quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

E QUANDO A SAUDADE BATER... Por Gilberto Nunes

>> AMA GIL? COMPARTILHA...<<
Texto escrito no final de 2007 em homenagem aos alunos da oitava série da Escola Padre Maurício.

Todos se preparam pra partida.
Ajeita uma coisa aqui, conserta outra ali. Tudo tem que estar preparado pro "Gran Finale". E que final. Foram anos marcantes em que alguns ficaram marcados. E todos apaixonados. Apaixonados por este local e pelas histórias que aqui foram contadas. E vividas também. O que nos torna especial é justamente isso. Aqui não temos só alunos.

Temos vidas. Vidas que erram, que acertam, que choram, que se alegram. E cada um de vocês faz parte dessa história. Mas você tem que ir. Vai em boa hora. Trilhar outros caminhos. Enfrentar novos desafios. E cada lágrima que sair dos seus olhos é uma semente que germinando se transforma na árvore da sua história vital.

Você vai deixar lembranças. Aquelas "pequenas coisas" que te tornam inesquecível. São os bons momentos que superam os ruins. Que fazem você ser o que é. O ano foi difícil . Mas pior seria sem você por perto.

Por isso não é hora de tristeza. É momento de gratidão.
De agradecer pelas vitórias obtidas e por aquelas que ainda virão. De ser grato por aqueles que ficam e por todos que o acompanharão. E de celebrar a vida, pois de qualquer modo ela continua.

E muitas histórias ainda serão contadas por você. Entretanto lembre sempre das lições que você aprendeu aqui. Do conhecimento partilhado e do adquirido . Principalmente, lembre que você não é um aluno. Sua luz própria brilha mais a cada dia.

E quando a saudade bater não precisa atender. Lugar no seu coração ela não vai encontrar, pois quem é especial sempre perto vai estar.

E na vida não há finais. Apenas começos que se encontram no grande palco da humanidade.

E você vive um agora.

Gilberto Nunes, professor da Escola Padre Maurício.

Ações do Governo Flávio Dino em 30 segundos: Segurança, Agropecuária, Educação, responsabilidade Fiscal. Veja o vídeo.


Governo entrega viaturas para reforçar Sistema de Segurança do Estado



As viaturas contam com sistema de transmissão e armazenamento de imagens, com câmeras internas e câmeras externas e radiocomunicação compatível com o sistema digital da Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Pesquisa de material escolar do Procon-MA verifica variação de preço de 410% em Imperatriz

O Procon-MA realizou pesquisa de preço de materiais escolares em mais uma cidade do estado, dessa vez em Imperatriz. A equipe do órgão percorreu nove estabelecimentos do município, no período de 12 a 16 de janeiro, e verificou mais de 130 itens que comumente são encontrados nas listas de materiais solicitados pelas escolas particulares. 
A procura por esses itens, que fica mais intensa com a proximidade do início do ano letivo, assusta alguns pais que buscam preços baixos, sem comprometer o orçamento familiar. O que os números revelam são variações de preços elevadas nos mesmos materiais, como é o caso da Tesoura escolar sem ponta, marca Mundial, com menor preço de R$ 2,10 e maior de R$ 10,72, resultando em uma variação de 410% de um estabelecimento para outro. 
A lista de preço pesquisada pelo Procon-MA contem itens essenciais na rotina estudantil, como lapiseiras, apontadores, borrachas, canetas esferográficas, cadernos e mochilas. Segundo o presidente do órgão, Duarte Júnior, essa prática incentiva o consumidor a pesquisar os preços oferecidos no mercado antes de realizar a compra. “Com a pesquisa de preço o Procon-MA ajuda os pais a economizarem e, também, a perceberem a importância da pesquisa de preço. Além disso, evidencia o compromisso do órgão na fiscalização dos estabelecimentos, evitando o abuso de preços”, explica. 
Preços 
O maior percentual de variação de preço foi verificado na "Tesoura Escolar Sem Ponta, marca Mundial, mas outros itens, também, apresentaram grande mudança. A "Borracha Eco FC Max pequena Faber Castell", por exemplo, chegou a aumentar R$ 4,75, ou seja, 383%, com valor mínimo de R$ 1,24 e maior de R$ 5,99. 
No ranking de maior variação ainda estão a “agenda escolar Tilibra do Spider Man”, com variação de 319%, apresentando menor preço de R$ 7,99 e maior de R$ 33,52 (preço médio de R$ 22,17); o “Estojo de Caneta Esferográfica Compactor 12 cores”, com preço mínimo de R$ 6,30 e máximo de R$ 19,90, totalizando uma variação de 217%, e o “Caderno Brochura Capa dura Peppa” da Foroni, com variação de preço de 180%.
Já na venda da “Caneta esferográfica Trilux Faber Castell”, item indispensável aos alunos, a flutuação chega a 278%, vendido entre R$ 0,79 e R$ 2,99 (preço médio de R$ 1,40). 
Para conferir a lista completa com os mais de 130 itens pesquisados, basta acessar o site www.procon.ma.gov.br

