sábado, 26 de abril de 2014

Rap: A COPA DA MISÉRIA - Mc Collins & Mc Duduzinho



Lula quer que o Brasil seja visto lá fora. E já está sendo, inclusive com os vídeos e fotos, das nossas crianças, nadando no esgoto, catando latinha. Sem ter pelo menos Certidão de Nascimento. 

Os bilhões de superfaturamento das obras da copa, trariam com toda a certeza, dignidade as nossas famílias que precisam do básico, e não tem. 

Alguém diz pra esse senhor, que retrocesso é essa palhaçada, essa farra com o dinheiro do nosso povo sofrido - ISSO É UMA VERGONHA! Boris Casoy

EDINHO LOBÃO ACABA COM LUÍS FERNANDO - Coitado!



O grupo macabro que deixou o Maranhão na miséria, não tem consideração nem com os próprios aliados. Luís Fernando não passou dos 20% nas pesquisas, e agora a Sarneyzada e a Lobada, tá descendo a lenha no coitado.

Tão dizendo que ele deixou o grupo desanimado e desacreditado, inclusive a governadora. Com um amigo desses, não precisa de 2.

Revelações do Sen.João Alberto sobre Edinho Lobão e Luís Fernando/ O candidato será você ou Edinho? Porque Edinho é um bom candidato? Edinho vai ganhar? Porque Luís Fernando deixou a pré-campanha?



Sobre Edinho

Diz que será o candidato definitivo, segundo o senador, melhor do que ele e o pai dele. Negou que o grupo Sarney teria outro candidato. Deu um fim nas cogitações que incluiriam seu nome como possível candidato. Elogiou Edinho, dizendo que ele é vigoroso, entre outros adjetivos. 

Luís Fernando

Falou que o secretário deixou a pré-campanha porque queria que Roseana Sarney saísse como senadora, ao seu lado.

sexta-feira, 25 de abril de 2014

VEREADORES LAMENTAM E REIVINDICAM SEGURANÇA EM PAÇO DO LUMIAR, E UM BATALHÃO DA PM NO MAIOBÃO. [Jorge Maru, Itaparandi, Miguel, Marcelo Portela, Wellington Sousa, Campelo.]

[Assaltante menor de idade, morto]
JORGE MARU - "A insegurança está assombrando  o povo de Paço do Lumiar."

"Parecia um filme de bang bang." O vereador relatou que sabe da responsabilidade do Governo do Estado, com relação a segurança. Mas, segundo ele, o Executivo, tem de se movimentar, e procurar soluções para a problemática "que assombra o povo". Falou da real necessidade de um batalhão no bairro do Maiobão. Deu a ideia de consultar os estabelecimentos comerciais de maior poder aquisitivo, como Dalcar, Maciel, Mateus... A ideia de Maru, é que essas empresas possam colaborar para a aquisição desse batalhão no Maiobão. Essa é uma solução que serve diretamente a estes estabelecimentos.

Apesar de os assaltantes mortos serem delinquentes, Jorge Maru, lamentou profundamente a morte dos infratores. "Nenhum pai deseja ter um filho nessa situação." Finalizou.

ITAPARANDI - "É um problema sociocultural."

O vice-presidente da Câmara, disse que esse problema está muito além de se punir estes jovens. O problema está relacionado à falta de políticas públicas, que visem transformar, e dar oportunidade, para estas pessoas de estudar e posteriormente trabalhar. Muito abalado com tudo o que aconteceu, o parlamentar deseja mudanças, para que a nossa sociedade possa viver em paz.

MIGUEL - "O Lima Verde sofre com muita violência."

O vereador, experiente em segurança pública, por ser um profissional da área, detalha que existia um conselho, onde eram debatidos e identificados os problemas de segurança dentro das comunidades, relacionando as polícias. Segundo o parlamentar isso não existe mais. Falou a que ponto chegou o problema da segurança na sua comunidade - Lima Verde. "Quando estamos na porta e vem uma moto, entramos com  medo de assalto." Na opinião do vereador o que precisa ser feito efetivamente é a reação a toda essa violência.

MARCELO PORTELA - "Não temos de pensar, e sim de fazer esse batalhão."

Portela lamentou e se mostrou assustado e revoltado com a situação, a qual o município se encontra - Abandonado. O parlamentar relatou que a casa invadida pelos criminosos, eram de parentes seus, com mais de 80 anos, e que se revoltou pela situação, a qual eles foram submetidos, olhando para a quela barbaridade - Jovens fuzilados. Defendeu a criação imediata, do batalhão no Maiobão, tendo em vista coibir a atuação de marginais.

WELLINGTON SOUSA - "O Estado é omisso com a população."

O parlamentar, lamentou o batalhão de polícia ter ido par o Canaã, onde, segundo o vereador, não foi suficiente para coibir os assaltos em Paço do Lumiar, mas precisamente no bairro Maiobão. Wellington destaca, que o principal rumo, onde os criminosos sabem que não vão ser coibidos pela polícia é o Maiobão. "Estes assaltantes vem de todas as localidades, porque sabem que no Maiobão eles podem roubar, sem problemas com as autoridades."

O vereador destacou a principal importância do Governo no que diz respeito a cuidar das pessoas, em sua visão, isso não está acontecendo. "O Governo do Estado, está sendo totalmente omisso com a população."

