quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Prefeito Edivaldo discute projetos em parceria com Bird e governo estadual

O prefeito de São Luís, Edivaldo participou no final da tarde desta quarta-feira (21), ao lado do governador do Estado Flávio Dino, e do vice-governador, Carlos Brandão, de uma reunião com representantes do Banco Mundial para discussão de programas já financiados pelo banco e possibilidades de alinhamento para novos projetos, visando, principalmente, a redução da pobreza e da desigualdade social em nível local. Na ocasião, foram discutidas ainda prováveis parcerias nas áreas de Turismo e Abastecimento.
"Trata-se de mais um momento importante de parceria entre a prefeitura e governo do Estado. Temos um projeto já articulado há alguns anos com o Banco Mundial e nos é valorosa a parceria com o governo do Estado, principalmente no que diz respeito à Caema, para solução de alguns entraves que aconteceram ao longo nos últimos meses. Hoje, a partir dessa parceria, teremos a possibilidade de fazer com que os processos andem de forma célere, de maneira que o projeto avance mais", afirmou o prefeito.
As obras integram o Programa de Recuperação Ambiental e Melhoria da Qualidade de Vida da Bacia do Bacanga, executado pela Prefeitura de São Luís, através da Secretaria Extraordinária de Projetos Especiais. Além de obras de infraestrutura, estão contemplados também projetos sociais que visam desenvolver ações de melhoria nas áreas de moradia, renda e qualidade de vida dos moradores do entorno da Bacia do Bacanga.
Durante a reunião, que aconteceu no Salão de Atos do Palácio dos Leões, o governador Flávio Dino destacou que essa é a primeira vez, depois de muitos anos, que prefeitura de São Luís e governo estão lado a lado em busca de parcerias para melhorar a infraestrutura da cidade, e, conseqüentemente, a qualidade de vida da população ludovicense.
O coordenador do Bird para Operações Setoriais de Infraestrutura para o Brasil, Paul Kriss, disse que a comissão do Banco Mundial está em São Luís para tratar prioritariamente sobre o projeto da Bacia do Bacanga, além de estreitar as relações com o novo governo. "Estamos aqui para conhecer as novas oportunidades de trabalharmos juntos, além de avançar em projetos que já estão em andamento", destacou.
Algumas etapas do projeto da Bacia do Bacanga, segundo informou o secretário Extraordinário de Projetos Especiais, Gustavo Marques, estão avançando, como a do Canal do Rio das Bicas e a construção de 33 casas para famílias que serão impactadas com a obra.
"A do Rio das Bicas, que é uma obra que vai beneficiar toda a região, já encontra-se com licitação concluída, e a do Sá Viana deverá ser licitada em breve", sinalizou o secretário.
Além de Poul Kriss, participaram da reunião como representantes do Banco Mundial Emanuela Monteiro, gerente de Projetos – especialista em Desenvolvimento Urbano; Juliano Garrido, co-gerente de Projetos- especialista Sênior em Águas e Saneamento, Tiago Teodoro, especialista em gestão Financeira; Alexandre Fortes, consultor- especialista em Salvaguardas; e Gilberto Canali, consultor- especialista em segurança de barragens.
Entre os representantes da prefeitura e do governo estiveram presentes na reunião os secretários municipais Lula Fylho (Governo), Batista Matos (Comunicação), e os secretários estaduais Marcelo Tavares (Casa Civil), Clayton Noleto (Infraestrutura), além do presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), Davi Telles.

Sem comentários:

Enviar um comentário