quarta-feira, 13 de maio de 2020

Márcio Jerry repudia atitude de Wellington do Curso em meio à pandemia

Em entrevista à Rádio Timbira, na manhã desta quarta-feira (13), o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) repudiou o comportamento do deputado estadual Wellington do Curso (PSDB), que ontem divulgou um vídeo humilhando um médio cubano que prestava atendimento a pacientes infectados pela covid-19 na Vila Luizão.

Em fala ao jornalista Gilberto Lima, Márcio Jerry pediu que deputado deixe de ser “sócio da morte” e se junte às equipes de saúde do estado no combate ao vírus. “Deveria ter a grandeza de salvar vidas e não peregrinar com a morte””, afirmou, em repúdio ao comportamento do parlamentar, acusado de coagir e ameaçar de prisão o funcionário da Secretaria de Saúde.

No vídeo, após se identificar ao médico durante o horário de atendimento, Wellington exige a identificação profissional e diante da afirmativa de que deveria recorrer à SES, o deputado diz que irá denunciar a atividade do médico ao Conselho Regional de Medicina. Sem provas, Wellington do Curso ainda comenta que os médicos cubanos, conhecidos mundialmente pelas boas práticas na área de saúde, irão “acabar com todos os cursos de medicina no Brasil para poder importar médicos escravos de Cuba”.

Sem comentários:

Publicar um comentário