quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Lúcio André é condenado a pena em regime aberto por agredir ex-companheira


22 Nov 2018 Pinheiro

Foi condenado a 3 anos e 4 meses de detenção, em regime aberto, por um dos processos que responde por lesão corporal por violência doméstica, Lúcio André Silva Soares. Ele é acusado de agredir com mais de cinco tapas de mão aberta, socos e chutes nas costas e costelas a ex-companheira, a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva.

Foi proferida sentença em ação penal ajuizada pelo Ministério Público Estadual sobre denúncia de agressão de 9 de janeiro de 2016, quanto a processo criminal que tramitava em Pinheiro. Ele responde por crimes de lesão corporal por violência doméstica, ameaça e injúria contra a ex-companheira. Na capital maranhense, Lúcio André responde a outro processo também por violência doméstica contra a ex-companheira.

Segundo a justiça, há harmonia entre o depoimento de Ludmila Ribeiro e o exame de corpo de delito a que ela foi submetida. A justiça não concedeu a substituição de pena privativa de liberdade com restritiva de direito, sendo assim Lúcio cumprirá a pena em regime aberto. Após o transcurso dos prazos legais, a pena deverá ser cumprida em casa de albergado ou outro estabelecimento adequado.


Sem comentários:

Enviar um comentário