Rubens Jr. encontra ministro da Saúde e discutem sobre mais recursos para o Maranhão

O deputado federal e vice-líder do PCdoB na Câmara dos Deputados, Rubens Pereira Jr. (MA) esteve reunido na última terça-feira, (19), com o ministro da Saúde Marcelo Castro. Na ocasião discutiram sobre a liberação de recursos das emendas orçamentárias de 2015 para fortalecimento das políticas de saúde do Maranhão.


O Maranhão tem a pior renda per capita média do Brasil, no valor de R$ 360,43, de acordo com o Atlas de Desenvolvimento Humano 2013 divulgado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). Nessa avaliação outros quesitos envolvendo renda, saúde e educação. Em todos, o Maranhão figura entre os últimos colocados.

Rubens Jr. pediu ao ministro da Saúde, Marcelo Castro, prioridade na liberação das emendas de 2015 para o Maranhão: “O ministro Marcelo Castro se manteve atento à nossas demandas. Piauiense, conhece bem a realidade do nosso estado e se comprometeu a agilizar a liberação de recursos”, pontuou Rubens Jr.

Para Rubens Jr. a Saúde do Maranhão ainda é muito precária e precisa avançar mais: “Fomos diretamente ao Ministro para buscar recursos para o Maranhão. O recurso destinado à saúde não é gasto, mas investimento e reflete diretamente na qualidade de vida a nossa população”, destacou Rubens.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

QUEM ERA GILBERTO NUNES (7 meses sem o nosso herói)


Gilberto Nunes era um homem pacato, simples, comunicativo, carismático e extremamente humilde. Não se importava com o luxo. O seu maior tesouro era a educação. Segundo sua irmã, ele até deixava, às vezes, sua namorada de lado para dedicar-se ao ensino dos jovens.

Gil sabia o momento certo de chamar a atenção dos alunos, compreendia na medida certa, o valor do seu carisma. Era duro também, quando assim necessitava. Mas o fazia com tanta cautela, que os alunos o respeitavam como alguém que realmente desejava o melhor para todos.

O que muitos chamavam de bagunceiros, desordeiros, zuadentos, Gil chama de Guris divertidos. Tanto que uma das atividades preferidas de Gilberto era levar os alunos para visitar feiras, exposições fora da escola. E durante o percurso todo mundo sabia: muito barulho iria rolar.

Mas nada disso incomodava o nosso herói. Em vez de mandar todo mundo calar a boca, ele fazia justamente o contrário. Entoava canções que continham letras educativas, que ao mesmo tempo fossem mensagens de incentivo para os jovens.

Uma delas era: Valeu Amigo da dupla Pikeno e Menor.

