quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Caema amplia abastecimento de água no bairro Pão de Açúcar e atende mais de 5 mil pessoas da 1ª Travessa São José


Vice-governador na entrega do Sistema de Abastecimento no Pão de Açúcar (Foto: Nael Reis)

Agora os moradores da 1ª Travessa São José, no bairro Pão de Açúcar, em São Luís, têm água encanada e tratada em suas casas. O Governo do Estado, por meio da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), inaugurou, nesta segunda-feira (23), o quarto Sistema de Abastecimento de Água no bairro, desta vez, para atender mais de 5 mil pessoas que residem na 1ª Travessa São José.

Resultado de um investimento de R$ 172.802,65, feito pelo Governo do Estado, o equipamento está localizado na 1ª Travessa São José, Nº 52, entre as ruas Gonçalves Dias e Duque de Caxias, no bairro Pão de Açúcar, em São Luís.

Vice-governador na entrega do Sistema de Abastecimento no Pão de Açúcar (Foto: Nael Reis)

Para o vice-governador Carlos Brandão, a entrega do sistema de abastecimento é a garantia de mais saúde e qualidade de vida para aproximadamente 5.400 famílias beneficiadas. “Transformar a vida das pessoas tem sido uma marca do nosso Governo. Com ações como essa, estamos levando mais dignidade e esperança ao nosso povo”.

O poço, que possui vazão de 40 mil litros/hora e profundidade de 144 metros, atende cerca de 1.400 imóveis, o que equivale a aproximadamente 5.400 pessoas beneficiadas com a instalação do Poço Tubular Profundo. “É mais uma obra que se concretiza com a finalidade de beneficiar a população. O Governo do Estado está fazendo muitos investimentos para melhorar o abastecimento de água em São Luís”, ressaltou o presidente da Caema, André dos Santos Paula.

O problema da falta de água no bairro Pão de Açúcar já ocorria há 12 anos. Agora, conforme conta a dona de casa Valéria Regina Alves Silva, de 41 anos, hoje a realidade é outra. “É muito bom ter água em casa. Lavar, banhar, fazer comida ficou mais fácil. Antes, coisas simples como lavar era muito complicado. Mas agora, temos água a vontade”, contou Valéria.

Sem comentários:

Publicar um comentário