sábado, 17 de junho de 2017

Boi de Nina Rodrigues foi batizado por Jefferson Portela. Confira em #CollinsTV

Canal #CollinsTV destaca o encerramento da Semana do Meio Ambiente em Paço do Lumiar. Confira:

Clayton Collins comenta sobre o Projeto Tour Jovem Cidadão do governo do estado. Tatiana Pereira fala sobre a juventude do Maranhão. Canal #CollinsTV

Clayton Collins na reinauguração da Concha Acústica da Lagoa da Jansen com Pão com Ovo. No #CollinsTV

Dois homens ainda não identificado tentaram assaltar um ônibus nas mediações da Avenida dos Africanos.


Uma pessoa armada dentro do coletivo atirou contra o bandido que veio a óbito. O outro comparsa conseguiu escapar ileso. Confira abaixo o assaltante sendo observado por populares e policiais:

Ex-prefeita de Paço do Lumiar, Bia Arôso, volta a ser presa pela Polícia Federal


Foi presa, na manhã deste sábado (17), a ex-prefeita de Paço do Lumiar, Bia Arôso. A ex-prefeita voltou a ser presa pela Polícia Federal. Informações preliminares dão conta de que Bia Arôso foi presa enquanto voltava de Brasília, dentro de uma aeronave.
O motivo e os demais presos na operação ainda não foram revelados. A ex-prefeita já havia sido presa pela Polícia Federal em 2012, na Operação Alien, acusada de desviar cerca de R$ 15 milhões em recursos federais da educação do município. Na época, permaneceu com tornozeleira eletrônica, em prisão domiciliar, proibida de ter acesso ao prédio da prefeitura de Paço.

INSCREVA-SE NO CANAL> https://youtu.be/Ax3qmNiCxyk




Advogado ligado a Ricardo Murad consegue habeas corpus para presos na operação Rêmora



O advogado Celso Henrique Anchieta de Almeida foi assessor
jurídico da SES na gestão de Ricardo Murad

O desembargador Olindo Menezes, do Tribunal Regional Federal da Primeira Região, acatou pedidos de Habeas Corpus para o presidente do Instituto de Desenvolvimento e Apoio a Cidadania (Idac), Antônio Aragão, e para mais dois outros membros da entidade, Walterlino Silva Reis e Marco Serra dos Santos. Já Bruno Balby Monteiro, ainda não foi liberado.

Eles foram presos no último dia 2 pela Polícia Federal durante a deflagração da 4ª fase da Operação Sermão aos Peixes, Operação Rêmora, que investigou desvios milionários de recursos da Saúde do Maranhão por meio de saques efetuados na boca do caixa por integrantes do Idac. Segundo as investigações sobre as atividades do instituto, comandado por Antônio Aragão, teriam sido desviados cerca de R$ 18 milhões dos recursos da saúde do Maranhão.

O advogado Celso Henrique Achieta de Almeida foi nomeado para o cargo de
Técnico Parlamentar da Assembleia, em 2015, a pedido do
deputado Sousa Neto

O mais estranho é que um dos impetrantes do habeas corpus é o advogado Celso Henrique Anchieta de Almeida, ligado ao ex-secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad. Ele foi assessor jurídico da SES na gestão de Roseana Sarney/Murad, como mostram documentos extraídos do Diário Oficial. O Idac foi contratado para gerir unidades de saúde em 1994, ainda sob o comando de Murad.

Em 11 de fevereiro de 1005, a pedido do deputado Sousa Neto, o advogado foi nomeado para o cargo de Técnico Parlamentar Especial, na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Essa atuação de um advogado ligado ao clã Murad, em favor da organização criminosa do Idac, pode ser uma prova da forte ligação do instituto com o ex-secretário de Saúde Ricardo Murad.

Fornecer advogado é quase uma confissão de culpa no esquema montado para sangrar os cofres públicos por meio do Idac. Pode ser também uma mostra de interesse de Ricardo Murad em manipular os presos, deixando-o fora de quaisquer possíveis delações de todo o esquema e seus verdadeiros beneficiários.

