O sargento foi logo atingido com um tiro na cabeça. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado para o hospital Socorrão II, onde está em coma induzido, entubado, aguardando um leito para poder fazer cirurgia. Minutos depois do episódio, uma pessoa que se identificou como cabo Póvoas informou pelas redes que o sargento havia falecido, o que não se concretizou.

Um dos bandidos foi baleado e deixado por seus comparsas em uma Unidade Mista em São José de Ribamar.

Aguardem mais detalhes