segunda-feira, 2 de março de 2015

Governo busca parceria em programas federais para Juventude

A titular da Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude (SEEJUV), Tatiana Pereira, participou na semana passada, em Brasília, de reunião com o secretário nacional de Juventude, Gabriel Medina, e do lançamento da 3ª Conferência Nacional de Juventude. O encontro reuniu também outros gestores estaduais da Juventude e coordenadores de políticas para jovens do Ministério do Trabalho.

Na oportunidade a secretária Tatiana Pereira discutiu parceria em programas e ações nacionais e apresentou o plano de metas do Governo do Maranhão para a área da Juventude. A reunião com Medina deu partida a uma agenda de ações para a juventude, principalmente com o desenvolvimento de projetos e programas federais no Maranhão.

“Foi uma oportunidade fundamental para construirmos ações conjuntas entre o Governo do Maranhão e o Governo Federal, como a participação no Plano Juventude Viva e nos demais programas da Secretaria Nacional da Juventude. Essa é uma característica do governo Flávio Dino, desenvolver o diálogo com os vários setores da sociedade e poder público para melhoria da qualidade de vida dos maranhenses”, declarou.

O secretário Gabriel Medina destacou a relevância do encontro. “Os projetos e ações que temos para as juventudes visam mudar a realidade da vida dos jovens e, consequentemente, do Brasil. A reunião com a secretária Tatiana foi muito relevante, pois começamos a construir uma agenda conjunta de ações que, certamente, ajudarão no processo de mudança que o Maranhão espera”, afirmou.

Juventude e trabalho

A secretária Tatiana Pereira reuniu-se também com o coordenador do Departamento de Políticas Públicas Trabalho e Emprego para a Juventude do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Henrique Matthiesen; e com representante da Coordenação Geral de Preparação e Intermédio de Mão de Obra Juvenil, Flávio Costa, também do MTE.

Eles debateram a execução de programas de inserção dos jovens no mercado de trabalho, como o Projovem Trabalhador e o Jovem Aprendiz. “Tratamos da participação efetiva do Governo do Maranhão nesses programas, uma vez que temos em nosso estado uma população de aproximadamente dois milhões de jovens a espera para ingressar no mercado”, explicou a secretária


Sem comentários:

Enviar um comentário