Confira a decisão do desembargar Olindo Menezes.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Cemar quer aumentar energia no Maranhão. Isso não pode!


A Cemar quer que os maranhenses paguem a conta mais cara do Brasil. Desejam aumentar em 21% a tarifa, mesmo lucrando mais de 1 bilhão de reais nesses 5 anos. 
#COMPARTILHE se você também não aceita!

terça-feira, 13 de junho de 2017

Márcio Jerry em entrevista à Rádio Timbira esclarece caso IDAC: “Neste caso, repito. Não há nenhuma acusação à secretaria de saúde. Mudanças já foram feitas e progressivamente o governo do Maranhão tem substituído essas empresas terceirizadas”.

O secretário de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry, relatou em entrevista à Rádio Timbira AM - 1290, 3 pontos que esclarecem o caso IDAC (Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania), alvo da Operação da PF, Sermão aos Peixes no Maranhão. Afirmou que no governo Flávio Dino não há nenhum tipo de prática de corrupção, e que evidentemente o governador não aceita que ninguém o faça. “Neste caso, repito. Não há nenhuma acusação à secretaria de saúde. Todo Maranhão é testemunha dos imensos avanços que temos tido no sistema de saúde, que precisou de uma reestruturação.  Porque erguido, não soube a necessidade de atender o nosso povo. Este é um problema que vem desde o governo anterior, sabidamente conhecido, já muito repercutido. Mudanças já foram feitas, economias já foram verificadas, nesse processo. Progressivamente o governo do Maranhão tem substituído essas empresas terceirizadas”. Enfatizou o secretário.

Márcio Jerry lembrou que todo esse processo de mudança não pode ser feito de uma hora pra outra. De um momento apenas, requer tempo. Se essas trocas forem feitas de qualquer forma, pode haver a total desorganização do sistema de saúde, gerando um caos. O secretário fez a defesa do governo e relatou que o governador Flávio Dino, nesses 2 anos e 5 meses, já conseguiu colocar de pé e fazer funcionar 5 hospitais macrorregionais, além de outras tantas realizações em todas as regiões do Maranhão na área da saúde. As ambulâncias hoje, quase 100 municípios estão recebendo um suporte agora em 2017, de apoio do governo do estado. Essas entregas de ambulâncias representam muito para a melhoria do atendimento nos municípios. “O império da lei, preside à gestão do governador Flavio Dino, desde o primeiro dia, e assim continuará sendo”. Afirmou o secretário.

Jerry reiterou a confiança em Carlos Lula, condutor da pasta da saúde no estado. “Lula tem feito um trabalho notável, e continuará fazendo esse trabalho. Como todos sabem, ele é uma pessoa de elevada competência e de reputação ilibada. Uma pessoa que tem absoluta confiança do governador Flávio Dino, de seus colegas secretários. Exatamente pela conduta sempre ética, correta e transparente. Sempre em defesa do interesse público”.

Os três pontos elencados pelo secretário Márcio Jerry na rádio:

Primeiro, o secretário afirmou que a denúncia não atinge nenhum servidor da secretaria estadual de saúde, pois a investigação é sobre supostas irregularidades na empresa, não dentro da secretaria. “Nesse caso, o governo do estado é vítima. O estado, como representante da sociedade, é vítima de uma ação, a julgar pelo que apurou a Polícia Federal, e pelo que apontam a Justiça Federal e o Ministério Público Federal. O estado é vítima de práticas de ilicitude cometidas pela empresa, e não pela secretaria de saúde. Daí o interesse do estado em procurar ajudar, para que se identifique os infratores e para que seja aplicada a lei”. Disse Márcio.

Segundo, prontamente o secretário de saúde, Carlos Lula, cancelou o contrato com a instituição em face das denúncias apresentadas. “Foi feito inicialmente o concurso de projetos, depois o governador determinou que as empresas terceirizadas realizassem seletivo para a contratação de pessoal para impedir aquele fato que havia outrora. De loteamento partidário das casas de saúde e das unidades de saúde. E uma fiscalização cada vez maior”. Continuou o secretário.

Terceiro, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) oficiou o acesso ao inquérito para que possa tomar conhecimento dos ilícitos elencados e relacionados, para que possam tomar outras providências administrativas ou na esférica jurídica. 

