quarta-feira, 24 de abril de 2013

#REFLEXÕES - ALDERICO CAMPOS DIZ: "Agora eu tô calado, e eles estão tudo se matando, pode ver!"

Com a aprovação da diminuição do subsídio dos vereadores de R$ 9.800 para R$ 5.700 a Câmara pode tomar um novo rumo, ou vai ser 'caixão e vela preta' como diria o líder de governo?

O vereador Alderico Campos diz que alguns vereadores votaram, mas foi com muita vontade de dizer não. "Pra não ficar essa situação, de um vereador falar uma coisa pela frente, e depois falar outra por trás". 

Por falar no ex-presidente, que segundo o atual e o líder de governo foi um dos que fez a Câmara chegar a essa situação, as máquinas que fazem os serviços da prefeitura, não trabalham onde tem a pintura com o nome, do então candidato no muro. 

Campos usou a tribuna pra fazer essa reclamação: "Eu tenho certeza que isso não foi uma ordem dada pelo prefeito Josemar nem por Marconi Lopes". 

Essa é a famosa dinamite, uma bomba que você joga; ela explode, claro. Mas é longe de quem jogou.

Isso porque a moradora relatou que o motorista da máquina, havia alegado que era uma ordem passada pelo chefe do Executivo. Leonardo Bruno achou estranha essa ordem, e por conhecer o prefeito, disse que iria se certificar de tal ordem.

Voltando

Tem V. Exa que já avisou: "O vereador Jorge Maru não é escada pra ninguém subir nas costa dele".



é...o clima volta e meia fica tenso...



Mas a grande dúvida é: Se acontecesse uma nova disputa para a presidência  quais seriam os candidatos, ou seria chapa única novamente? Ou o atual presidente está mostrando serviço, e terá novamente o apoio dos demais?

Tirando os que não querem, só o tempo dirá, como se desenrolará esse processo...

Como diria Alderico Campos: "Agora eu tô calado, e eles estão tudo se matando, pode ver!".

A vereadora Orlete também já disse, que se mexer com ela, ela corre atrás do prejuízo.




Por falar na senhora Mafra, que tal relembrar uma matéria deste blog exibida dia 4 de Janeiro?


O LEGISLATIVO LUMINENSE, DE 2000 PRA CÁ


De 2ooo pra cá muitas águas rolaram em Paço do Lumiar. Muita gente foi e não teve mais força política pra voltar. Salve, a ver. Orlete Mafra que está na ativa desde então. Frank Fonseca foi o mais bem votado naquele ano, obtendo 825 votos. Fato que não acontece mais hoje em dia. Isso porque o município cresceu. Evoluiu. O povo parece que está mais atento para o cenário político. Pra ser bem votado hoje em dia, tem de passar dos 1.000 votos, e não brincar em campanha. Será? Miau brincou, e foi eleito com 395 votos, deixando muitos veteranos indignados.

O fato é que muitos que não estão mais aí, mereceram estar fora. O povo não gosta de ser enganado, passado pra trás. Acabou esse tempo. Se não mostrar serviço, o povo dá o troco. Há muitos relatos da população dizendo que depois de eleito, o parlamentar 'se acha' e esnoba quem o colocou lá. Que pena desses, não sabendo que mais cedo, ou mais tarde, vai bater a porta daquele humilde eleitor de novo.

Revendo a história de Paço há 12 anos, e olhando pra mais 4 que virão por ai, observamos que muitas promessas caíram por água abaixo. Um novo ciclo se inicia. O mundo não acabou, então vamos esperar o melhor para o nosso município. Tá na boca do povo, a palavra ESPERANÇA. Vamos aguardar.

1 comentário:

  1. eu não sei como essa vereadora MAFRA ainda estar no poder tem, muita coisa por tráz disso, póis ela é uma veradora só no nome, não faz, e, nem nunca fez nada por paço do lumiar, só sabe é contratar bois para dançar em sua porta e, com certeza é pago com o nosso dinheiro, sem contar que ela também estar na mesmoa situação de bia. a ex prefeita currupita e mentirosa.Aqui fica a minha decpção,uma pessoa que há doze anos estar ai só ganhando sem fazer nada pelo povo e pela nossa cidade, nunca soube de nenhum feito dada por essa vereadora. haja dinheiro para comprar voto, ela deve ter uma grande cofre para juntar tanto dinheiro para no dia da eleição ela ser eleita.SAFADEZA tem limite.

    ResponderEliminar