sábado, 4 de abril de 2015

O estilo Flávio Dino de governar/ Artigo do dep.Rubens Pereira Jr.

Artigo do vice-líder do PCdoB na Câmara dos Deputados, Rubens Jr (MA), publicado originalmente noJornal Pequeno

Em menos de 100 dias, o governador Flávio Dino já deixou clara sua forma de governar. Um estilo que já conta com a aprovação da imensa maioria dos maranhenses e com a admiração do restante do país. Um governo que não gasta tempo lamentando o passado, mas não se esquiva de encarar os problemas deixados por seus antecessores. Ao contrário, vai à raiz dos males que afligem nosso estado.

É assim que vejo os primeiros meses marcados por medidas tão promissoras como o apoio em maquinário e capacitação técnica à agricultura familiar, a Força Estadual de Saúde e o programa Mais IDH. Ações de um governo que atua com os pés no solo maranhense e não festeja ilhado no Palácio.

Neste momento que vive o Brasil, fica como exemplo a marca-chave da gestão de Flávio Dino. Mostrar que é possível sim fazer ajuste fiscal, mas cortando contratos mal feitos e reduzindo gastos desnecessários. E não cortando direitos dos trabalhadores e sim atingindo quem realmente tem mais a contribuir em um momento de ajuste.

Foi assim que Flávio Dino aumentou o salário de professores e criou o 13º do Bolsa Família para ser usado na compra de material escolar. Fez isso ao mesmo tempo em que enfrentou na Justiça contratos “mal feitos”, para dizer o mínimo, como os da Constran, sobre o qual pesam sérias denúncias contra a governadora Roseana Sarney e o doleiro Alberto Yousseff na Operação Lava Jato.

Obviamente, criminosos com interesses financeiros contrariados pela perda de contratos abusivos agora dedicam-se a plantar notícias contra nosso governo. Mas essas ervas daninhas não florescem. Pois são plantadas em terreno já imunizado.

Porque todas as ações de Flávio Dino governador são consumadas com o mesmo estilo que construiu sua carreira política. Comunicando-se diretamente com o público, nas redes sociais. Aí de cara, uma das promessas que ele melhor cumpre: não abandonar oTwitter e o Facebook. Um diálogo direto com o eleitor que é complementado pelo competentíssimo trabalho da Secom.

É assim que Flávio Dino vai enfrentando problemas e mudando a história do Maranhão. Indo direto à raiz dos problemas, mas também atento ao aspecto simbólico das ações. Não por acaso, teve grande repercussão nacional a troca dos nomes de escola então batizadas em homenagem a generais da ditadura.


Muito ainda está por vir desse governo de esquerda, que não foge das grandes batalhas, mesmo quando estão fora de seu alcance direto, como no debate sobre a taxação de grandes fortunas. Com serenidade, mas persistência e diálogo contínuo, Flávio Dino vai construindo um Maranhão de Todos Nós.

Sem comentários:

Enviar um comentário