quinta-feira, 29 de maio de 2014

Trabalhadores rodoviários adiam assembleia geral para esta tarde

Há três dias, categoria parou 100% da frota de ônibus da capital maranhense.

Imirante.com
29/05/2014 às 11h19 - Atualizado em 29/05/2014 às 11h31
Flora Dolores / O Estado
SÃO LUÍS – O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (Sttrema) adiou, para as 16h, a assembleia geral da categoria que estava marcada para esta manhã, na sede do sindicato, na rua Afonso Pena, Centro. A informação foi confirmada aoImirante.com pelo secretário-administrativo do Sttrema, Isaías Castelo Branco, que disse, à reportagem doImirante.com, que muitos dos trabalhadores não conseguiram chegar ao local, por falta de transporte.
Ontem (28), a segunda rodada de negociações entre trabalhadores e empresários do transporte urbano de São Luís chegou ao fim sem acordo. O Sttrema decidiu por manter 100% da frota fora de circulação. A audiência de conciliação do dissídio coletivo teve início às 17h, na sede do Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão (TRT-MA), na Areinha. Representantes do Sttrema, do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luís (SET), da Prefeitura de São Luís e do Ministério Público do Trabalho (MPT) participaram das discussões sobre as exigências dos trabalhadores.
Na reunião de terça-feira, na SMTT, os rodoviários propuseram reajuste salarial de 11%. Anteriormente, a categoria exigia aumento de 16% nos salários. Além disso, os trabalhadores pedem aumento no vale-alimentação para R$ 500, inclusão de dependente no plano de saúde e criação de plano odontológico.

Sem comentários:

Enviar um comentário