quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Defesa de Cunha cogita fazer reclamação contra Moro no Supremo Tribunal Federal

Advogados do ex-presidente da Câmara acham que mandado de prisão foi um desrespeito à decisão anterior da Corte

TALITA FERNANDES
20/10/2016 - 17h41 - Atualizado 20/10/2016 21h26
Eduardo Cunha faz sua defesa no plenário da Câmara dos Deputados antes de iniciar a votação de sua cassação (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
A defesa  do ex-presidente Eduardo Cunha estuda fazer uma reclamação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão do juiz Sergio Moro que determinou a prisão do ex-presidente da Câmara dos Deputados. Cunha foi preso preventivamente na quarta-feira (19). Seus advogados acreditam que quando o ministro do STFTeori Zavascki decidiu-se pelo afastamento do ex-deputado do comando da casa, o magistrado entendeu que o pedido de prisão feito pelo Ministério Público Federal estava prejudicado. Teori, ainda segundo essa linha, interpretou que Cunha não representava mais risco para o andamento das investigações.

Sem comentários:

Enviar um comentário