terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Prefeito de São Luís, Edivaldo participa do Dia D de combate à Dengue e a Febre Chikungunya

Da Redação
Agência São Luis
A-A+Tamanho da Letra
O prefeito Edivaldo participou na manhã do último sábado (07) do Dia D de combate à Dengue e a Febre Chikungunya
O prefeito Edivaldo participou na manhã do último sábado (07) do Dia D de combate à Dengue e a Febre Chikungunya. A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) promoveu a ação conforme orientação do Ministério da Saúde (MS). Durante as atividades, realizadas nos 7 distritos da capital maranhense (Centro, Coroadinho, Cohab, Bequimão, Tirirical, Vila Esperança e Itaqui-Bacanga), foi divulgado um balanço do número de casos da doença no ano passado. De acordo com a Semus, somente em 2014, foram notificados 960 casos de dengue na cidade, número 17.22% inferior ao registrado no ano de 2013.
Ainda segundo a Semus, em 2015 já foram registrados apenas 17 casos de dengue na cidade. Já em relação à Febre Chikungunya, foram notificados em 2015 dois casos suspeitos, sendo um já descartado e o outro ainda em análise laboratorial. No Dia D, a concentração dos agentes do distrito Centro ocorreu às 8h em frente à Biblioteca Pública Benedito Leite.
Ao lado da titular da Semus, Helena Duailibe, o prefeito fez questão de demonstrar a importância da ação e o apoio aos servidores engajados nas atividades. "A Saúde é uma de nossas prioridades nessa gestão. Os resultados que temos alcançado nessa área refletem o nosso compromisso com a população e são consequências de um envolvimento conjunto dos membros que compõem esta administração", afirmou.
De acordo com a secretária Helena Duailibe, a ação do Dia D reforça um compromisso da gestão pública municipal com o bem-estar dos ludovicenses. "Foi uma determinação direta e expressa do prefeito Edivaldo, que fez questão que estivéssemos aqui hoje para prestigiar e destacar os dados positivos relacionados à dengue, no ano passado, já que houve uma redução significativa dos casos", disse.
Ainda durante as ações do Dia D, foram realizadas visitas domiciliares, houve entrega de panfletos a cidadãos, além de no Centro terem sido feitas demonstrações sobre a atuação do agente transmissor das doenças, o mosquito Aedes Aegypti. Pessoas que passavam no Centro, hoje pela manhã, puderam observar os estágios de vida do mosquito e recebiam informações sobre as formas de combatê-lo.
Paralelamente ao Dia D, ainda no Centro, foi promovido o circuito de saúde, em que foram oferecidas vacinas grátis contra Hepatite e Tétano. "É uma ação importante e que ajudará a combater e a controlar essas doenças na cidade", frisou a superintendente de Vigilância Epidemiológica e Sanitária da Semus, Terezinha Lobo.
O aposentado José de Ribamar Pereira, de 67 anos, esteve no Centro recebendo orientações sobre o controle do Aedes Aegypti e recebeu doses de vacina. " É uma ação importante da Prefeitura, que demonstra estar preocupada com a população", disse.

Sem comentários:

Enviar um comentário