quarta-feira, 16 de julho de 2014

Provas desmontam farsa: vídeo de Suplicy apoiando Flávio foi gravado este ano


O PCdoB reagiu à entrevista coletiva desta quarta-feira em que o candidato Edinho Lobão (PMDB) acusou a coligação Todos Pelo Maranhão de criar um factóide ao usar um vídeo em que o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) declara apoio a Flávio Dino para o governo do Maranhão. Edinho afirmou que o vídeo é de 2010. Mas o PCdoB reuniu provas para mostrar que a gravação é mesmo deste ano.

Veja abaixo a nota do PCdoB e o material que prova a data e a autenticidade do vídeo:

Provas desmontam farsa: vídeo de Suplicy apoiando Flávio foi gravado este ano

O candidato Edinho Lobão (PMDB) chamou uma entrevista coletiva nesta quarta-feira (16/jul) para acusar a coligação Todos pelo Maranhão de usar como “factóide” o vídeo em que o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) declara apoio a Flávio Dino para o governo do Maranhão. O candidato da família Sarney afirmou que o vídeo havia sido gravado em 2010 e não em 2014, como anunciado, pela coligação. No entanto, há provas materiais que mostram justamente o contrário. Um vídeo, uma foto e uma assinatura de Suplicy são a prova cabal de que a coligação Todos pelo Maranhão está ao lado da verdade. Veja a seguir.



O vídeo foi gravado no dia 24 de junho deste ano. Nele, Suplicy é explícito: “Minhas caras amigas e amigos do Estado do Maranhão, é com muita alegria que eu quero dar o meu testemunho sobre a seriedade e capacidade do Flávio Dino para vocês o elegerem governador do Estado do Maranhão”.

Na sequencia, ele recomenda o voto em Márcio Jardim para deputado federal e diz o número do candidato: 1365. É mais uma prova de que o vídeo se referiu explicitamente às eleições atuais, uma vez que na disputa passada Jardim tinha como número o 1313.

Autógrafo com o dia da gravação

Além da declaração indicar que a gravação é deste ano, há fotos de Suplicy ao lado de Márcio Jardim, com o senador usando a mesma roupa e o mesmo fundo em que aparece no vídeo. Na foto (em anexo), Suplicy entrega a Jardim uma cópia de seu livro Renda de Cidadania – A Saída é Pela Porta. Em outra foto (também em anexo), está a data da dedicatória: 24/jun/2014.


Veja vídeo:

Sem comentários:

Enviar um comentário