quarta-feira, 10 de abril de 2013

VER.JORGE MARU DISCUTE SEGURANÇA COM MIAU OLIVEIRA/ DEFENDE PREF.JOSEMAR SOBREIRO/ CRITICA DEP.DUTRA E LAMENTA A MORTE DO JOVEM NADSON ROBERTO (CÂMARA 16a SESSÃO/ 09 Abril 13)

MARU DISCORDA DE MIAU

O vereador concordou com a preocupação do representante do PC do B, de que Paço do Lumiar, não tem segurança. Na ocasião, Miau pedia ajuda ao Executivo, para a implantação de um Batalhão da Polícia Militar no bairro.

Mas Jorge Maru pediu desculpas, e discordou  dizendo que a responsabilidade da segurança não é do Poder Executivo, e sim do Governo do Estado. 

"Desculpa lhe corrigir, não podemos culpar de forma crucial o Poder executivo. Por mais que o professor Josemar tente buscar, isso depende da Secretaria de Segurança, da Polícia Militar..."

MIAU DISCORDA DE MARU

"É uma questão realmente do Governo do Estado, só que com a audiência que nós tivemos aqui com o Major Araújo, o comandante do 13° Batalhão, ele foi bem claro em afirmar que: se a Administração Municipal, desse a estrutura, desse o local físico ele garantiu que instalaria um Batalhão da Polícia Militar nesse local, Maiobão, por isso que eu estou cobrando do Executivo só esse local, é só isso que ta faltando".

PURA PROMESSA!?

Jorge Maur disse que isso não passa de promessas. "Em outras audiências  o Coronel Jeferson comandante da região metropolitana, esteve aqui nessa casa e também fez as mesmas promessas, só que não é simples, tem que mandar pra cá (Câmara), localizar uma área, essa área tem que ter vindo pra cá um projeto...Finalizou dizendo que seria mais fácil colocar um trailer no Viva Maiobão, tendo em vista a situação emergencial que vive o município, com relação a segurança "...ali rapidinho, pelo menos inibia, é uma situação emergencial". Disse o parlamentar.

O parlamentar do PRB relembrou que já está no seu segundo mandato, e que a discussão sobre o Batalhão da Polícia Militar vem desde a administração do ex-prefeito Amadeu Aroso. Disse que o Carandiru (Centro Comercial) "é o que é - Infelizmente a Segurança Pública não toma uma providência, até porque do lado do Carandiru, tem a Delegacia do Maiobão".

AS BICICLETAS DE GILBERTO

Falou que Gilberto Aroso, quando prefeito, teve a ideia de comprar bicicletas para os policiais. 'Monitoramento com bike'.

"AI LÁ VEM CACETE EM CIMA DE JORGE MARU" disse o parlamentar

Com relação a Iluminação Pública, Jorge Maru disse ser experiente, pois já exerceu a função de Coordenador de Iluminação Pública. Relatou que o grande problema da falta de iluminação nos postes, é devido ao famoso 'gato' que moradores e até vendedores fazem para manter suas residências e estabelecimentos com fornecimento de energia. 

Denunciou que os vendedores de batatinha e churrasquinho, puxam a fiação direto na Iluminação Pública, fazendo com que a 'chave dispare'. "Agente tem uma noção técnica do assunto".

CRITICADO PELA VIZINHANÇA

Mediante as duras críticas dos seus vizinhos, que reclamavam que mesmo tendo um parlamentar residindo pelas redondezas, ficavam sem iluminação, na pura escuridão. Disse que o motivo da pane, foi uma ligação clandestina feita por um cidadão. "Ai lá vem cacete em cima de Jorge Maru, que ta omisso, que não tá atendendo os anseios da população..."

"SER CHAMADO DE LADRÃO É DA CULTURA"

O vereador Miau relata em seu discurso, que mesmo com pouco tempo de mandato, já está sendo cobrado e que inclusive já está sendo chamado de ladrão pela população. Maru, com a experiência de 2 mandatos, diz que parlamentares sofrem esse tipo de 'perseguição': "...Mas faz parte vereador Miau, ser chamado de ladrão isso ai é da cultura, Infelizmente o vereador sofre esse tipo de insinuação. Esses tipos de perseguições...". 

O POVO PERSEGUE O POLÍTICO?

Ficou algo de estranho no ar, nessa afirmação. Se Miau falou que o POVO já está chamando-o de 'ladrão', e Jorge Maru disse que isso é PERSEGUIÇÃO, e INSINUAÇÃO, então conclui-se que isso parte do POVO - Que estranho o povo ser classificado de perseguidor e insinuador, não?!

O parlamentou relembrou e lamentou ainda a morte do jovem Nadson Roberto, assassinado com 2 tiros num assalto a sucata de propriedade do seu pai, no dia 7 de Novembro de 2012, onde os bandidos, até hoje, nunca foram presos.









2 comentários:

  1. Os vereadores reclamam que o deputado Dutra não disponibiliza recurso para o município, sabe que o Dutra ta certo! Se ele mandar esses vereadores vão desviar assim como fizeram com todo o recurso de 2009 a 2012. Agora vamos copiar este discurso do vereador Maru e distribuir na Av.10 e ruas transversais para que o os vizinhos que votaram nele saibam o que ele fala na câmara.

    ResponderEliminar
  2. Concordo com o comentario acima, esse dai não é bobo, se que foi eleito pelo grupo de Josemar nao esta defendendo ele esse dai é que vai fazer esse papel? algo deve estar rolando por aí. Em 100 dias de governo que mudança houve, cade se ele da uma coletiva, ele nao tem coragem, que isso aconteça no viva maiobao, onde ele comemorou a sua vitoria, pra ver se ele nao leva ovo e tomate mesmo estando caro.

    ResponderEliminar