quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Quem está fora do domicílio eleitoral deve pedir até hoje segunda via do título


 01:33 PolíticaNotícias 08/08/2018 - 10h28 Brasília Embed
Priscilla Mazenotti

Hoje (8) é o último dia para quem estiver fora do domicílio eleitoral pedir a segunda via do título de eleitor em qualquer cartório eleitoral, caso tenha sido roubado ou perdido o documento, por exemplo.

Para isso, é preciso levar um documento de identificação original com foto, como a carteira de identidade ou a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Mas atenção: é preciso informar se o título deverá ser entregue na zona eleitoral original ou na cidade em que o pedido está sendo feito.

Para quem está no próprio domicílio eleitoral e precisa tirar a segunda via do documento, o prazo vai até o dia 27 de setembro, ou seja, dez dias antes do primeiro turno das eleições.

Outra data importante e que já está perto é o dia 23 de agosto, último dia para pedir o voto em trânsito. Neste caso, somente para localidades acima de 100 mil eleitores. Lembrando que o voto em trânsito é válido apenas para presidente da República.

Vinte e três de agosto também é o último dia para eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida pedirem a transferência temporária para outro local que tenha acessibilidade, caso não tenha se inscrito em seções adaptáveis às condições de mobilidade.

A data também vale para pedir habilitação para voto em estabelecimentos prisionais e unidades de internação de adolescentes.

Quem tiver dúvidas ou precisar consultar a situação do título deve acessar o site tse.jus.br.

Flávio Dino critica clã Sarney: “absolutamente improcedente qualquer versão sobre minha suposta inelegibilidade”


Publicado em 8 agosto, 2018 8:46 pm
Do Twitter de Flávio Dino:
Absolutamente improcedente qualquer versão sobre minha suposta inelegibilidade, especulada há semanas pelo grupo Sarney/Murad. Estes, para voltarem aos seus privilégios, terão que vencer nas urnas. O resto é factoide e desespero.
Amanhã irei pleitear normalmente meu registro ao TRE, que será deferido nos termos da lei. E semana que vem vamos começar mais uma bela campanha alegre, propositiva e vencedora. Fui juiz federal por 12 anos, sou professor de Direito Constitucional há 25 anos e, por isso, não levo a sério armações do grupo Sarney/Murad.
Me desculpem não ter me manifestado antes. Mas estava muito ocupado com coisas sérias, trabalhando para continuar com as mudanças que temos feito em nosso Estado.
Flávio Dino e a mídia. Foto: Fotos Públicas

Absolutamente improcedente qualquer versão sobre minha suposta inelegibilidade, especulada há semanas pelo grupo Sarney/Murad. Estes, para voltarem aos seus privilégios, terão que vencer nas urnas. O resto é factoide e desespero.

Entender, denunciar, acolher e proteger: 12 anos da Lei Maria da Penha

O combate à violência contra a mulher ganhou uma grande aliada, a Lei número 11.340/06, mais conhecida como Lei Maria da Penha, Decretada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 7 de agosto de 2006, que entrou em vigor no dia 22 de setembro de 2006. A Lei ganhou este nome devido ao caso nº 12.051/OEA, de Maria da Penha Maia Fernandes, casada com Marco Antônio Heredia Viveros, que cometeu violência doméstica durante 23 anos de casamento, onde, por duas vezes, tentou assassiná-la, na primeira vez, com arma de fogo, deixando-a paraplégica, e na segunda, por eletrocussão e afogamento. Após essa tentativa de homicídio ela tomou coragem, o denunciou, pôde sair de casa devido a uma ordem judicial e iniciou a batalha para que seu então marido fosse condenado. 
Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública – 2017, mais de 300 mil casos de violência contra a mulher foram notificados em delegacias no Brasil. No Maranhão, foram 17 mil casos de atendimentos a mulher em situação de violência. Segundo o anuário, 1 mulher foi assassinada a cada hora no país em 2016. Ainda segundo a pesquisa, no Brasil, ocorreu 1 estupro a cada 11 minutos em 2015. 
Nesse sentido, a estruturação de delegacias especializadas no atendimento à mulher é uma das estratégias recomendadas. Policiais treinados, preferencialmente mulheres, podem conferir ao atendimento um aspecto mais humanizado e acolhedor.
Em paço do Lumiar, os casos de violência doméstica são recorrentes e tem ocupado horas em nossas conversas entre secretários, analisando e avaliando soluções para o enfrentamento desta problemática. Em 2017, a prefeitura de Paço do lumiar realizou os “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” onde foram ofertadas palestras, panfletagem, minicursos para promover a geração de renda e trabalhar a autonomia financeira das mulheres Luminenses, entre outras atividades.
Apesar dos avanços e das conquistas que as mulheres têm alcançado ainda é forte a cultura da violência contra as mulheres. Marcando profundamente o seu cotidiano familiar, doméstico e profissional. Essa problemática da violência é bastante presente nas novelas, filmes, jornais, revistas e nos noticiários de telejornais.
Hoje, no aniversário da Lei Maria da Penha, se faz momento oportuno de reflexão para a toda sociedade brasileira no sentido de superar a cultura da violência que gera morte, pela cultura da paz e do respeito à vida e a dignidade de cada pessoa humana.
Concluímos esse texto movidos pelo amor e pelo respeito a vida como o mais fundamental direito humano, manifestando a nossa solidariedade a Dra Nubia Feitosa que há um ano vem sofrendo ameaças de morte por ter tido a coragem de defender uma mulher que estava sendo agredida e violentada publicamente. Aproveitando dessa da oportunidade, fazemos um forte apelo ao Estado Brasileiro na pessoa do Governador Flávio Dino, no sentido de promover uma ação-resposta aos atos criminosos de ameaças e agressões no sentido de coibir, reprimir e punir os indivíduos responsáveis, e garanta, nos atos da Lei 11.340 (Lei Maria da Penha) a proteção e segurança devida à pessoa da Drª Núbia Feitosa.
Secretaria de Direitos Humanos de Paço do Lumiar
Prefeito Domingos Dutra
Secretário José Vale dos Santos

