quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Trump diz que irá aumentar sanções contra o Irã após ataques na Arábia Saudita

Ataques contra as instalações da gigante petroleira Aramco, na Arábia Saudita, foram atribuídos por autoridades americanas ao Irã.

Por G1

18/09/2019 10h18 Atualizado há 7 minutos




Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, embarca no Air Force One, na terça-feira (17) — Foto: Tom Brenner/ Reuters

Em meio à crescente tensão entre Washington e Teerã, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quarta-feira (18) que ordenou ao secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, um aumento substancial das sanções impostas contra o Irã.

O anúncio é feito dias após os ataques contra as instalações da gigante petroleira Aramco, na Arábia Saudita, que algumas autoridades americanas atribuíram ao Irã.

“Acabei de instruir o secretário do Tesouro a aumentar substancialmente as sanções ao Irã!”, anunciou no Twitter. O chefe de estado americano, no entanto, não deu detalhes adicionais sobre a medida.

Os Estados Unidos já aplicam sanções generalizadas que prejudicam a economia do Irã desde que Trump, cumprindo promessa de campanha, retirou seu país do acordo nuclear de 2015.

Ataque contra petroleira saudita

No sábado (14), os ataques interromperam a produção de 5,7 milhões de barris de petróleo por dia – equivalente a mais da metade dos 9,6 milhões produzidos diariamente pelo país, segundo a agência Associated Press - e a 5% da produção mundial. O ataque e elevou os preços do produto em todo o mundo. Entenda aqui os possíveis impactos.

Sem comentários:

Enviar um comentário