CAMPELO - "Meu enteado foi assaltado com uma escopeta."

O vereador Campelo relatou situação pela qual o seu enteado passou, assaltado com arma de grosso calibre - escopeta. O líder de governo chegou a cogitar que poderia acabar muito pior essa situação. "Poderia ter um fim trágico, mas graças a Deus, não aconteceu o pior." Aparteou.

Vereador Marinho do Paço e sua esposa Luciana Oliveira, prestigiam aniversário de 18 anos da comunidade Zumbi dos Palmares.


A bonita festa em comemoração ao 18º Aniversário do Residencial Zumbi dos Palmares em Paço do Lumiar, realizada no dia 05 de abril, teve a presença do vereador Marinho do Paço (PP) e sua esposa a Secretária de Ciência e Tecnologia Luciana Oliveira, que participam ativamente das atividades realizadas pela comunidade. O vereador e sua esposa aproveitaram o momento para homenagear os moradores do residencial, por mais um ano de vitórias em prol da comunidade.

O vereador Marinho do Paço proporcionou um dia especial no bairro, foi realizado durante toda a tarde, torneio de futebol de campo, a competição contou com premiações em dinheiro e troféus para os dois primeiros lugares, além do sorteio de um quite de equipagem completo. A noite a comunidade se reuniu na Associação de Moradores para relembra os momentos de dificuldades vividos pela comunidade e as lutas travadas em prol de uma moradia digna. 

Marinho do Paço fez questão de agradecer o convite e destacou a importância desse tipo de evento para a população, como forma de integração entre as pessoas. “Agradeço imensamente o convite para estar aqui e festejar ao lado da comunidade Zumbi dos Palmares, porque me sinto também um filho e vou trabalhar ao lado do prefeito e dos vereadores para impulsionar melhores condições de vida a está comunidade”. Enfatizou o edil.

Logo após o discurso, o Vereador Marinho do Paço promoveu na comunidade o sorteio de um fogão de 6 bocas - Smaltec. Os moradores parabenizaram o edil pelo carinho que tem com o bairro e por estar sempre presente defendendo os interesses da população.
 
História da comunidade.

O Residencial Zumbi dos Palmares nasceu de uma ocupação organizada por trabalhadores sem teto, no dia 04 de abril de 1996. O nome da comunidade “Zumbi dos Palmares” é para expressar a luta e resistência para construir condições dignas de moradia, por isso que os moradores decidiram homenagear um dos maiores heróis brasileiros, que através da sua luta a frente do quilombo dos palmares, demostrou ser possível viver com dignidade. 

O conjunto na época foi dividido em 07 quadras residencial, uma área comercial, uma área verde, uma área industrial, com 196 casas, com lote de 10x20 com 35 metros construído, as casas são de 4 compartimentos dividido em sala, quarto, cozinha e banheiro e com os nomes das ruas homenageando heróis populares.



quinta-feira, 24 de abril de 2014

Dois assaltantes morrem em confronto com policiais na avenida 14 do Maiobão.

]

Assaltante morto.
Um confronto agora a tarde entre assaltantes e policiais da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) resultou na morte de dois bandidos, um terceiro ficou ferido e outro foi preso. 

O tiroteio ocorreu na Avenida 14 do Maiobão, município de Paço do Lumiar. Próximo a faculdade IESF, o carro dos assaltantes ficou crivado de bala. 

Os quatro bandidos tomaram de assaltam um veículo Ford Fiesta, na manhã desta quinta-feira (24), próximo ao cemitério Jardim da Paz. 

Com o veículo eles roubaram pelo menos três estabelecimentos comerciais na região. A polícia foi acionada e conseguiu monitorar a quadrilha. 

Durante abordagem policial, os bandidos não pararam e iniciou uma perseguição. Os criminosos acabaram chocando o veículo em um poste na Avenida 14, do Maiobão. Eles desceram do carro e trocaram tiros com a polícia. 
O carro roubado que os  assaltantes vinham conduzindo ficou cravado de bala.


Na ocasião, dois morreram, um foi preso e o outro foi baleado e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento do Araçagy. O assaltante preso foi identificado como Rogério da Luz Ferreira. Ele está sendo encaminhado para à sede da SEIC, no Bairro de Fátima.
Veja as outras fotos


[Via Rilton Silva]

CONFUSÃO E BAIXARIA marca pré-candidatura de EDINHO LOBÃO



A própria coordenação da campanha foi barrada na porta do auditório da Assembléia Legislativa. Num tom de muita baixaria e palavrões o pré-candidato da Oligarquia que domina o Maranhão há 50 anos, continua afirmando que o Maranhão está rico - ISSO É UMA VERGONHA!

Em São Luís do Maranhão, 40 internos de Pedrinhas não retornam da saída de Páscoa

Aliny Gama
Do UOL, em Maceió24/04/201412h51

A Corregedoria de Geral de Justiça do Maranhão contabilizou, nesta quinta-feira (24), que 40 detentos no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, localizado em São Luís, não retornaram da saída temporária da Páscoa e já são considerados foragidos.

O complexo de Pedrinhas vem passando por uma crise devido ao domínio de facções criminosas, que foi intensificada em janeiro deste ano. O local está sob segurança da Polícia Militar e da Força de Segurança Nacional desde o último dia 27 de dezembro.

