sexta-feira, 23 de maio de 2014

ASSEMBLEIA - Bira e Othelino elogiam pronunciamento feito pelo prefeito de São Luís

22/05/2014 15:04:49 - Waldemar Ter / Agência Assembleia

 Os deputados Bira do Pindaré (PSB) e Othelino Neto (PCdoB) elogiaram, na sessão desta quinta-feira (22), as medidas anunciadas pelo prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PSC), na quarta-feira (21), para enfrentar os problemas da capital causados pelas chuvas.

Os parlamentares disseram que no pronunciamento, além das medidas, o prefeito admitiu que a cidade enfrenta problemas e que deseja fazer parceria com o Governo do Estado e Governo Dilma. O primeiro que falou do assunto foi Bira do Pindaré.

“Reconheço que o prefeito tomou uma atitude correta ao ser transparente, reconhecendo as dificuldades que a cidade atravessa e também as dificuldades que a Prefeitura atravessa, sobretudo, dificuldades financeiras e, ao mesmo tempo sendo claro, ao pedir ajuda à Presidência da República e, sobretudo, à Governadora do Estado, Roseana Sarney”, afirmou o deputado do PSB.

De acordo com Bira, o Governo do Estado tem feito convênios com quase todos os municípios para pavimentação asfáltica e outros serviços, mas discrimina São Luís. “Não há um convênio sequer do Governo do Estado com a capital, que é a capital de todos os maranhenses, então eu entendo que em momentos como esse, em que a população atravessa duras dificuldades por conta das chuvas torrenciais que caíram em São Luís, é preciso haver um esforço conjunto, é preciso realmente haver uma parceira, uma ação solidária, independente das questões políticas que possamos ter, mas é preciso haver uma união de forças em favor dos interesses públicos, em favor da coletividade”, defendeu.

Depois foi a vez de o deputado Othelino Neto fazer pronunciamento na mesma linha e cobrar participação do Governo do Estrado, na resolução dos problemas da capital. “É melhor admitir as dificuldades do que tentar camuflá-las. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem a simplicidade e a humildade de reconhecer que enfrenta sérias dificuldades, sobretudo, pela crise financeira que enfrenta a Prefeitura. Ao passo em que ele diz que herdou dívidas, ele não está querendo jogar a culpa para outros, só não está assumindo responsabilidades que não são dele, ele não é o responsável pela dívida, mas é o responsável pela solução”, assegurou.

Sem comentários:

Enviar um comentário