Eu ouvi palavras ditas com carinho

De que na vida ninguém é feliz sozinho

E você é um alguém que sempre me fez bem

Me protegeu e me tirou de todo perigo

E quando eu precisei você chorou comigo

Valeu por você existir, é tão bom te ter aqui

Eu rezo e peço pra Deus cuidar

A sua vida abençoar

Vou correr por você até o fim

Me quis tirar do mal, eu percebi

Disse verdades que eu mereci

Então pra sempre amigos, sim

Se Deus quiser

Vou ter você guardado no meu coração

Até nos seus conselhos de irmão

E é pra você que eu dedico essa canção

Eu rezo e peço pra Deus cuidar, cuidar

A sua vida abençoar, abençoar

Vou correr Por você até o fim

Assim eu sei que pra você também

Sou alguém que te faz tão bem

Mais que amigo e irmão meu, valeu

Eu rezo e peço pra Deus cuidar, cuidar

A sua vida abençoar, abençoar

Vou correr por você até o fim

Assim eu sei que pra você também

Sou alguém que te faz tão bem

Mais que amigo e irmão meu, valeu

Quando todos se forem, eu vou estar lá com você,

Amigos até depois do fim!

Valeu amigo.

Procon autua Caixa por publicidade enganosa da Mega da Virada

18 de janeiro de 2016

O prêmio milionário Mega Sena da Virada, oferecido pela Caixa, incentivou milhões de brasileiros a realizar apostas pelo país em busca da sonhada mudança de vida. O sorteio, realizado dia 31 dezembro, oferecia, inicialmente, o prêmio de R$ 280 milhões, o que movimentou, durante todo o mês de dezembro, as casas de apostas pelo país.
Entretanto, após a realização do sorteio, o prêmio milionário foi reduzido em, aproximadamente, 12% do valor ofertado inicialmente. A premiação repassada aos vencedores foi de R$ 246 milhões, configurando-se em publicidade enganosa, com base com base na Lei Federal n.º 8.078/90.
O Art. 37 da Lei, no parágrafo 1º, diz ser proibida qualquer modalidade de informação ou comunicação, de caráter publicitário, inteira ou parcialmente falsa, ou, por qualquer outro modo, mesmo por omissão, capaz de induzir em erro o consumidor a respeito da natureza, características, qualidade, quantidade, propriedades, origem, preço e quaisquer outros dados sobre produtos e serviços.
Diante do fato, o Procon/MA determinou à Caixa que seja fornecido ao órgão os materiais utilizados nas publicidades referentes à Mega da Virada (panfletos, cartazes etc.), além do levantamento da receita bruta da empresa dos últimos 3 meses, para fins de delimitação de seu porte econômico, os cálculos utilizados pela empresa para média de aferição do prêmio a ser estabelecido e ainda uma explicação a respeito da prática de publicidade enganosa.
De acordo com o Presidente do Procon/MA, Duarte Júnior, a prática, além de abusiva, constitui crime contra as relações de consumo e afronta diretamente a boa-fé do consumidor. “A conduta realizada pela instituição financeira atingiu, também, os consumidores maranhenses e, por esse motivo, estamos agindo para que práticas como essas sejam extintas. Afinal, é direito básico do consumidor ser informado de forma clara e precisa, bem como ter garantia quanto ao cumprimento desta oferta.”, afirmou.
A Caixa tem o prazo de cinco dias para fornecer as informações acima solicitadas. Caso o prazo não seja cumprido, implicará na imposição de penalidades administrativas e civis cabíveis, além de, caso seja necessário, responsabilização penal do infrator por crime de desobediência, como rege o artigo 330 do Código.

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Flávio Dino avalia ações, anuncia reforma, corte de R$ 100 mi em contratos e contingenciamento de 30% de custeio

O governador Flávio Dino reuniu a imprensa nesta segunda-feira (18) para divulgar avaliação do primeiro ano de gestão, anúncio de obras, reformas administrativas, cortes de R$ 100 milhões em contratos e contingenciamento de 30% dos custeios. “As medidas anunciadas visam a redução de despesas, agilização de procedimentos administrativos e monitoramento do cumprimento do Programa de Governo”, explicou Flávio Dino ao destacar as prioridades para os próximos meses.