Dos 230 presos que foram beneficiados com a saída temporária da Páscoa na capital maranhense, no último dia 15, ao todo 47 não retornaram aos presídios --sendo 40 ingressos do complexo de Pedrinhas. O prazo para o retorno dos beneficiados se esgotou às 18h da última segunda-feira (21).
Ampliar


UOL entra no complexo penitenciário de Pedrinhas14 fotos10 / 14
10.jan.2014 - Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa se dirige às dependências do (Centro de Detenção Provisória) de Pedrinhas, em São Luís do Maranhão Leia mais Beto Macário/UOL

Segundo a corregedoria, 32 eram internos da Penitenciária de Pedrinhas, quatro do CDP (Centro de Detenção Provisória) e quatro da Penitenciária São Luís 2.

Ainda três reeducandos da UPR (Unidade Prisional de Ressocialização) do Olho D'Água, dois da UPR do Monte Castelo e dois apenados do CCPJ (Centro de Custódia de Presos de Justiça) do Anil integram a relação dos foragidos.

A juíza titular da 1ª Vara de Execuções Penais da capital, Ana Maria Almeida Vieira, informou que está de posse da relação dos presos e que as providências para a expedição do mandado de prisão dos presos já estão sendo tomadas nesta quinta-feira.

Os nomes dos presos não foram divulgados.

A saída temporária dos presos em São Luís foi expedida pela própria juíza Vieira, em conjunto com a auxiliar Sara Fernanda Gama.
Segundo as magistradas, o benefício foi baseado na LEP (Lei de Execuções Penais), artigos 122 a 125, que diz que a autorização pode ser dada quando o preso cumpre os seguintes requisitos: "comportamento adequado; cumprimento mínimo de um sexto da pena, se o condenado for primário, e um quarto, se reincidente; compatibilidade do benefício com os objetivos da pena".

Fugas e mortes

Somente nos últimos 30 dias, foram registradas as fugas de 17 presos de unidades do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Na última segunda-feira três presos do CDP de Pedrinhas fugiram por um túnel escavado na cela de número 13, do pavilhão Delta. Um deles foi recapturado.

Este ano já foram registradas 12 mortes de internos nos presídios do Maranhão. Sete deles ocorreram em Pedrinhas.

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Sem apoio de Sarney, Edinho reivindica herança da família

dot Sem apoio de Sarney, Edinho reivindica herança da família
foto 11 Sem apoio de Sarney, Edinho reivindica herança da família
A grande ausência do evento de confirmaria a pré-candidatura de Edinho Lobão (PMDB) ao governo do Maranhão foi a do ex-presidente da República José Sarney. O patriarca do grupo não esteve presente nem no aeroporto nem na Assembleia Legislativa, prolongando o silêncio sobre a pretensão de Edinho em querer completar os 50 anos de sarneysismo no Maranhão.

Em seu discurso, Edinho chorou ao voltar a declarar que Roseana é sua “irmã” e que “louco seria o candidato a governador” que não ouvisse Roseana. Completou afirmando que “não se vergonha de Sarney”.
Com ou sem vergonha do patriarca, Edinho continua sem a benção pública que até Luís Fernando, agora tratado como um não-candidato, teve direito.

Flávio Dino lança 53 propostas por um “Maranhão de Todos Nós”


