A Política Educacional de Paço do Lumiar do quadriênio 2017-2020 está sendo discutida no I Seminário de Políticas Educacionais, realizado desde terça-feira, 1º, pela Prefeitura do Município, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), no Instituto de Ensino Superior Franciscano (Iesf). Na abertura, realizada na Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa, no Maiobão, foi lançado o programa “O Paço Certo pelo Direito de Aprender”, que vai oferecer a todos os profissionais da rede a possibilidade de participarem de ações de formação voltadas para a qualificação e desenvolvimento profissionais.
Dezenas de gestores escolares e professores participam do seminário, realizado para ser um espaço coletivo de debate e planejamento do trabalho pedagógico no âmbito escolar. “Este é o momento de garantir a implementação de ações estratégicas e estruturais desse programa, para fortalecer o ensino nas escolas da rede municipal de Paço”, destacou o secretário municipal de Educação, Fábio Rondon.
Ao longo dos próximos anos, a Semed pretende desenvolver quatro eixos fundamentais do programa que são: formação continuada dos profissionais, gestão educacional, avaliação institucional e avaliação da aprendizagem dos estudantes. Vale destacar que Paço do Lumiar é uma das poucas cidades do Brasil que vão oferecer aos alunos da rede municipal o ensino de Robótica. Mais de 20 escolas luminenses serão beneficiadas com o projeto neste segundo semestre.
Participação
A abertura do seminário teve a presença do prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB). “É importante a participação de todos os educadores para a reconstrução de uma educação eficaz em Paço. A Prefeitura está buscando fazer a sua parte, mas é só com a participação de quem está na sala de aula, no dia-a-dia da escola, que poderemos garantir uma educação digna a todos os nossos estudantes”, afirmou o prefeito.
O prefeito estava acompanhado da primeira-dama e secretária de Administração e Finanças, Núbia Feitosa, que na ocasião foi homenageada pelos participantes, que se mostraram solidários com a secretária, que viveu momentos de terror ao ser baleada tentando ajudar uma mulher. “A qualidade da aprendizagem das nossas crianças, adolescentes e adultos matriculados nas escolas municipais depende muito das condições físicas das escolas e dos recursos disponíveis, mas, fundamentalmente, da competência profissional de todos os educadores que fazem a diferença em sala de aula e na gestão do espaço escolar”, ressaltou Núbia Feitosa.
O seminário será encerrado nesta quinta-feira, 3 de agosto.