quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Artigo do governador: Consciência para transformar o futuro


  • Artigo do governador Flávio Dino

O povo brasileiro colhe frutos de sua história marcada pela ação de extremistas ideológicos que construíram um modelo de classificação e exclusão social a partir da cor da pele, cultura e costumes de nossos povos originários. Negros e índios, que formam as raízes desta nação, sofreram e sofrem, ao longo de séculos, as consequências inaceitáveis de um paradigma segregacionista, racista e discriminatório. O Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, nos propicia espaço para reflexão, diálogo e conscientização ampla sobre o valor da população negra para o Brasil.

É preciso que transformemos os exemplos de força e lutas registrados na história em novos escritos de defesa dos direitos do povo negro. Temos trabalhado arduamente, desde o início de nossa gestão, para que esta seja uma diretriz de Estado, transformando a realidade do povo maranhense a partir da geração de oportunidades transformadoras e perenes. Cito, por exemplo, a Lei que dispõe sobre a cota de 20% das vagas em concursos públicos estaduais do Maranhão para negros, criada e sancionada ainda em 2015, ampliando oportunidades. Também expandimos o apoio financeiro a projetos de pesquisa sobre a Promoção da Igualdade Racial, impulsionando os esforços acadêmicos em torno do tema. De forma intersetorial e integrada, lançamos o Programa Maranhão Quilombola, constituído por um conjunto de ações para garantir melhoria na qualidade de vida da população quilombola, perpassando desde o desenvolvimento produtivo, o acesso à terra e a cidadania.

Sem comentários:

Publicar um comentário