DSC6918 Flávio Dino lança 53 propostas por um “Maranhão de Todos Nós”
Flávio Dino e Roberto Rocha, coordenadores do Diálogos, apresentam propostas
Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (23), o pré-candidato a governador do Estado, Flávio Dino (PCdoB) apresentou 53 Propostas para um Maranhão com Desenvolvimento e Justiça Social. As diretrizes destacam ações nas áreas da Saúde, Educação, Saneamento, Segurança e Moradia. Mais Médicos Maranhão, rede estadual de ensino profissionalizante, Pacto pela Vida, Minha Casa Meu Maranhão e Água para Todos são alguns dos programas propostos a partir do Diálogos pelo Maranhão.
Na área da Educação, o programa discute a criação de universidades estaduais regionalizadas, com ampliação do número de vagas, orçamento próprio e autonomia administrativa. O investimento em educação profissional também está entre as prioridades do programa, que vai atuar em articulação com as unidades do Instituto Federal (IFMA) e do Sistema S, hoje em funcionamento em todas as regiões do Estado.
Flávio Dino defende o cumprimento do direito a uma saúde digna a todos os maranhenses. Ele destaca que hoje o Maranhão possui o menor número de médicos por habitante e o menor investimento proporcional em atenção básica do Brasil. A melhoria da oferta dos serviços de saúde perpassa o acesso à água, saneamento e habitação do Brasil.
Para isso, defende o “Água para Todos” e o “Mais Médicos Maranhão. O primeiro é uma garantia de água e banheiro na casa de todos os maranhenses. O Atlas do Desenvolvimento Humano 2013 (PNUD e IPEA) aponta que somente metade da população maranhense vive em casas com água encanada e banheiro. Para os municípios não atendidos pela CAEMA, serão feitos convênios com o governo do estado.
Já o “Mais Médicos Maranhão” vem com a finalidade de combater o déficit de profissionais no Estado, pior relação do país, com 0,7 médicos para cada 1.000 habitantes. A ideia é complementar o programa nacional com a articulação e parceria com a Universidade Federal do Maranhão, criar mais um curso de Medicina na Universidade Estadual do Maranhão, em região não atendida pelos cursos existentes e; implantar carreira de Estado para os médicos, similar a dos juízes, garantindo presença de profissionais em todas as regiões, estabilidade, remuneração adequada e promoções por mérito.
Para estabelecer um novo modelo de governança da segurança pública no Estado com instituição de metas para redução de crimes, Dino defende o “Pacto Pela Vida”. A proposta é de articular as políticas de prevenção e repressão ao crime, numa ação conjunta entre governo e comunidade, envolvendo o Poder Judiciário, o Ministério Público, a Defensoria Pública, a Assembleia Legislativa, os municípios e a União.
O direito à moradia será assegurado através do “Minha Casa, Meu Maranhão”, em parceria com o Governo Federal para construção de casas, com a meta de reformar ou construir 200 mil unidades habitacionais no Maranhão.
Para diminuir as desigualdades sociais no Maranhão, Flávio defende uma política moderna e transformadora. Ele destaca as condições do estado, com recursos naturais, posicionamento geográfico estratégico, múltiplas vocações econômicas, energia, água abundante, terras férteis, belas paisagens, enorme potencial turístico e diversidade cultural.
Para isso, a proposta de governo traz a reestruturação de todo o sistema administrativo de apoio e assistência técnica à agricultura familiar, com destaque à Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão – AGERP e ao ITERMA. O quadro técnico desses órgãos será ampliado e incentivado. Esses órgãos passarão a ser vinculados à Secretaria da Agricultura Familiar, que será criada e terá orçamento crescente ano a ano, de acordo com o crescimento da produção do setor.
Também para investir no desenvolvimento econômico do estado, Flávio defende a ampliação do benefício fiscal de dispensa parcial do pagamento do saldo devedor do ICMS para até 95%, nos casos de indústrias classificadas como de alta relevância para o desenvolvimento do Maranhão (por exemplo, agroindústrias) ou estabelecidas em municípios com baixo IDH.
Como política de governo, a Proposta por um Maranhão de Todos Nós defende a criação da Secretaria de Transparência e Combate à Corrupção, com remanejamento de cargos do Gabinete do Governador e da Casa Civil. A Secretaria irá realizar o controle interno da administração, garantir o cumprimento da Lei de Acesso à Informação, apurar denúncias contra áreas do governo e fiscalizar a execução das despesas públicas, inclusive as realizadas mediante convênios. Além disso, sob a coordenação da Secretaria de Planejamento, um sistema de metas de desempenho para todas as áreas de governo. As metas serão públicas e fiscalizadas pela sociedade.

terça-feira, 22 de abril de 2014

Amanhã [23] Quarta tem o lançamento das Propostas para um Maranhão de Todos Nós - Flávio Dino

O pré-candidato ao Governo do Estado, Flávio Dino (PCdoB) lançará na próxima quarta-feira(23) um documento com as “Propostas para um Maranhão de todos nós”, que serão as diretrizes para a elaboração do programa de governo. A apresentação será a partir das 11h, no hotel Ponta d’Areia (Avenida dos Holandeses, Quadra XIII, s/n, Ponta d’Areia), durante coletiva com a imprensa.

O documento foi construído a partir da participação popular, por meio dos eventos dos "Diálogos pelo Maranhão", “Diálogos Programáticos” e "Plenárias Setoriais”. A construção das diretrizes para a elaboração do programa de governo teve a participação de movimentos sociais, lideranças religiosas, sindicais, empresariais e políticas.


A partir de quarta-feira, o documento ficará disponível no site Diálogos pelo Maranhão (www.dialogospelomaranhao.com.br) para contribuições da população.

Quando: Quarta (23), às 11h

Onde: Hotel Ponta D`Areia, Av. dos Holandeses, Quadra XIII, São Luís


ESTADO MAIOR - 22/04/2014

Preparando a chegada


É forte a movimentação nos bastidores da aliança liderada pela governadora Roseana Sarney (PMDB) com o objetivo de preparar a agenda política que marcará o retorno do pré-candidato a governador, senador Lobão Filho (PMDB), a São Luís. O desembarque dele está previsto para o início da tarde de amanhã. Logo após o desembarque no aeroporto do Tirirical, onde será recebido pelos principais líderes da coligação, Lobão Filho seguirá para a Assembleia Legislativa. Ali, o senador será recebido por deputados, prefeitos, vereadores e lideres da aliança partidária, aos quais deve confirmar sua pré-candidatura. A reunião não terá o caráter de lançamento, mas no meio político a chegada de Lobão Filho funcionará como uma espécie de largada informal da sua corrida do Governo do Estado. Isso porque logo em seguida ele iniciará uma maratona de incursões por todas as regiões do estado. Sua primeira escala será em Imperatriz, o segundo maior colégio eleitoral do Maranhão. Desde que foi escolhido e aceitou ser o candidato a governador pela aliança partidária liderada pela governadora Roseana Sarney, Lobão Filho tem dedicado quase todo o seu tempo a conversas e contatos políticos. O mais importante deles aconteceu na semana passada, em São Paulo, onde ele foi recebido pelo ex-presidente Lula, que declarou apoio incondicional à sua candidatura. É grande o entusiasmo nos partidos da aliança com a pré-candidatura do senador Lobão Filho.