Além da organização da política fiscal, durante o encontro, o governador destacou as ações com ênfase nas políticas sociais, de Infraestrutura e de Segurança Pública. Detalhou, também, os ajustes fiscais que garantirão a manutenção de investimentos em todo o estado. Na área de educação, o governador destacou o Programa ‘Escola Digna’, que está substituindo escolas de taipa ou palha por escolas de alvenaria; a implantação do Programa Bolsa Escola (Mais Bolsa Família), que está beneficiando mais de um milhão e duzentos mil estudantes; bem como os primeiros resultados do Plano ‘Mais IDH’, ressaltando que as ações serão reforçadas nos 30 municípios com os menores indicadores sociais do Estado.

Flávio Dino anunciou, ainda, a ampliação das obras de recuperação de vias com o Programa ‘Mais Asfalto’, a recuperação de rodovias estaduais e a expansão de estradas. “Este ano lançaremos obras importantes, como a ligação entre Buriti Bravo e Caxias, um sonho de décadas; no Leste, a ligação entre São João dos Patos e Passagem Franca; a Ponte Central-Bequimão e a estrada, que vai ligar 13 municípios do Litoral Ocidental, além da Estrada de Barra do Corda a São Raimundo do Doca Bezerra”, detalhou.

O governo anunciou, também, a elaboração do projeto da Rodovia dos Presidentes, que vai ligar Presidente Vargas a Presidente Juscelino. Será um eixo paralelo à BR-135, ligando o Estado do Sul ao Norte. “Na prática, vamos duplicar a BR-135 mediante um trecho de 60km de uma MA”, avisou o governador.

Economia e organização da política fiscal

“Nós temos uma visão muito clara de desenvolvimento inclusivo, por isso apoiamos o empresariado local com desonerações tributárias para vários setores da economia”, destacou Flávio Dino. Segundo ele, o Governo revisou, em 2015, a legislação referente ao Simples, o que garantiu que mais de cem mil empresas pagassem menos impostos. “Destaco, ainda, nossa ênfase no setor primário com vacinação contra a febre aftosa, o apoio a agricultura familiar com as feiras de tecnologia e o início de programas de fomento às atividades produtivas, beneficiando até agora mais de 2 mil famílias”.

Os esforços para a redução dos gastos em despesas estão sendo coordenados pelo chefe da Casa Civil do Governo do Maranhão, Marcelo Tavares, e deverão chegar na ordem de R$ 100 milhões em cortes em contratos de terceirização e prestações de serviços. Além disso, haverá o contingenciamento em 30% do orçamento do custeio do Estado. “Continuidade do rigor na gestão financeira, transparência e combate à corrupção são as ferramentas utilizadas para garantirmos o equilíbrio das contas em 2016 e dar continuidade nas ações iniciadas em 2015”, ressaltou o governador.

Flávio Dino também explicou que as medidas são necessárias em função da diminuição dos repasses federais por meio do Fundo de Participação Estadual (FPE) e das dívidas assumidas da gestão passada. “Em janeiro de 2016, houve uma queda de 17% na participação do Maranhão em relação ao mesmo período de 2015. Temos, também, por exemplo, que honrar com a dívida externa contraída pelo governo anterior. Este mês pagaremos uma parcela de R$ 178 milhões”.

Reforma Administrativa

Para garantir mais economia a dar fluidez às ações administrativas do Estado, Flávio Dino anunciou a fusão de algumas Secretarias de Estado. A Secretaria de Cultura absorverá as ações de Turismo, tendo como titular Diego Galdino. O atual Secretário de Articulação Política e Assuntos Federativos, Márcio Jerry será o titular da Secretaria de Comunicação e Assuntos Políticos. Já o atual secretário de Agricultura, Márcio Honaiser, passará a ser titular da Secretaria de Agricultura e Pesca.

O governador Flávio Dino anunciou ainda a criação da Secretaria de Governo, que terá como titular o atual secretário de Cultura, Felipe Camarão. A nova pasta ficará responsável pelo monitoramento das metas governamentais.