segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Governo leva Bloco da Saúde para circuito do carnaval no Centro Histórico e alerta para prevenção de DST’s


Governo leva Bloco da Saúde para circuito do carnaval no Centro Histórico e alerta para prevenção de DST’s. (Foto: Julyane Galvão)
Com diversas atrações no circuito oficial da Folia Momesca do Governo do Maranhão, os foliões coloriram as principais ruas do Centro Histórico com divertidas fantasias e adereços na tradicional temporada pré-carnavalesca da capital maranhense. No último sábado (3), o Bloco da Saúde, organizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), reforçou a orientação sobre o uso do preservativo e outras medidas preventivas contra o HIV e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ITS), com a distribuição de 50 mil preservativos.
Governo leva Bloco da Saúde para circuito do carnaval no Centro Histórico. (Foto: Julyane Galvão)
O Bloco da Saúde iniciou a concentração na Fonte do Ribeirão, com distribuição de preservativos e ações educativas, além da participação dos foliões no trajeto da Rua do Egito, Praça João Lisboa e Praia Grande.
Estão previstas medidas preventivas contra o HIV e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ITS) em todo o estado também no período do carnaval. Essas e outras ações estão sendo monitoradas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).
“A secretaria estadual da Saúde vai continuar focando em ações preventivas nas 19 Unidades Regionais de Saúde, realizando a distribuição de preservativos e lubrificantes. Estamos trabalhando alinhados para orientar as pessoas que prevenir é a melhor solução”, ressaltou o secretário adjunto da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES, Marcelo Rosa.
Entre os alertas realizado pelos profissionais no Bloco da Saúde para os foliões, a importância do uso do preservativo como forma de proteção contra as outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), por exemplo, clamídia, gonorreia, sífilis, herpes genital.
Governo leva Bloco da Saúde para circuito do carnaval no Centro Histórico. (Foto: Julyane Galvão)
“A gente sabe que o carnaval é uma época de paquera, de relacionamentos rápidos.  A ação foi muito bacana. Cheguei aqui achando que era algum dos blocos do centro e recebi os preservativos. Muito bacana mesmo”, avaliou Anderson Carlos, universitário, de 32 anos.
A prevenção no carnaval tem o propósito de sensibilizar as pessoas sobre o uso do preservativo masculino e feminino. Os brincantes aprovaram a medida. “Que iniciativa legal! Não simplesmente entregaram preservativos, mas se juntaram a multidão de pessoas, formaram um bloco e trouxeram consciência ao ambiente”, disse Paula Barros, dançarina, de 34 anos.
Além do uso do preservativo e das profilaxias, a chefe do Departamento de DST/Aids da SES, Jocélia Frazão, reforçou a importância da realização dos exames de HIV e outras ISTs regularmente. “Com o Bloco da Saúde, iniciamos as nossas ações nesse carnaval. A população pode e deve fazer o uso do preservativo, disponível gratuitamente nas unidades básicas de saúde”.
Governo leva Bloco da Saúde para circuito do carnaval no Centro Histórico e alerta para prevenção de DST’s. (Foto: Julyane Galvão)

Sem comentários:

Enviar um comentário