Passos


Uma reunião de cúpula foi realizada ontem para definir os primeiros passos do senador Lobão Filho como pré-candidato a governador a partir do seu retorno a São Luís. Conversaram a governadora Roseana Sarney, o ministro Edison Lobão, o senador João Alberto, o deputado federal Sarney Filho (PV) e o deputado estadual Roberto Costa. Após a reunião na Assembleia Legislativa, amanhã, Lobão Filho visitará a governadora Roseana Sarney.

Animação


Sozinho e quase anônimo, o senador João Alberto incursionou ontem por vários bairros de São Luís. Voltou para casa impressionado com o que ouviu em relação à candidatura do senador Lobão Filho ao Governo do Estado. - Nossos amigos estão animados, principalmente porque ele é jovem e tem garra. A candidatura deve crescer muito em São Luís - avaliou.

Ampliando


O senador Lobão Filho está mesmo decidido a abrir diálogo com as lideranças do PR e do PP no Maranhão. Os dois partidos integraram a base do governo Roseana Sarney até 2012, mas saíram por causa das eleições municipais daquele ano. Mas nenhuma das duas legendas ainda definiu que rumo tomará nas eleições de outubro.

O que mudou?


Declaração de Flávio Dino em novembro do ano passado, quando o PSDB reclamava de seus ataques ao partido: "Não vou mudar uma linha dos meus ideais só para vencer a eleição". Declaração do mesmo Flávio Dino, agora, que resolveu apoiar o senador Aécio Neves (PSDB) para presidente: "Não dá para vencer um império de 49 anos com exclusivismos e suposta pureza". Perguntar não ofende: mudou a política ou mudou Flávio Dino?

Outro lado


Apesar da insistência com que o prefeito Edivaldo Júnior defende o apoio ao PCdoB, o PTC deverá coligar mesmo com o PPL para as eleições de outubro. A aliança com o partido do médico Zeluís Lago, irmão do ex-governador Jackson Lago (PDT), é a desculpa que o pai do prefeito, Edivaldo Holanda, tem para se afastar de Flávio Dino. O ex-deputado fez constar em ata a aliança com o PPL, e há meses não conversa com membros da oposição.

Vem aí


O presidente nacional do PSB e pré-candidato à Presidência da República Eduardo Campos chega sábado ao Maranhão. Ele desembarcará em Balsas para o lançamento da pré-candidatura de Roberto Rocha ao Senado. Quase certo que Eduardo Campos aproveitará a visita a Valsas para passar também em Timon, cujo prefeito Luciano Leitoa é do PSB.

Encrenca


Ao confirmar o apoio da cúpula ao projeto senatorial de Roberto Rocha, Eduardo Campos espera resolver uma guerra fratricida dentro do braço maranhense do seu partido. Tentará acalmar o clima de beligerância entre Rocha e o ex-governador JR Tavares, que o odeia e faz de tudo para minar a sua candidatura. Há quem diga que Campos pode até dar um puxão de orelhas no ex-governador.

Cobrança


Eduardo Campos também chamará o comunista Flávio Dino para cobrar-lhe o cumprimento do acordo do PCdoB com o PSB. Nesse acordo, os socialistas comporiam em 2012 com o projeto de Dino para Prefeitura de São Luís em troca da vaga de senador na chapa dos comunistas. Com a chegada do PSDB, esse acordo tem a possibilidade de cair.

Vai junto


O senador João Alberto (PMDB) revelou ontem que pretende acompanhar Lobão Filho na primeira incursão dele ao interior do estado. Lobão já adiantou que pretende visitar a Região Tocantina e se reunir com o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB). - Farei de tudo para poder acompanhá-lo nessa viagem - disse o presidente do PMDB.

Convida?


Depois do feriado prolongado da Semana Santa, os vereadores de São Luís discutirão se devem ou não convidar o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros. Querem que ele esclareça quais são os projetos emergenciais devem ser colocados em prática até o fim deste primeiro semestre. Para o presidente da Comissão de Transportes da Casa, Fábio Câmara (PMDB), a exposição do secretário deve mostrar a viabilidade ou não dos projetos.

E MAIS


É provável que o PTB proponha à aliança partidária, se não um candidato a senador, pelo menos um nome de expressão para ser suplente.

Roberto Rocha está tentando consolidar sua candidatura ao Senado usando o horário do PSB no rádio e na TV para fazer campanha subliminar.

O deputado peemedebista Roberto Costa vai integrar o núcleo básico de coordenação da campanha do senador Lobão Filho ao Governo do Estado.

Impressiona o entusiasmo do deputado Jota Pinto com o PEN, que, segundo ele, vai disputar as eleições proporcionais com chapa formada por candidatos fortes.

A deputada Eliziane Gama (PPS) avisa que continua candidata ao Governo do Estado. Então, tá.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Morre Irmão de MC Gui. "Ele tomou energéticos em excesso", diz pai

Gustavo - Gui

Gustavo Castanheira, de 17 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (21)
Gustavo Castanheira, de 17 anos, um dos irmãos mais velhos do funkeiro MC Gui, que morreu na madrugada desta segunda-feira (21), em decorrência de um infarto fulminante, consumiu energéticos em excesso antes de passar mal.