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA POLIO E SARAMPO TEM INÍCIO EM PAÇO DO LUMIAR

Em decorrência do crescente número de casos de sarampo no país e da baixa imunização contra a poliomielite, o Ministério da Saúde decidiu dar início a Campanha de Vacinação em todo o país. Em Paço do Lumiar a imunização segue até o dia 31 de agosto. A meta do município é vacinar, pelo menos, 95% das 7.123 crianças.
Para ser vacinada, a criança precisa ter entre 1 e menos de 5 anos. É necessário levar a carteira de vacinação e ir acompanhada de um responsável, maior de 18 anos.” É importante alertar, que mesmo que a criança já tenho sido vacinada, ela deve receber essa dose adicional. Exceto aquelas que se imunizaram nos últimos 30 dias”, afirmou a coordenadora da campanha no município, Joziran Andrade.
A campanha nacional trata-se de uma campanha de mobilização, já que a vacina contra o sarampo fica disponível o ano inteiro nos postos de saúde. No dia 18 de agosto, acontecerá o Dia D de Mobilização, onde todos os postos do município estarão abertos. “Nosso objetivo é contribuir para a redução do risco de reintrodução do poliovírus selvagem e do sarampo no País”, acresceu a coordenadora.
O Ministério da Saúde informou que para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida, receberão a Vacina Inativada Poliomielite. Já os que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a Vacina Oral Poliomielite, a famosa “gotinha”.
Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice Viral (que também protege contra caxumba e rubéola), seja qual for a situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Inscrições do Cadastro Habitacional de São Luís terminam hoje

O novo Cadastro Habitacional de Interesse Social de São Luís permitirá que as famílias participem dos próximos sorteios de moradias de programas habitacionais s inscrições no novo Cadastro Habitacional de Interesse Social de São Luís, que tem como objetivo reunir dados de famílias para sorteios de moradias, terminam nesta quarta-feira, 08. 

A Prefeitura informou que serão realizados três sorteios, que totalizam mais de 5.6 mil unidades habitacionais. Veja o passo a passo para se inscrever no Cadastro Habitacional Os interessados podem se inscrever online, através do portal da Prefeitura de São Luís. Também serão disponibilizados 19 postos de apoio para atender aqueles que não possuem acesso à internet, entre eles, a Central de Atendimento da Habitação, na Avenida Marechal Castelo Branco, nº 559, no São Francisco. 

Critérios 

O cadastramento seguirá normas do programa Minha Casa, Minha Vida e critérios estabelecidos pelo Ministério das Cidades. Segundo o titular da Semurh, os candidatos às unidades habitacionais terão que preencher requisitos básicos estabelecidos, como idade superior a 18 anos, renda familiar inferior a R$ 1.800 mensais e que não tenha imóvel em seu nome. 

🎬ENCONTRO DE INFLUENCIADORES DIGITAIS NO SÁBADO, DIA DO ESTUDANTE! VEM!


🎥Com aula de edição e postura frente às câmeras. Já é, ou tem o sonho de ser youtuber, então esse momento é seu. Se quiser apenas participar também pode, mas tem que se inscrever por que as vagas são limitadíssimas.
✍️Inscreva-se através do whatsapp (98) 98166-2014. Collins, Hilton, Vittor e Dai esperam por você. Porque compartilhar conhecimento se faz necessário num mundo globalizado. Apoio: Faculdade Iesf, sua melhor escolha! Neste sábado dia 11 de agosto, às 14:30hrs na Faculdade Iesf. Av-14 Maiobão.