terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Presidente da CCL, Odair José, participa de Sessão de instalação dos trabalhos legislativos de 2018




O presidente da Comissão Central Permanente de Licitação do Maranhão (CCL-MA), Odair José, participou, na tarde de segunda-feira (5), da Sessão Solene que deu início a instalação dos trabalhos Legislativos de 2018 (4ª Sessão Legislativa da 18ª Legislatura) da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. “Acredito que teremos um ano proveitoso para o Maranhão agora em 2018, e muito do que será conquistado irá passar por essa casa, e pelas mãos desses deputados que aqui nos representam. Desejo sorte e um bom trabalho para todos eles”, ressaltou Odair.


A cerimônia começou na área externa do Palácio Manoel Beckman, com o hasteamento das bandeiras e a revista às tropas da Polícia Militar, feita pelo presidente Othelino Neto (PCdoB). Já dentro, no plenário Nagib Haickel, a abertura da 1 º Sessão Ordinária foi realizada pelo governador Flávio Dino (PCdoB), que apresentou as conquistas dos últimos três anos de governo e anunciou investimentos nas áreas de educação, segurança pública, segurança alimentar, saúde e valorização dos servidores, dentre outras. Dino ainda lembrou o grande legado deixado pelo deputado Humberto Coutinho, desejou sorte ao novo presidente do Legislativo Estadual e aos demais deputados, ressaltando a importância da harmonia entre os três poderes. “Somos guardiões dos princípios constitucionais entre os poderes e é nosso dever zelar pela harmonia entre eles”, disse Flávio Dino.


O presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto, disse que a Casa vai continuar com seu dever de fiscalizar o Poder Executivo e propor leis. “Vários projetos que passam por aqui têm sido amplamente discutidos porque temos a compreensão deste novo momento pelo qual passa o Maranhão”, destacou. O líder do governo na Assembleia, Rogério Cafeteira, ressaltou que o Maranhão vem fazendo grandes investimentos em infraestrutura e educação, diferentemente da maioria dos Estados. “Se levarmos em conta o momento pelo qual o Brasil passa, acredito que o Maranhão se tornou referência na questão administrativa”, afirmou.

Sem comentários:

Enviar um comentário