A informação foi confirmada pelos pais do rapaz, Rogério da Silva Alves e Cláudia Alves, em entrevista ao jornal Cidade Alerta, da Rede Record. Ainda segundo eles, Gustavo se queixou de dores musculares e passou mal após um show na última sexta-feira (18). "Os médicos ainda não falaram nada. O que a gente sabe é que ele consumiu energéticos em excesso antes de passar mal. A gente não sabe", disse Rogério, ao jornalista Marcelo Rezende.

Segundo os pais, Gustavo reclamou de dores duas vezes durante a semana, mas melhorou de forma rápida. O jovem chegou a ser encaminhado para um hospital público na madrugada desta segunda-feira (21), mas não resistiu. O corpo está no IML esperando o resultado da necropsia para confirmar a causa da morte. Rogério da Silva Alves contou o que aconteceu nos últimos momentos de vida do filho.

— Ele chegou a dizer que estava se sentindo melhor, mas logo depois, quando saiu de casa para encontrar com Gui que voltava de shows no interior, ele voltou a passar mal, desmaiou e já chegou sem vida ao hospital. Para o médico Nabil Gorayeb, do Instituto do Coração, também em entrevista ao jornalista Marcelo Rezende, o uso abusivo de substâncias que aceleram o funcionamento do organismo, em excesso, pode provocar dores atípicas no peito e arritmia cardíaca.

— O que nós vemos é uma situação incomum. Se o organismo do indivíduo é sensível à arritmia, pode levar a uma parada cardíaca.

O velório, aberto ao público, acontece a partir das 19h no cemitério da Vila Alpina, na Avenida Francisco Falconi, 83, Zona Leste de São Paulo. O enterro está marcado para esta terça, às 9h, no mesmo local.

Definições sem traumas - Grupo Sarney

O Estado


Enquanto a oposição se engalfinha pelas vagas de candidato a vice-governador e de candidato a senador, o grupo liderado pela governadora Roseana Sarney (PMDB) garante ao pré-candidato a governador senador Lobão Filho (PMDB) a tranquilidade de não ter de entrar na bola dividida de ter de fazer escolhas complicadas para as duas vagas. Desde as primeiras conversas acerca do processo eleitoral, ficou definido, com toda clareza e sem possibilidade de reversão, que a vaga de candidato a vice-governador seria do PT e que a vaga de candidato a senador seria de qualquer outro partido que integra a coligação, a começar pelo PMDB. No caso da corrida senatorial, vale a viabilidade do aspirante. No caso do candidato a vice-governador, o PT tem a responsabilidade e o compromisso de fazer a indicação. Os demais partidos não se envolvem nesta escolha, por se tratar de um assunto interno da legenda petista. Ali, vários nomes já foram cogitados, mas, depois de uma série de movimentos internos, três saíram com cacife para pleitear a vaga: o deputado estadual José Carlos, o ex-secretário José Costa (Ciência e Tecnologia) e o ex-secretário José Antonio Heluy (Trabalho e Economia Solidária). No momento não há como mensurar o cacife de cada um. Já no que respeita ao Senado, a coluna mantém o que vem publicando há semanas: a vaga está entre o deputado federal e ex-ministro do Turismo Gastão Vieira e o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa Arnaldo Melo, ambos do PMDB. Há também a possibilidade de uma indicação do PTB, a partir de reivindicação feita por líderes petebistas sob o argumento de que a vaga está com o partido, representado pelo senador Epitácio Cafeteira. É cedo para arriscar um palpite sobre quem será o candidato a vice-governador ou quem vai disputar a senatoria na chapa de Lobão Filho, mas se pode afirmar que os dois candidatos sairão dessas listas.

Errado


Reportagem política publicada ontem pelo jornal Folha de S. Paulo dá o Maranhão como área indefinida no que diz respeito à posição do ex-presidente Lula. Errou feio, porque Lula já declarou apoio incondicional ao peemedebista Lobão Filho e orientou o PT no sentido de que reedite a aliança de 2010. E ainda criticou a corrida do comunista Flávio Dino atrás de presidenciáveis adversários da presidente Dilma Rousseff.

Rebateu


O vice-prefeito de São Luís e pré-candidato ao Senado, Roberto Rocha (PSB), não reagiu à intenção do PSDB de lançar João Castelo ao Senado. O PSDB aliou-se a Flávio Dino (PCdoB) com a garantia de que poderá lançar Castelo ao Legislativo. SegundoRocha, apesar do tamanho e da importância dos tucanos, não há mais o que se discutir em relação à vaga.

Legenda


Na semana passada, a deputada estadual Gardênia Castelo (PSDB) revelou que o ex-prefeito João Castelo tem a intenção de disputar o Senado. E disse que o tucano não está nem um pouco preocupado com o acordo na oposição que garante a candidatura de Roberto Rocha pela chapa de Flávio Dino. - Para ser candidato ao Senado, Castelo precisa tão somente da legenda do partido, independentemente de qualquer outra coisa -, alertou.

Apoio


Além de contar com o apoio e legenda do PSDB para disputar o Senado, Castelo conta com forte articulação de José Reinaldo Tavares (PSB), desafeto de Roberto Rocha. É Tavares quem estimula Castelo a disputar a eleição para o Legislativo, com a garantia de base eleitoral para o tucano. Uma eventual candidatura de Castelo dificultaria bastante a eleição Rocha, que até então navegava como candidato único pela oposição.

