sexta-feira, 3 de maio de 2013

VER.WELLINGTON SOUSA/ VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE EM PAÇO DO LUMIAR # Clayton Collins - Facebook #


O 1° secretário da Câmara Municipal, comentou matéria sobre Vacinação, em Paço do Lumiar.



Reclamação da população com relação a vacinação, também foi destaque, reveja: 


Durante a manhã de hoje (24) várias mães reclamaram do atendimento na Unidade Básica de Saúde do Maiobão. Uma delas, a senhora Rafa Matheus relatou ao blog que:

 "Fui vacinar minha filha agora pouco mas não pude por que agora é com senha, só tinha 15 senhas, onde já se viu isso até pra toma vacina tem que ter senha. Um monte de crianças pra tomar vacina da gripe. Não pode tem que madrugar pra pegar senha pra tomar a vacina? hoje tinha um monte de gente voltando com seus filhos por que não podia mais vacinar, e a campanha termina sexta".

Me dirige então, até o local, exatamente na AV.13 do Maiobão, e fui atendido pela enfermeira Mauriane, que faz parte da equipe de atendimento da tarde, apenas.

Com relação ao prazo de vacinação a mesma relatou:

"Mas a campanha é até sexta-feira, 26 de Abril Não sei se vai prorrogar ou não. Começou dia 15. é porque as pessoas falam sem se informar". Comentou a profissional de saúde.

Ai eu já não concordo plenamente. Existe a possibilidade de uma comunicação não eficaz o bastante, para que a população entenda como funciona a vacinação no nosso município. Não me refiro a esta especificamente, mas isso acontece com frequência até a nível nacional, não necessariamente em municípios.

A respeito da precariedade no atendimento, e sobre as 15 senhas apenas, Mauriane, disse que só respondia pela tarde, mas que estava tudo ocorrendo pacificamente.

"Pela tarde você pode ver que aqui tem muito mais do que 15 pessoas (mais de 47), sem contar que a gente iniciou 1 hora. Agora eu não posso lhe falar pela manhã, porque eu sou da tarde. Não sei como está o trabalho pela manhã".

No ambiente, o que eu posso relatar é um tremendo desconforto devido o  calor, potencializado pelo ambiente pequeno, que com a quantidade de pessoas ficou ainda mais intenso. 

Se para um adulto a situação é difícil  imagina para crianças de colo, passarem por esta situação. "Isso aqui está uma bagunça" relatou o senhor David Cavalcante, que estava acompanhado de sua esposa, ainda gestante.

Em nota, a prefeitura de Paço do Lumiar se pronunciou a respeito

A Secretaria Municipal de Saúde por meio da Coordenação de Comunicação informa que, todas as pessoas (crianças, adultos e idosos) alvos da campanha de vacinação contra a Gripe, estão sendo atendidos normalmente durante todo o horário de funcionamento das Unidades Básicas de Saúde e Postos de Saúde. 

Paço do Lumiar é o único município da região metropolitana que está com 60% de cobertura vacinal.

Mais sobre vacinação em Paço do Lumiar

Paço do Lumiar imuniza 80% da população contra a Influenza e supera meta do MS

Faltando poucos dias para o fim da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe (Influenza H1N1), o município de Paço do Lumiar atingiu 80% de adesão da população alvo, em comparação aos demais municípios da região metropolitana, e ainda, 90% de imunização em idosos, superando a meta do Ministério da Saúde (MS).

A Secretária Municipal de Saúde comemora os resultados, pois realizou uma grande mobilização para garantir a vacinação da população luminense atingida pela campanha. Para os idosos e pessoas com dificuldades de locomoção,  foi realizada imunização em suas próprias residências.

" Todo a equipe de coordenadores e enfermeiros da Semus vem trabalhando desde o início da campanha de vacinação e no Dia D, para atender a demanda do município, em nossos postos e unidades básicas de saúde. Vale ressaltar que, atingimos a meta do MS, que era de 60%, sendo uma grande conquista para a nossa secretaria e para a população que atendeu ao nosso chamado para a imunização", contou a secretária de Saúde, Nadi Morais.

Em Paço do Lumiar, a campanha de vacinação encerra no dia 10 de maio nas Unidades Básicas de Saúde do Município. Devem se vacinar, idosos com mais de 60 anos, crianças de seis meses a dois anos, indígenas, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto (em puerpério), pessoas privadas de liberdade, profissionais de saúde, além das pessoas que têm doenças crônicas do pulmão, coração, fígado, rim, diabetes, imunossupressão e transplantados.

PREVENÇÃO-  O Ministério da Saúde ainda recomenda a adoção de medidas de higiene pessoal para evitar a contaminação por influenza. É importante higienizar as mãos com água e sabão, com frequência, principalmente depois de tossir ou espirrar; após usar o banheiro; antes de comer; antes de tocar os olhos, boca e nariz.
Também é recomendável que as pessoas evitem tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies; usar lenço de papel descartável e proteger a boca e o nariz ao tossir ou espirrar. O MS aconselha ao doente não sair de casa enquanto estiver em período de transmissão da doença (até sete dias após o início dos sintomas), para diminuir a chance de disseminação e evitar aglomerações e ambientes fechados.

Sem comentários:

Publicar um comentário