sábado, 29 de março de 2014

#SÃO JOSÉ DE RIBAMAR - Prefeito de São José de Ribamar é entrevistado na Rádio Difusora-AM, programa Difusora em Debate com Laércio Júnior [2014]

O prefeito de São José de Ribamar - Gil Cutrim concedeu entrevista [28/03] ao Radialista Laércio Júnior da rádio Difusora-AM 680, Programa Difusora em Debate. Onde falou e respondeu as dúvidas dos moradores de São José de Ribamar.  Citou algumas localidades onde a prefeitura está atuando. "A Avenida Tancredo Neves está sendo reestruturada. Toda a sua extensão; da Ma - 201 até o Jardim Tropical. A Estrada da Mata, está com 60% dos trabalhos concluídos."

Destacou outras áreas de São José de Ribamar; Mata, Matinha, Cidade Alta. Falou que na próxima semana, no dia 05/04, as 10 hras, será assinada ordem de serviço, para trabalhos no Residencial Turiúba. Destacou ainda trabalhos que serão feitos em 10 ruas do Novo Cohatrac, em convênio com o Governo do Estado. Ainda, Alto do Itapiraco, Parque Araçagy e Cohabiano II.

CRÍTICAS

Sobre as críticas, mostrou-se tranquilo, relatando que são normais numa administração. Mas que tem umas que são positivas e outras negativas, pelo fato de nem todo mundo ser obrigado a 'gostar dele'. Citou como exemplo: "Se fazemos uma rua, as pessoas querem o quebra-mola; depois já vão reclamar que está tendo muito acidente, e assim por diante..."

JEITO DE TRABALHAR

Classifica-se como prefeito povão. Que olha nos olhos da população e não foge de explicações, e pressões da população. "Não devemos nada." disse Gil. detalhou que deve muito ao povo ribamarense pelo carinho que sempre teve com ele. Pretende fazer muito mais, reclamou da burocracia das administrações públicas, e do, segundo ele, curto tempo, que tem para fazer o que realmente precisa pela cidade; não deixou também, de ressaltar o relevante trabalho de Luís Fernando enquanto prefeito e secretário de Estado.

PROPAGANDA ENGANOSA?

Um ouvinte entrou no ar e falou que a administração de Gil Cutrim não passa de uma propaganda enganosa, que coloca placas de obras e depois elas somem. Mas que são publicadas na imprensa, pra dizer que o prefeito trabalha. O ouvinte citou como exemplo, placas na Maiobinha, na Rua João Damásio Pinheiro. "Tá só buraco e lama." Relatou o morador. 

Gil Cutrim chegou a desafiar, quem quer que seja, de isso seria verdade. Explicou que o grande problema da infraestrutura do Parque Vitória, seria a drenagem, o que acaba destruindo sempre a pavimentação. "A avenida vai ser duplicada." Afirmou o prefeito. Segundo o administrador de S.J.Ribamar, serão investidos 12 milhões na localidade. Ressaltou que as obras pararam devido a chuva mas que retomarão em breve, e que as licitações já estão em andamento.

O POVO NÃO TEM PACIÊNCIA!

Gil Cutrim falou que o povo não se sente feliz, na lama e na poeira. Isso depois que ouviu de moradores do Jardim Tropical toda a sua indignação. Um ouvinte de nome, André foi duro com o prefeito, disse que assim como ele pediu voto lá na comunidade, o mesmo deveria olhar mais por ela. 

"O Jardim Tropical tá abandonado, os carros estão andando na contra mão. Tá só cratera. Você tem secretários, tem vereadores, você não está só, como diz. Você ganhou voto aqui no jardim tropical." Disse o ouvinte.

Gil Cutrim respondeu: Que a comunidade não está esquecida, detalhou que a licitação já foi feita "o problema é que não podemos fazer esse trabalho durante o período das chuvas, já estamos atuando no Jardim Tropical, Vila Sarney Filho I." Segundo o prefeito, os problemas são de conhecimento da prefeitura, e os recursos são de origem de emenda parlamentar do Dep. Waldir Maranhão. O prefeito falou que tudo em administração pública necessita de planejamento, e isso causa falta de paciência na população. Relatou sua vontade de fazer muito mais do que, segundo ele, está sendo feito.

TAXA DE ILUMINAÇÃO

Moradores reclamam da taxa abusiva de iluminação em algumas comunidades de São José de Ribamar. Isso porque, eles reclamam que o serviço não está sendo de qualidade. Algumas ruas tem apenas um poste. Os moradores estavam desconfiados de que a arrecadação destinada ao serviço de iluminação não estava sendo direcionada para a melhoria. Fato que foi negado pelo  prefeito, que classificou a atual taxa como "Abusiva". relatou que o departamento jurídico da prefeitura já esta tratando do caso, que já vem desde o ano de 2005. Informou a população que eles podem reclamar dos serviços de iluminação, caso ocorra alguma problema, e que a empresa tem prazo para cumprir, caso contrário, será multada pela prefeitura. "Vamos reavaliar essa taxa." Afirmou Gil Cutrim.


TAXA DO ITBI. 

Diante de intensas reclamações da população, pedindo ressarcimento do seu dinheiro, Gil Cutrim afirmou que ele acontecerá, e precisará de parceria com a Câmara Municipal para isso. Falou que essa é uma questão direta com o Governo Federal. Deu como exemplo a casa das pessoas. No caso, se chegar mais pessoas na sua residência, automaticamente, o gasto aumentará.

Sem comentários:

Enviar um comentário