Rediscussão


Os partidos que compõem a base de apoio a Flávio Dino (PCdoB) se reunirão esta semana para rediscutir a formação da chapa do comunista. O PSDB entrou no jogo com a exigência de indicar o candidato a vice-governador na chapa comunista. Com isso, o PDT, que até então tinha garantido o espaço, deve ficar de fora. A reunião, que já contará com membros do PSDB, abre nova crise no seio oposicionista.

Não serve


A turma da oposição festejou o fato de o petista tarso Genro, governador do Rio Grande do Sul, ter dito que no Maranhão votaria no comunista Flávio Dino. Genro é tão estranho que tem dentro de casa uma filha, Luciana Genro, que não reza na cartilha política dele – há quem diga até que ela não votou nele para governador. E depois, quem tem Dilma e Lula não precisa de um Genro chato.

PSDB também


Mas a vida de Roberto Rocha não é fácil também no próprio PSDB, partido que dirigiu por vários anos. Os tucanos se ressentem do fato de o agora socialista ter deixado a legenda às vésperas da eleição municipal de 2012 para montar palanque exatamente contra um tucano. Por causa disso, o PSDB entende que não tem obrigação alguma de apoiá-lo como candidato a senador.

Incrível!


Se as declarações do ex-deputado Julião Amim valerem como regra, o PDT está dando os últimos suspiros como partido político. Amim aceita que o comunista Flávio Dino esnobe a indicação do PDT para vice – o empresário balsense Márcio Honaiser – e dê a vaga ao tucano Carlos Brandão. Acha que o partido tem de engolir a espinha e ainda comemorar.

Janelas


As inserções partidárias no radio e na TV têm servido para dar visibilidade aos líderes das legendas. O ex-secretário estadual de fazenda, Cláudio Trinchão, que comanda o PSD no estado e é candidato a deputado federal tem protagonizado a campanha de filiação do partido. Já o deputado federal Cléber Verde tem mostrado as ações do PR no Maranhão, principalmente no campo da pesca.

Não deu


Bem posicionada nas eleições de 2012 e com potencial para uma campanha importante em 2014, a deputada Eliziane Gama (PPS) acabou tropeçando. Ela negociou com tantas frentes e vislumbrou tantas alternativas para viabilizar sua candidatura ao governo que se perdeu no emaranhado. Agora, mesmo não admitindo, estaria examinando a possibilidade de disputar o Senado. Será?!

E MAIS


O deputado Jota Pinto (PEN) parabeniza a governadora Roseana Sarney pelo Restaurante Popular, a seu ver um programa de largo alcance social.

Em tempo: cada uma das seis unidades do Restaurante Popular de São Luís fornece mil refeições por dia, a R$ 1,00, de segunda a sexta-feira.

Presidida pela deputada Eliziane Gama, a Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa visitará os lixões existentes na Ilha de São Luís.

O deputado Antônio Pereira (DEM) comemora o início dos serviços de recuperação dos 125 quilômetros da MA-006, no trecho de Arame a Grajaú.

Tudo indica ser verdadeira a informação segundo a qual o médico Zéluis Lago vai mesmo disputar o Governo pelo PPL.

Márcio Jerry: “Nosso palanque é organizado de baixo pra cima e não o contrário.’’


Via Maranhão 247

O presidente estadual do PCdoB/Maranhão, Márcio Jerry, reafirmou que o partido continuará buscando novos aliados para a coalizão partidária que tem Flávio Dino como postulante ao governo do estado. Ele espera que além da confirmação do PSDB, o PPS também se integre ao que está sendo chamado de “Partido do Maranhão”. “Nosso e
sforço é em compor uma frente do tamanho do desejo de mudança, ou seja, uma frente ampla formada por todos os que querem mudar o Maranhão”, declarou.
Na terça-feira, 15, Dino foi recebido em Brasília pelo presidenciável tucano Aécio Neves, que anunciou a disposição do partido em participar da coligação que faz oposição ao grupo Sarney. O PSDB reivindica presença na chapa majoritária, provavelmente indicando o candidato a vice-governador. O PDT também reivindica a vaga de vice.

O dirigente comunista revelou que tem se reunido com a presidente do PPS, deputada Eliziane Gama, buscando acertar o ingresso dela na coalizão oposicionista. Inicialmente pré-candidata ao governo do estado, a deputada já emite sinais claros de que pode declinar em prol de Flávio Dino para unificar o palanque oposicionista.

Sobre a montagem final da chapa, Jerry disse estar tranquilo e confiante na maturidade dos dirigentes partidários. “Todos nós avaliamos que venceremos se nos mantivermos unidos e é isso o que o nosso povo deseja”, disse. “Vamos nos sentar à mesma mesa e definir tudo de forma transparente, democrática, construindo convergências em torno do interesse do povo maranhense que quer promover a alternância e pôr fim a esse longo ciclo político que empobreceu nosso estado”, completou.

Presidenciáveis – A presença de partidos com diferentes candidaturas presidenciáveis foi tratada por Jerry com naturalidade. Ele diz que em todo o país haverá palanques estaduais com mais de uma candidatura presidencial. “No bloco que apoia Flávio Dino temos cinco partidos que votam na reeleição da presidente Dilma, dois estão com Aécio e um com Eduardo Campos. Nosso palanque é organizado de baixo pra cima e não o contrário”, explicou.