OUÇA A ENTREVISTA COMPLETA

http://radiotimbira.ma.gov.br/secretario-de-comunicacao-social-e-assuntos-politicos-do-estado-marcio-jerry-fala-sobre-a-no-idac/

Inaugurada a nova Unidade Básica de Saúde do Maiobão - Paço do Lumiar

A Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio da Secretaria de saúde do Município, inaugurou o novo prédio da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Maiobão. A cerimônia aconteceu na manhã desta terça-feira (13) e contou com a participação da comunidade, do prefeito Domingos Dutra (PCdoB); da secretária municipal de Administração e Finanças, Núbia Feitosa; da secretária de Saúde de Paço, Silvia Amorim, e do secretário-adjunto da Saúde do Maranhão, Marcelo Rosa, que destacou o apoio do Governo do Estado à Prefeitura de Paço.

"Estou aqui representado o governador Flávio Dino e quero dizer que a gestão Dutra, tem o total apoio do Estado em todas as esferas e com a saúde não seria diferente. Ficamos muito satisfeitos em ver que o Município tem feito sua parte, porque juntos somos mais fortes", afirmou o secretário-adjunto.

Para o prefeito Dutra, a área da saúde conseguiu avanços consideráveis nos últimos meses, com a inauguração da UBS, com a chegada de mais três médicos do programa "Mais Médicos" na cidade e com o novo projeto para a antiga Unidade Mista do Maiobão, que será uma maternidade, além da retomada das obras da UPA.

"Estamos dando os primeiros passos para transformar a saúde de Paço do Lumiar em uma saúde decente e digna para a população. Até o fim do ano, com o apoio do Governo do Estado, estaremos inaugurando a UPA e a maternidade de Paço do Lumiar", ressaltou o prefeito.

SENSIBILIZADA 

A secretária de Administração e Finanças, Núbia Feitosa, que esteve visitando todas as unidades básicas de saúde de Paço do Lumiar, disse ter se sensibilizado ao ver que a estrutura do antigo espaço comprometia o atendimento aos pacientes.

"As pessoas esperavam por atendimento em pé e no calor, isso é desumano. Busquei com a Secretaria de Saúde uma solução para este problema. Durante minha visita ao antigo prédio da UBS, a melhoria na estrutura estava sendo solicitada não só por profissionais de saúde da unidade, mas principalmente pela população", explicou a secretária Núbia Feitosa.

A moradora do Maiobão, Rosa Maria Vieira, afirmou que havia gostado das novas instalações. "A antiga UBS ficava muito lotada diariamente porque era um local pequeno, o que provocava espera enorme no atendimento. Agora está bem melhor", comparou.

A dona de casa Sebastiana Araújo, que ontem buscou atendimento na nova UBS, disse que o local maior e climatizado facilita o trabalho dos profissionais. "Gostamos muito do pessoal que trabalha aqui. E agora eles também terão melhores condições para realizar os atendimentos”, disse a paciente.

ESTRUTURA

A UBS do Maiobão possui 3 equipes de saúde da família. O prédio conta com rampa de acesso, consultórios, sala de vacina, de atendimento, enfermagem e recepção. Segundo a secretária de Saúde de Paço, Silvia Amorim, o diferencial não é só o conforto.

"É notório que a estrutura do prédio faz toda a diferença, mas a população não ganha só conforto não. Com o espaço maior, podemos otimizar o atendimento e concentrar no mesmo lugar as equipes de saúde da família", ressaltou a secretária.

SERVIÇOS 

O serviço é feito diariamente, das 7h às 17h, de segunda a sexta-feira. No local funcionam programas de acolhimento a idosos, gestantes, portadores de hipertensão e diabetes, além de programas contra o tabagismo, de saúde da criança, bem como o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf). São atendidos na UBS do Maiobão também moradores de bairros adjacentes.

