sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

PARA FAZER A DIFERENÇA: DUARTE JR. TOMA POSSE E INICIA OFICIALMENTE A LUTA POR MAIS DIREITOS

1 de fevereiro de 2019

Advogado e mestre em Políticas Públicas vai para sua primeira experiência na política, após sucesso à frente do Procon e Viva



Deputado estadual Duarte Jr.

Deputado estadual mais votado da história de São Luís e terceiro do Estado com 65.144 votos, Duarte Jr. tomou posse nesta sexta, 1º de fevereiro, reafirmando seu compromisso de transformar o Maranhão através da defesa de direitos.

“Hoje, começa minha primeira jornada na política. Vou me dedicar ainda mais para honrar a confiança e a esperança de todos, bem como demonstrar na prática que a política pode ser diferente”, afirmou Duarte Jr. 



Com o governador Flávio Dino e Isabelle Passinho, referência na luta por direitos da pessoa com deficiência

Alçado ao grupo de jovens nomes da política estadual e nacional, Duarte Jr. começa sua legislatura rodeada de expectativas. Com projetos de lei inovadores, o deputado estadual busca conquistar mais benefícios e melhorias para os maranhenses nas áreas de saúde, emprego e renda, infraestrutura, transporte, segurança, cidadania e relações de consumo, área em que é especialista.

Uma das novidades do seu mandato será a participação popular direta através de audiências públicas nos bairros e através do App Duarte Jr. Com lançamento previsto ainda para fevereiro, o eleitor poderá conhecer seus projetos de lei, enviar denúncias, sugestões e opinar sobre as votações do deputado na Assembleia.



O deputado estadual Duarte Jr. com os pais

Quem é Duarte Jr.

O carioca Duarte Jr. (15 de setembro de 1986) mudou-se para São Luís aos 12 anos. É formado em Direito, especialista em Direito do Consumidor, mestre em Políticas Públicas (UFMA) e professor, função que assumiu apenas um ano após formado. Em 2015, foi nomeado presidente do Procon/MA e, entre outras ações, garantiu maior acesso a direitos ao ampliar de cinco para 50 as unidades do órgão em todo o Estado (com redução de gastos públicos em 41%), além do reconhecimento por um serviço público com qualidade, conforto, segurança e eficiência.

Sem comentários:

Enviar um comentário