sábado, 16 de março de 2019

Por que perseguem tanto Duarte Júnior?





O deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB) virou pauta constante da oposição sarneyzista que flerta com o deputado federal Eduardo Braide (PMN) para as eleições de 2020. Como se fosse algo coordenado, reservam espaço diário para atacar o parlamentar comunista na blogosfera maranhense.

Fenômeno eleitoral em 2018, quando saiu de São Luís com a maior votação da história de um deputado estadual na capital, Duarte Júnior se cacifou como um dos postulantes mais fortes à sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Desde que seu nome ganhou corpo, o deputado do PCdoB vem sendo constantemente atacado pela oposição, sobretudo os ligados à oligarquia Sarney. O principal objetivo é minar, desde já, o nome de Duarte, concorrente que pode dar dor de cabeça para Braide, sobretudo pelo trabalho geracional à frente do Viva/Procon e pela influência nas mídias sociais.

A perseguição a Duarte Júnior está tão visível que até mesmo projetos aprovados em benefício dos maranhenses são atacados com o intuito de desvirtuar o propósito real de garantia de direitos para o povo. O bom início na Assembleia Legislativa fez com que os oposicionistas aumentassem, ainda mais, o tom contra o deputado.

Tendo em Eduardo Braide a única salvação para as eleições de 2020, os opositores ao grupo do governador Flávio Dino elegeram Duarte Júnior como primeiro alvo a ser abatido. A estratégia demonstra pavor com a política exitosa do ex-presidente do Viva/Procon e fortalece, ainda mais, o nome dele na disputa pela Prefeitura de São Luís.

É como diz uma reflexão popular: “Ninguém atira pedras em árvores que não dão frutos”.

Sem comentários:

Enviar um comentário