Roseana Sarney receberá Lobão Filho em Palácio para discutir campanha

Encontro provavelmente ocorrerá na quinta-feira, um dia depois do desembarque do candidato a governador na capital.

20/04/2014 20h52 - Atualizado em 20/04/2014 20h54
Foto: Divulgação
A governadora Roseana Sarney (PMDB) receberá nesta semana, no Palácio dos Leões, o senador e pré-candidato ao Governo do Maranhão Lobão Filho (PMDB). O peemedebista desembarca em São Luís na quarta-feira para dar início a sua corrida rumo à eleição de outubro. Ele participará no mesmo dia de ato político com vereadores, prefeitos, vice-prefeitos, deputados estaduais e federais e correligionários em ato político na Assembleia Legislativa. O encontro com a governadora e líder política do grupo deve ocorrer no dia seguinte, quinta-feira, segundo previsão do próprio Governo.
Lobão Filho foi escolhido pré-candidato do PMDB logo após a desistência do ex-secretário deestado da Infraestrutura Luis Fernando Silva (PMDB) de disputar a eleição para o Executivo. Aescolha do grupo pelo seu nome partiu de uma indicação da governadora, que na semana passada afirmou estar "confirmadíssima" a pré-candidatura do senador.
No encontro entre os dois, já confirmado a O Estado pelo pré-candidato e pela Secretaria de Comunicação do Governo do Maranhão (Secom), Roseana reafirmará apoio ao senador e discutirá plano político para a eleição.
Um dos pontos a ser discutido diz respeito a como se dará a movimentação do grupo na Região Tocantina. Lobão Filho já garantiu que a sua primeira incursão no interior do estado será para os municípios que a compõem. Ele quer o apoio do prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB), e buscará a ajuda de Roseana na intermediação do diálogo.
Otimismo - Na semana passada, Lobão Filho afirmou estar otimista e entusiasmado com a movimentação do grupo político em torno do projeto de pré-candidatura. Ele também disse aguardar com expectativa o seu desembarque na capital, tendo em vista o início da corrida política para a eleição.
Confirmou que será recebido pela governadora Roseana Sarney e que ficou feliz com o apoio da líder política do grupo ao seu nome. "Conversei com a governadora durante esses dias apenas por telefone, e recebi exatamente dela a missão de representar o grupo nesta eleição. Com a minha ida a São Luís, sentaremos juntos para discutir o assunto", afirmou.
Logo após o encontro com a governadora do Estado, Lobão Filho iniciará uma série de reuniões políticas, na quinta e sexta-feira, com líderes partidários, correligionários e prefeitos do interior do estado.
"Será o momento de sentir a classe política. Sentir o momento político no estado. Vou aproveitar para traçar estratégias e seguir forte, em unidade com o nosso grupo político, para a eleição. Caminharemos juntos", afirmou.

Ato político marcará início de corrida eleitoral no MA

PMDB receberá seu candidato, que chega a São Luís quarta-feira, para iniciar campanha.
A direção estadual do PMDB prepara para quarta-feira ato político para receber em São Luís o senador e pré-candidato ao Governo do Maranhão Lobão Filho (PMDB). O encontro deverá ocorrer na Assembleia Legislativa e reunirá vereadores, prefeitos, vice-prefeitos de todo o estado, além de deputados federais, estaduais e correligionários. O ato será coordenado pelo senador João Alberto de Souza e pelas lideranças do partido na Assembleia Legislativa.
"Logo após o meu desembarque, seguirei para a Assembleia Legislativa, onde ocorrerá um grande ato cívico de nosso grupo. Ouvirei lideranças políticas, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, deputados estaduais e federais e correligionários sobre a perspectiva que cada um tem em torno desta candidatura. O ato também servirá para mostrar a unidade de nosso grupo político, que sem dúvida alguma chega forte para esta eleição", disse.
Depois do encontro, Lobão Filho receberá lideranças de forma reservada para discutir articulação política de sua pré-candidatura. A série de reuniões ocorrerá até o próximo fim de semana. Ele ainda não agendou a primeira visita ao interior do estado.
O deputado estadual e presidente municipal do PMDB, Roberto Costa, falou sobre a expectativa do grupo em relação à candidatura de Lobão Filho.
"É um nome qualificado, um senador da república escolhido para representar o grupo. Chega forte, com o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e abraçado por todo o grupo para vencer a eleição em outubro", disse.
Costa afirmou que escolha do grupo para a eleição foi acertada e assegurou unidade da base governista na Assembleia Legislativa em torno do nome do senador. "Não há qualquer divergência no grupo em relação a Lobão Filho. O nome é consenso do grupo e agrada a base do governo na Assembleia. Estaremos todos num mesmo palanque", finalizou.

Mais

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB), está na capital desde o fim de semana. Ele aproveitou o feriado da Semana Santa para fazer ligações e articular apoio político ao senador Lobão Filho (PMDB), que desembarca em São Luís apenas na quarta-feira. O ministro deve permanecer no estado até a quarta-feira, quando participará do ato político que marcará o início da corrida eleitoral do grupo.