quinta-feira, 26 de junho de 2014

NÃO SABE PERDER! Leonardo Bruno é acusado pelos vereadores de coagir os funcionários e de sumir com documentos da Câmara Municipal de Paço do Lumniar


Alderico Campos relata que o livro de Registro de Protocolo da Câmara Municipal sumiu. "Eu acho que foi o presidente". Os funcionários se esquivam da afirmação. "A gente não pode afirmar nada!". 

Campos diz que "vamos ter que começar o protocolo com o número 01. Tudo indica que nesse momento o documento está sendo montado. O presidente falou que o documento foi perdido. Os 15 vereadores que estavam presentes no dia de hoje [24], solicitaram o documento pra ler, ele se negou dizendo que o documento foi extraviado". 

Marcelo Portela diz que "desde o dia da eleição para o novo presidente, que os documentos estão sumindo. Tão tentando burlar uma eleição que foi chamada pelo presidente. Situações ridículas. O ofício de exoneração de Andre Costa lido pelo presidente também sumiu". 

Marinho foi enfático, ao classificar Leonardo Bruno. "Ele não está mais dando tiro no pé, ele está dando tiro na canela, é uma barbaridade o que ele está fazendo com essa casa, levando documento, levando carimbo, coagindo funcionário, coagindo diretoria enfim todo. Daqui pra frente nós vamos ter que trazer um chaveiro, daqui a pouco ele vai botar o segurança que ele trouxe tudinho no dia da eleição no dia 19, o que tá faltando é ele fazer uma barreira de jagunço e impedir que os vereadores entrem na casa do povo". 

Vanusa disse que "estamos sendo mal vistos por esse presidente que é até ano que vem. O cabeça disso é o presidente, com certeza". 




Sem comentários:

Enviar um comentário