domingo, 12 de agosto de 2018

Henrique Dourado encerra jejum, e Flamengo vence o Cruzeiro no Maracanã

Com a vitória em casa, o Rubro-Negro manteve a vice-liderança do Campeonato Brasileiro.

IMIRANTE ESPORTE, COM INFORMAÇÕES DO CR FLAMENGO12/08/2018 às 18h39


Henrique Dourado fez o gol da vitória do Flamengo. (Divulgação / CR Flamengo)


RIO DE JANEIRO - As atenções neste domingo de Dia dos Pais se voltaram ao Maracanã. O Flamengo recebeu o Cruzeiro pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro e venceu por 1 a 0 diante de mais de 55 mil presentes. O gol foi marcado por Henrique Dourado, ainda no primeiro tempo, e manteve o Rubro-Negro na segunda colocação da tabela de classificação, com 37 pontos, na cola do São Paulo, que tem um a mais. No próximo domingo (19), o Flamengo enfrentará o Atlético-PR na Arena da Baixada, às 11h, na penúltima rodada do primeiro turno. Antes, o time terá pela frente a partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, quarta-feira (15), contra o Grêmio, no Maracanã, às 21h45.

Com três competições em disputa, o técnico Mauricio Barbieri mexeu apenas onde precisava para escalar o time. Suspensos, Cuéllar e Renê deram lugar a Piris da Motta e Trauco. Na frente, o treinador colocou Henrique Dourado na posição de Uribe. As mudanças não mudaram o perfil do time, que entrou buscando o resultado desde o início e apertando forte na marcação. O estreante Piris sentiu a vibração da arquibancada e não perdeu nenhuma dividida. Paquetá e Diego organizavam bem o meio campo, ora procurando Vitinho na esquerda, ora Everton Ribeiro na direita para abrir as jogadas.

O resultado foi um Cruzeiro acuado e esperando sair num contra-ataque. Porém, o Flamengo estava com a marcação fechada e a chance não aparecia. Com até 70% de posse de bola, o Rubro-Negro teve as melhores chances de gol desde o início. Logo aos sete, Vitinho fez boa jogada pela esquerda, mas chutou fraco para a defesa de Rafael. Aos 20, outra boa oportunidade, com Everton Ribeiro. O meia se livrou da marcação e chutou bem, mas o goleiro cruzeirense novamente segurou. Porém, um minuto depois não teve como. O mesmo Everton Ribeiro achou Dourado na área e o atacante deu de biquinho para tirar qualquer chance de defesa e marcar seu 11º gol pelo clube.

O gol diminuiu um pouco o ritmo da partida, o Cruzeiro começou a ter mais espaços e quase empatou aos 42, em cabeçada de Henrique que Trauco tirou em cima da linha. Paquetá teve a chance de ampliar em belo chute de fora da área.

O segundo tempo foi o oposto do primeiro. Poucas chances, jogo amarrado e com muitas faltas. O Flamengo diminuiu a posse de bola e o Cruzeiro aumentou o volume, mas chegava sem perigo. Na única chance boa que teve, Arrascaeta subiu e cabeceou bem, mas Diego Alves fez uma linda defesa no canto e evitou o empate. O lance mexeu com o Flamengo, que com Paquetá e Everton Ribeiro, em jogadas seguidas, responderam com perigo em chutes de longa distância.

O jogo voltou a esfriar depois disso, mas o Flamengo confirmou a vitória e manteve a posição na tabela.

Sem comentários:

Enviar um comentário