sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Secretaria de Saúde não tem contrato com sorveteria, diz Carlos Lula


O secretário de Saúde afirmou que não há contrato da Secretaria de Estado da Saúde com empresa, que supostamente foi sorveteria, para prestação de serviços hospitalares.

O secretário de Saúde, Carlos Lula, afirmou que não há contrato da Secretaria de Estado da Saúde com empresa, que supostamente foi sorveteria, para prestação de serviços hospitalares. O suposto contrato é uma das irregularidades apontadas pela Polícia Federal, após desdobramento da operação Sermão aos Peixes, deflagrada nesta quinta-feira,16.
“Esse contrato não existe. Por isso, já requeremos junto à Justiça Federal e Policia Federal, tanto o contrato com a suposta sorveteria como da relação dos servidores supostamente fantasmas, para adotarmos as providências em relação a cada um deles, se constatado de fato que não laboravam, não tinham trabalhado e mesmo assim receberam remuneração”,  disse o secretário.
De acordo com investigações da Polícia Federal, a empresa que atuava como sorveteria até fevereiro de 2015 prestaria serviços em hospital da rede estadual.
“Se assim foi feito foi pelo Instituto ICN (Instituto Cidadania e Natureza) e não pela Secretaria de Saúde do Estado do Maranhão”, afirmou Lula.
O secretário elogiou a ação da Polícia Federal e disse que a Secretaria de Saúde colabora com as investigações a adota medidas moralizadoras, desde 2015, para que eventuais condutas indevidas sejam extirpadas da saúde estadual. “Infelizmente, estruturas oligárquicas demoram a ser removidas da estrutura de poder de qualquer governo”, disse o secretário de Saúde.
Leia mais

Sem comentários:

Enviar um comentário