeira.
Entre as vítimas estão o motorista, que reclamava de uma pancada no peito, três médicos, enfermeiros, assistentes sociais e outros profissionais da saúde. Nenhuma vítima teve fratura exposta e, portanto, a quase totalidade será mencionada no Boletim de Acidente de Trânsito (BAT) como lesões leves.
As vítimas foram socorridas por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e do Corpo de Bombeiros; e foram levadas para hospitais da capital maranhense. Uma criança de aproximadamente 1 ano de idade não sofreu ferimentos, já a mãe dele teve um corte na cabeça.
Estava escuro no momento do acidente e o condutor da van também chegou a relatar aos PRF’s que ouviu um som forte vindo do pneu do veículo. Em seguida, disse que a van “dançou”, desceu o barranco e capotou.
Para a equipe da PRF, que atendeu a ocorrência, existe a possibilidade do motorista ter dormido ao volante, situação recorrente no alvorecer. Uma outra equipe policial deverá destombar a van e fazer a retirada dela do local da ocorrência. Emergências devem ser repassadas pelo número 191.