Lobão Filho: um criminoso que quer ser governador do Maranhão
Lobão Filho: um criminoso que quer ser governador do Maranhão
O juiz federal da primeira vara criminal, Maurício Rios Júnior, condenou o senador Lobão Filho a 1 ano e 4 meses de prisão. A sentença foi prolatada em setembro de 2010, quando Lobão Filho havia retornado à condição de suplente de senador.
A sentença que condena Lobão Filho a cumprimento de pena de prisão foi decretada após denúncia do Ministério Público, apontando prática de crime previsto no art. 183 da Lei 9.472/97, a Lei de Telecomunicações.
A investigação criminal que culminou com a sentença condenatória de Lobão Filho foi iniciada em 1999 e tramitou na Justiça Federal do Maranhão, sendo encaminhada ao Supremo Tribunal Federal, quando Lobão Filho, então suplente, assumiu a vaga do pai, Edison Lobão, no Senado e passou a ter foro privilegiado. No Supremo, o caso de Lobão Filho chegou às mãos do Ministro Joaquim Barbosa, retornando à justiça do Maranhão no intervalo em que o pré-candidato do PMDB retornou à condição de suplente.
Para permanecer solto, Lobão Filho usou diversos recursos protelatórios. Como a investigação durou 11 anos, seus advogados pediram a prescrição do processo, pedido acatado pela justiça.
A prescrição do crime, no entanto, não significa a absolvição do réu Lobão Filho, significa apenas que ele conseguiu escapar da prisão, usando de artinhas jurídicas num país onde infelizmente a justiça ainda é muito lenta.
É claro que os meios de comunicação do Grupo Sarney e do próprio Lobão Filho entrarão em ação para tentar confundir a população, mas a sentença condenatória que coloca Lobão Filho na condição de criminoso é imutável. Lobão Filho é um foi condenado por ter cometido um crime, não há o que se discutir.
A descoberta da condenação do senador Lobão Filho pode acarretar outras consequências: A Lei de Ficha Limpa prevê que criminosos sejam impedidos de concorrer a cargos públicos. Resta saber se usando os mesmos recursos protelatórios, Lobão Filho conseguirá novamente escapar de punição.
O mais grave em tudo isso é que, sem preocupar-se com a condenação, Lobão Filho desafia a justiça e a própria sociedade maranhense ao ousar colocar-se na condição de pré-candidato ao governo do Maranhão.
Resta saber se a lentidão da justiça, que garante a impunidade a um criminoso julgado como tal, será repetida pela sociedade. Os maranhenses aceitarão que um criminoso condenado na justiça ouse continuar a sentir-se no direito de governar o nosso Estado?
Parte da sentença que  condena Lobão Filho por fraude na Lei de Telecomunicações.
Parte da sentença que condena Lobão Filho por fraude na Lei de Telecomunicações.
A opinião do povo:


Fui ao centro da cidade de São Luís, saber a opinião das pessoas, sobre essa condenação. Elas não aceitam tais divíduos, com essa postura, a frente das suas vidas. O povo diz não! Um bom sinal - está mais acordado do que nunca!



 "Se ele já foi condenado. Com certeza ele fará coisas erradas mais a frente."


"Eu não voto em candidato que não presta." 


"Se eu votasse em Edinho Lobão eu estaria compartilhando da safadeza dele." 


"Se ele fez a primeira vez, ele fará a segunda." 


"Edinho Lobão não vai fazer nada pelo povo se for governador do Estado."