segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Joênia Wapichana é a primeira mulher indígena eleita deputada federal



A advogada acumula outros feitos inéditos em sua trajetória e foi a primeira a se formar em direito

Primeira mulher indígena a se formar em direito e a usar a tribuna do STF, Joenia é eleita deputada federal |

Foto: Reprodução/Instagram
Da Redação
08/10/18 - 10h44


O pleito de 2018 marca a chegada, primeira vez, de uma mulher indígena ao Congresso Nacional sob a credencial de deputada federal. O feito é de Joenia Wapichana, eleita pelo Estado de Roraima, com quase 8,5 mil votos.

Da Rede Sustentabilidade, este não é o único feito inédito de Joenia: também é considerada a primeira indígena formada em Direito no país, título que detém desde 1997. Hoje com 43 anos, ela é mestre pela Universidade do Arizona, nos Estados Unidos.

Outro ineditismo seu foi ser a primeira advogada que advém de povos originários a se pronunciar na tribuna do Supremo Tribunal Federal (STF). Na ocasião, discursou sobre a homologação da reserva Raposa Serra do Sol.

A única vez que um nativo brasileiro havia ocupado cadeira na Câmara dos Deputados, instituição que tem 190 anos, foi em 1983, quando Mário Juruna (PDT) foi eleito pelo Rio de Janeiro.

Sem comentários:

Enviar um comentário