BRASIL - João Alberto, presidente do Conselho de Ética contrata empresa de preso pela PF - Fernando Júnior da Escutec


Ligado a José Sarney, o senador João Alberto Souza gastou 45 000 reais da cota parlamentar com um instituto cujo dono já foi alvo de operação

Por Gabriel Mascarenhas
access_time13 jun 2017, 08h21more_horiz


senador joao alberto souza, presidente do conselho de etica do senado (veja.com/VEJA.com)

João Alberto Souza, o presidente do Conselho de Ética do Senado, nunca foi afeito a investigações profundas contra seus pares. Não é à toa que Aécio Neves anda aliviado por saber que o colega peemedebista continua à frente do colegiado.

Basta dizer que, na semana passada, João Alberto declarou publicamente que a Casa não concorda com o afastamento do tucano.

O senador maranhense é ligadíssimo a José Sarney. Os mais ácidos falam numa relação de subserviência política.

Pois recentemente, João Alberto investiu pesado para contratar uma pesquisa qualitativa. Em maio, ele usou 45 000 reais de cota parlamentar – recursos públicos – para obter os serviços do Instituto Escutec. Escolheu a dedo.

A empresa é conhecida no Maranhão por divulgar levantamentos favoráveis ao clã Sarney, de quem o dono da Escutec, Fernando Junior, é amigo. Mas esse detalhe não é o mais constrangedor da biografia do empresário.

Junior já foi preso pela Polícia Federal, em 2015, durante a Operação Attalea, que investigava desvios de dinheiro do Fundeb e do FNDE na prefeitura de Anajatuba (MA).

Pelo visto, na avaliação do parlamentar responsável por resguardar o rigor ético no Senado, gastar dinheiro público numa empresa de um sujeito que se enrolou com a PF não depõe contra ninguém.

Aécio deve ter suas razões para ficar tranquilo.

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Flávio Dino: “Não somos coniventes nem acobertamos erros alheios”

O governador Flávio Dino voltou a tecer considerações sobre as denúncias de desvios da saúde feitos pelo Idac, ressaltando as medidas já adotadas pelo governo para moralizar o sistema. Segundo ele, em dois anos e meio de governo ninguém jamais acusou qualquer dirigente da Secretaria de Saúde de ser desonesto, o que é uma prova de idoneidade.

Ele destaca a criação da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh) e que o governo não acoberta erros alheios, agindo imediatamente quando informado sobre irregularidades.

“Transição entre o modelo do governo passado e um novo modelo tem ocorrido com várias medidas, uma delas a implantação de uma empresa pública. Sempre que somos informados de irregularidades, agimos imediatamente. Não somos coniventes nem acobertamos erros alheios.

Sobre a terceirização na saúde, o governador disse que as mudanças estão sendo feitas passo a passo, pois a eliminação imediata de contratos geraria desemprego de 10 mil profissionais.

”Não somos coniventes nem acobertamos erros alheios Não fomos nós que implantamos esse modelo de terceirização na saúde. Já encontramos e estamos fazendo mudanças possíveis, passo a passo. Eliminar de uma vez só a terceirização para entidades privadas iria parar o sistema de saúde e gerar 10.000 desempregados”, acrescenta.

Flávio Dino destaca o corte de metade das despesas com terceirizações na saúde. “Já cortamos pela metade as despesas com entidades privadas terceirizadas. Implantamos a Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH). Na gestão da saúde, estamos revertendo a terceirização feita no passado para entidades privadas. Passo a passo, para evitar desorganização”,

Eliminar de uma vez só a terceirização iria parar o sistema de saúde e causaria 10 mil demissões


Destaques / 12 de junho de 2017 / 10h15 - Por Leandro Miranda


O esquema fraudulento de terceirização do sistema de saúde montado pelo ex-secretário Ricardo Murad durante o governo Roseana Sarney poderia ter causado um rombo ainda maior aos cofres públicos do Estado, se não fosse a iniciativa da atual gestão em substituir o modelo de administração das unidades hospitalares. Contudo, essa transformação carece de tempo para evitar a paralisação do sistema e preservar os funcionários contratados.

