quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Deputados estaduais maranhenses vão à São Paulo para última oitiva da CPI da Cyrela


Os deputados estaduais integrantes da CPI do caso Cyrela participam em São Paulo, nesta quinta-feira (17), da última oitiva de testemunhas. O diretor da construtora, o engenheiro Antônio Carlos Zorzi foi ouvido pelos parlamentares Zé Inácio (PT), presidente da CPI; o relator, deputado Rogério Cafeteira (DEM); além dos deputados Vinicius Louro e César Pires.
Depois de ouvirem o diretor, os membros da CPI irão elaborar o relatório final. Seu objeto de investigação é a conduta da construtora Cyrela a respeito de cinco empreendimentos da empresa, que foram entregues com problemas estruturais e ambientais graves, em São Luís.
Zé Inácio adiantou que, a partir do relatório da CPI, vão ser estabelecidos critérios para a instalação desse tipo de empreendimento, punir os responsáveis e aperfeiçoar a legislação ambiental estadual e de uso do solo, em São Luís, no sentido de que tais fatos não se repitam.
“É uma situação que envolve mais de cinco mil moradores em São Luís, as irregularidades nos empreendimentos precisam ser investigadas, assim como os envolvidos, os órgãos públicos que concederam as licenças. O resultado é para o bem do povo do Maranhão para que situações assim não venham a se repetir”, ressaltou o parlamentar e presidente da CPI.
A CPI da Cyrela foi instalada no dia 12 de novembro, por meio da Resolução Administrativa 732/2018, e tem prazo de conclusão previsto para 31 de janeiro, quando se encerra a atual Legislatura.

Sem comentários:

Enviar um comentário