quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Vereadora Orlete lamenta morte do cantador do Boi de Axixá Donato Alves, agradece Roseana Sarney, Luís Fernando, Josemar Sobreiro, vereadores e detona quem nunca fez nada no Maiobão.


A vereadora Orlete Mafra subiu a tribuna da Câmara [11] para agradecer a Governadora Roseana Sarney, o Secretário Luís Fernando, o prefeito Josemar Sobreiro, os vereadores de Paço do Lumiar que estavam presentes. Aproveitou pra detonar quem não fez nada pelo Maiobão nesses 30 anos.

 "Com briga não vai se conseguir fazer nada. É a primeira vez que eu vi em minha vida, o Governo do Estado fazer alguma coisa aqui." Destacou ainda a atuação dos ex-prefeitos Raimundo Filho, Gilberto Aroso, que segundo ela, fizeram algo pelo Maiobão. "Os outros só queriam se promover. Não fizeram nada."

Finalizou lamentando a morte do cantador Donato Alves que esteve várias vezes em sua festa junina na Av-04.

Donato Alves


Morreu na tarde de segunda-feira (10), aos 81 anos, um dos maiores intérpretes da música maranhense, Donato Alves. O cantador faleceu por complicações após um acidente vascular cerebral (AVC). Donato estava internado desde a última terça-feira (4), no Hospital Getúlio Vargas, em São Luís. O foi realizado em em São José de Ribamar. Donato é co-autor de várias das músicas mais famosas do Boi de Axixá, como por exemplo “Bela Mocidade”. Em novembro do ano passado, também aos 81 anos, Francisco Naiva, outro co-autor da mesma canção, faleceu por falência múltipla dos órgãos.


Bela Mocidade

Quando eu me lembro, Da minha bela mocidade
Eu tinha tudo a vontade, Brincando no boi de Axixá
Eu ficava com você, Naquela praia ensolarada
E a tua pele bronzeada, Eu começava a contemplar

Mas é que o vento buliçoso balançava teus cabelos
E eu ficava com ciúme do perfume ele tirar
Mas quando o banzeiro quebrava
Teu lindo rosto molhava
E a gente se rolava na areia do mar

Essas Emoções, Não importa a noite
De qualquer maneira nós vamos brincar
Prepare seu coração, Para essas emoções
Que traço de Axixá, O importante é que eu cheguei agora
Alegre como sempre, Feliz a cantar

Canta comigo amor, Dança comigo...
Balanceia meu cordão, Eu sei que você vai gostar
Eu quero ver o vento louco, Teus cabelos balançar
Eu quero ver o vento louco, Teus cabelos balançar
Balança e dança, Balança até cansar
Quero ver o vento louco, Teus cabelos balançar
Vem meu amor, Sem teu carinho
O meu cordão, É tão sozinho

Sem comentários:

Enviar um comentário