Em dois anos, a atual gestão da Secretaria de Saúde cortou pela metade as despesas com entidades privadas terceirizadas. Passando para a calculadora, isso representa uma economia de R$ 500 milhões. Em 2014, último ano de Roseana, o Estado gastos R$ 925,6 milhões com as chamadas oscips. Sob o comando de Flávio Dino, foram gastos R$ 753,4 milhões em 2015 e R$ 598,6 milhões em 2016.

A grande dificuldade é porque o atendimento e as unidades não podem parar, afinal, o paciente não pode esperar. Então foi preciso uma mudança de forma mais lenta para a população não sair prejudicada e também evitar a demissão de milhares de trabalhadores, como explicou o governador Flávio Dino. “Na gestão da saúde, estamos revertendo a terceirização feita no passado para entidades privadas. Passo a passo, para evitar desorganização […]Eliminar de um vez só a terceirização para entidades privadas iria parar o sistema de saúde e gerar 10.000 desempregados”.

As terceirizadas que antigamente eram escolhidas a dedo, agora estão sendo eliminadas e substituídas pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH). O IDAC, flagrado na Operação Rêmora e ligado ao presidente do PSDC Antônio Aragão, era responsável por administrar seis hospitais públicos, mas teve o contrato rescindido com SES e a EMSERH assumiu o controle.

“Não fomos nós que implantamos esse modelo de terceirização na saúde. Já encontramos e estamos fazendo mudanças possíveis, passo a passo […] Transição entre o modelo do governo passado e um novo modelo tem ocorrido com várias medidas, uma delas a implantação de uma empresa PÚBLICA”.

Desde o último dia 2, quando foi deflagrada a Operação da PF, o secretário Carlos Lula tem colaborado e tomou todas as medidas necessárias quando se descobre um caso de corrupção e a fraude de uma prestadora de serviço, cortou o mal logo pela raiz. “Sempre que somos informados de irregularidades, agimos imediatamente. Não somos coniventes nem acobertamos erros alheios”, finalizou o governador.

Homem morre após carro bater na traseira de caminhão na BR-135 no MA/ O condutor do veículo ficou preso às ferragens e foi socorrido após bombeiros cortarem parte da lataria.

Um homem morreu após bater o carro em que estava na traseira de um caminhão no KM 57 da BR-135, em Bacabeira (MA). O acidente aconteceu na tarde deste sábado (10) e deixou a rodovia parcialmente interditada até que o resgate e limpeza do local fossem feitos.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu depois que o caminhão que transportava tubos de oxigênio reduziu a velocidade para passar por um quebra-molas. O condutor da Montana não conseguiu frear e acabou batendo na traseira do veículo de carga.

O motorista José Ribamar Almeida Silva, de 54 anos, morreu no local. O corpo ficou preso às ferragens e o Corpo de Bombeiros precisou cortar parte da lataria do veículo para fazer o resgate. A PRF também acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que atestou a morte do condutor.

Após o resgate da vítima, os bombeiros esperaram a chegada da perícia e, ao final, fizeram a limpeza da pista para que o trânsito fosse totalmente liberado.

domingo, 11 de junho de 2017

Sobre a tatuagem "LADRÃO VACILÃO'



Minha reflexão nesse vídeo é o cuidado que temos que ter, pra não sermos usados por políticos oportunistas, incentivando a 'justiça com as próprias mãos'. Como não sou juiz, não posso chamar ninguém de ladrão, sem que o caso seja investigado. Isso é papel da justiça...

Correção convite: Novo prédio da UBS do Maiobão será entregue nesta terça-ferira (13)



Conforme informação repassada a contento, ao titular deste blog a entrega do novo prédio da UBS do Maiobão será na Terça-feira (13) e não na segunda-feira como já havia anúncio publicado.

A Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), entregará à população nesta terça-feira, 13 de junho, às 9h, o novo prédio da Unidade Básica de Saúde do Maiobão. Situada em um novo imóvel na mesma Avenida 13, a UBS  funcionará com 03 (três) equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF) e diariamente prestará atendimento à comunidade nos dois turnos.

Houve adequação do espaço físico para melhor acomodação dos usuários e equipes de atendimento.

O novo imóvel está situado na mesma avenida da antiga UBS, próximo ao restaurante popular.

Agenda do Ônibus Lilás em Paço do Lumiar