quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Polícia identifica suspeito de matar idosa de 106 anos

Publicado 10 horas atrás

em 21 de novembro de 2018


Imagem de Divulgação

A Polícia Civil confirmou que o suspeito de matar a idosa Antônia Conceição da Silva, de 106 anos, em Feira Nova do Maranhão foi identificado. A polícia está juntando provas para assim pedir a prisão do suspeito. O nome não pode ser divulgado para não atrapalhar as investigações.

A hipótese de latrocínio foi descartada, após a polícia encontrar o dinheiro que havia sido roubado da residência, além disso, foi encontrado um bastão que pode ter sido utilizado para cometer o crime.

O delegado responsável pelo caso, Fagno Vieira, afirmou que a causa da morte foi concluída. A vítima sofreu um traumatismo encefálico que a levou a óbito e também foi arrastada pela casa antes de morrer.

O autor do crime revirou toda a casa em busca de algo de valor, no inicio das investigações a suspeita era que ele teria levado a bolsa da senhora que continha 30 reais, mas a bolsa foi achada, anulando assim o crime de latrocínio.

De acordo com o delegado, a Polícia agora trabalha com outra linha de raciocínio e acredita que a idosa tenha acordado e reconhecido o assaltante. Por isso, ele a teria agredido.

“Essa pessoa provavelmente conhecia a rotina daquela família, sabia que a senhora se encontrava sozinha naquele momento, entrou saltando o muro, quebrou as telhas da cozinha e teve acesso ao interior da residência. Ali, revirou a residência toda a procura de algum objeto de valor, mas a gente acredita que nesse instante a vítima acordou, provavelmente o reconheceu e, por essa razão, ele a matou”, contou o delegado Fagner.
Relembre o caso

Um crime trágico gerou revolta para a população do município de Feira Nova do Maranhão no último sábado (17), pois uma idosa de 106, identificada como Antônia Conceição da Silva foi morta a pauladas dentro de sua casa.

Segundo a polícia, a idosa estava sozinha em casa quando um homem, não identificado, entrou por um buraco feito no telhado para assaltar a residência. O neto da vítima, que morava com ela, havia ido para uma festa e, quando retornou, encontrou a avó morta. Ao fugir, o criminoso deixou pegadas na parede da casa.

Sem comentários:

Enviar um comentário