terça-feira, 8 de maio de 2018

Pesquisa com indícios de fraude é cancelada após denúncia


Publicado por Daniela Bandeira em 8 de Maio de 2018

Após denúncia, uma pesquisa sobre as eleições gerais no Maranhão foi cancelada. O levantamento vinha gerando polêmica antes mesmo de ser divulgado.

A empresa MBO Publicidade e Marketing, que realizou a pesquisa, não resistiu a pressão e decidiu cancelar o estudo. O “levantamento” chegou a ser registrado no TRE-MA, mas irregularidades e fortes indícios de manipulação de informações derrubaram a projeção.

IRREGULARIDADES

Um dos vícios que devem ter acarretado o cancelamento da pesquisa foi o uso de tabela com os nomes dos candidatos em ordem alfabética. A lei obriga a utilização de cartela em formato de disco para não induzir a escolha do entrevistado. Além disso, o estudo não coletou informações em grandes colégios eleitorais. Ficaram de fora do levantamento São Luís, Imperatriz, Santa Inês, Bacabal, Balsas e Timon.

Marcos Roberto Borges, dono da MBO Publicidade e Marketing, já foi citado em suposto esquema criminoso de vendas de pesquisas eleitorais em Caxias nas eleições passadas. A pequisa estava registrada no TRE-MA sob o número 088300/2018.

Sem comentários:

Enviar um comentário