quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Produtores de coco participam de palestra para combater pragas, em Paço do Lumiar


A Secretaria de Agricultura começou a semana a todo vapor. Na manhã desta terça-feira (31), funcionários do município, agricultores, técnicos da AGED/MA – Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão e professores da UEMA – Universidade Estadual do Maranhão, reuniram-se numa palestra para tratar do tema “Pragas no Coqueiro”. A exposição aconteceu no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Paço do Lumiar, localizado na Vila do Paço.

Após verificar a incidência da praga Broca do Olho do Coqueiro em regiões do município, o Secretário de Agricultura, Raimundo João, acionou profissionais da área para trazer conhecimento aos produtores locais: “É uma palestra muito importante, principalmente para os produtores de coco, porque esta fruta tem uma grande potencialidade, da casca até a polpa. Por meio desta exposição temos a oportunidade de dinamizar e aumentar a área de plantio e consequentemente dinamizar a economia do município”, afirmou.

Quem ficou responsável pela palestra foi o pesquisador Adriano Rêgo, doutor em Produção Vegetal, com ênfase em controle biológico de pragas pela UENF-RJ. “É importante trazer informações acerca do cultivo dos coqueirais e dos possíveis tratamentos fitossanitários, principalmente o combate às pragas. É interessante que a população participe e receba essa mensagem, de modo a contribuir para a sustentabilidade dos cultivos”, explicou

Felipe Campos é produtor de coco em Paço do Lumiar, para ele a palestra foi uma verdadeira aula prática: “É de suma importância uma explicação como esta. As pragas estão se expandindo e muitos não sabem o que fazer. Hoje aprendemos maneira práticas de combatê-las. Não vou mais perder nenhuma reunião como esta”, declarou.

Quem prestigiou a palestra foi o Prefeito Domingos Dutra (PCdoB). “Agradeço aos professores da UEMA e a AGED pela disponibilidade em dar explicações valiosas aos produtores de coco. Paço do Lumiar é um dos maiores produtores da fruta, então é necessário que se combata essa praga e tantas outras doenças que acometem os coqueirais. Por meio destas oficinas os produtores melhoram a produtividade e têm mais renda”, afirmou

Sem comentários:

Enviar um comentário