segunda-feira, 1 de junho de 2015

Câmara instala hoje CPI da CBF. "Precisamos investigar" disse Rubens Pereira Jr

A Câmara dos Deputados vai instalar nesta segunda-feira (1º/jun) a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar irregularidades nos contratos da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Na semana passada, uma operação internacional do FBI – a polícia federal norte-americana – prendeu diversos dirigentes da FIFA, entre eles, o ex-presidente da CBF, José Maria Marin.


O vice-líder do PCdoB na Câmara, Rubens Jr (MA), foi um dos signatários do pedido de CPI. “Precisamos investigar a fundo todas as irregularidades que possam ter ocorrido utilizando um patrimônio da nação brasileira, que é a imagem de seu futebol”, afirmou. Outro integrante do PCdoB, João Derly (RS), foi o deputado que recolheu as assinaturas da CPI.

Já houve uma CPI da CBF na Câmara dos Deputados, presidida pelo hoje ministro Aldo Rebelo (PCdoB-SP). À época, a comissão concentrou investigações no contrato da confederação de futebol com a fornecedora de material esportivo Nike.

O empresário maranhense Fernando Sarney é o atual vice-presidente da CBF, cargo que ocupa há mais de 20 anos. Sarney foi vice de José Maria Marin, que se encontra preso, além de Ricardo Teixeira. Há suspeitas pela Justiça norte-americana que a propina foi dividida entre ex-presidentes da CBF.

Sem comentários:

Enviar um comentário