sábado, 2 de fevereiro de 2019

A secretária Nacional de Meio Ambiente da (CONTAG e CTB) Rosmarí Malheiros, vai até Brumadinho-MG para acompanhar de perto a situação de cerca de 400 agricultores(as) familiares atingidos(as) pelo rio de lama de mineração da Vale.

A secretária de Meio Ambiente da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (CONTAG) e da Central dos Trabalhadores(as) do Brasil (CTB/Nacional) Rosmarí Malheiros, e dirigentes sindicais da FETAEMG, vão até Brumadinho-MG para acompanhar de perto a situação de cerca de 400 agricultores(as) familiares atingidos(as) pelo rio de lama de mineração da Vale, após o rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão,  na região metropolitana de Belo Horizonte.

"Vamos fazer desse ato desumano da Vale, com as pessoas e com a natureza de Brumadinho, em detrimento dos interesses do capital internacional e nacional, um caminho de luta para impedir que mais vidas sejam ceifadas e que o meio ambiente seja destruído”, destaca Rosmarí.

Na tentativa de amenizar o sofrimento das famílias, a FETAEMG já instalou uma tenda de apoio aos agricultores e agricultoras familiares da região atingida. 

Sem comentários:

Enviar um comentário