segunda-feira, 13 de agosto de 2018

OBRAS DA UPA MAIOBÃO, SEGUEM A TODO VAPOR


A UPA do bairro Maiobão em Paço do Lumiar, é um dos maiores sonhos do povo Luminense, a obra que vem se arrastando desde o ano de 2012, com um orçamento no valor de R$ 1.402,260,31, nunca chegou a ser concluída. O projeto é do Governo Federal, mas encontrou obstáculos para ser findado, um deles foi o abandono da obra por parte da primeira empresa lícitada. Mas a prefeitura de Paço do Lumiar na gestão Domingos Dutra( PcdoB), não mediu esforços para buscar meios para o término da Unidade de Pronto Atendimento e desta vez o trabalho não vai parar, até que o prédio esteja pronto em Novembro deste ano.
As obras foram retomadas no mês passado. 30 homens estão trabalhando durante o dia inteiro, sob a fiscalização continua do proprietário da empresa(Calvin Construtora), do Secretário Municipal de Infraestrutura, Walburg Santiago e do Secretário Adjunto de Saúde do Município, Elizeu Costa.
Segundo o secretário muncipal de infraestrutura, quando a obra foi retomada, apenas 27% do que estava no projeto tinha sido construído, agora já está em 50% . "O prefeito Domingos Dutra não mediu esforços para que isso pudesse acontecer. O trabalho está agil, a empresa é comprometida, estamos bem adiantados e desta vez essa obra será entregue a população, que sonha com esta UPA" acrescentou o secretário.
Assim que a obra for concluída, a UPA será toda equipada, de acordo com o secretário adjunto de saúde, o recurso para compra de equipamentos já está garantindo. "Já temos recursos para equipar toda unidade, assim que a obra for concluída abriremos licitação e Unidade de pronto atendimento vai abrir suas portas e vai funcionar 24 horas por dia, sete dias por semana, podendo resolver grande parte das urgências e emergências" destacou o adjunto.
Mais informações
As Unidades de Pronto Atendimento são estruturas de complexidade intermediária entre as Unidades Básicas de Saúde e as portas de urgência hospitalares, onde, em conjunto com estas, compõe uma rede organizada de Atenção às Urgências. São integrantes do componente pré-hospitalar fixo e devem ser implantadas em locais/unidades estratégicos para a configuração das redes de Atenção à Urgência, com acolhimento e classificação de risco em todas as unidades, em conformidade com a Política Nacional de Atenção às Urgências. A estratégia de atendimento está diretamente relacionada ao trabalho do Serviço.

Sem comentários:

Enviar um comentário