quinta-feira, 18 de maio de 2017

Caminha em Paço do Lumiar exige o fim da exploração sexual contra crianças e adolescentes.



Uma caminhada pelas principais ruas do bairro Maiobão no Município de Paço do Lumiar lembrou o Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, na manhã  desta quarta-feira, 18.
Promovida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, a caminhada contou com apoio da Secretaria Municipal de Educação e de entidades ligadas aos diretos da criança e adolescente como o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, Conselho Tutelar e Forum dos direitos da criança e do adolescente.
Saindo do Conselho Tutelar, a passeata que reuniu centenas de participantes  percorreu as principais ruas e avenidas do bairro,  encerrando na Praça do Viva Maiobão.
" Precisamos proteger nossas crianças e adolescentes, essa é uma luta de todos nós e o poder público tem o papel importante de propiciarum espaços que possam garantir a proteção infanto-juvenil . Nas nossas escolas desenvolvemos o trabalho de conscientização, mobilização e sobre tudo o de atrair a participação da  família, porque só assim teremos de fato, uma cidade de paz tranqüilidade e harmonia, onde a criança não seja violenta e sim  respeitada nos seus direitos" disse o secretário de Educação Fábio Rondon. 

A caminhada trouxe como ênfase a autoproteção de crianças e adolescentes contra o abuso e a exploração sexual, ressaltando a importância da denúncia e notificação dos casos de suspeita ou confirmação da violência sexual.
“Todos devem estar vigilantes e ao perceberem qualquer tipo de abuso contra nossas crianças ou adolescentes, não tenham medo e denunciem, pois somente assim faremos uma frente verdadeiramente eficaz contra esta prática que por vezes destrói a infância e até mesmo famílias" ressaltou o secretário de desenvolvimento social Nauber Braga. 
O prefeito Domingos Dutra que participou deste momento que movimentou o municípi, falou sobre a importância da união de todos em favor da causa.
"Nós não podemos admitir nenhum tipo de violência, muito menos de crianças e adolescentes. Quem se aproveita da inocência de um menor, é covarde, é criminoso e não merece nenhum tipo se trégua por parte da sociedade. Não vamos tolerar este ou qualquer outro tipo de  violência em nossa cidade, vamos nos unir e combater esse mal " acrescentou o prefeito Domingos Dutra.

Durante toda semana foi programado palestras nas escolas municipais de Paço, começando pela UEB Conjunto Paranã, seguindo da UEB João Assis de Moraes, UEB Nova Canaã, encerrando na sexta-feira (19) na Escola do Cumbique.
Sobre a data –
Historicamente, o dia 18 de maio é lembrado oficialmente como Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes. A data foi oficialmente instituída pela Lei nº 9.970/2000 em lembrança ao episódio que envolveu a menina Araceli Cabrera Sanchez, que em 18 de maio 1973, na ocasião com oito anos, foi seqüestrada, espancada, violentada, drogada e assassinada. Apesar da grande comoção da sociedade, as investigações policiais foram concluídas e os agressores jamais foram punidos.

Sem comentários:

Enviar um comentário