sábado, 17 de novembro de 2012

Inscrições para 150 vagas com salários de até R$ 4 mil encerram nesta segunda


Publicação: 15/11/2012 18:31
Encerram na próxima segunda-feira (19), as inscrições para o concurso público que visa o preenchimento de 150 vagas e formação de cadastro reserva para a Prefeitura Municipal de Apicum Açu, na região norte do Maranhão. A execução do certame ficará sob responsabilidade do Instituto Coelho Neto.

Os salários oferecidos variam entre R$ 622,00 e R$ 4.411,53 para jornadas de 20h, 24h e/ou 40h semanais.

Os interessados podem se inscrever até o dia 19 de novembro (em dias úteis), das 8h às 12h e das 14h às 18h, na Prefeitura Municipal - localizada na Avenida Cândido Reis, nº. 05, bairro Novo Apicum.

No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar cópia autenticada do RG, preencher a ficha de inscrição e efetuar o pagamento da taxa, no valor de R$ 30,00, R$ 35,00 e/ou a R$ 80,00 conforme o cargo de interesse.

Haverá Prova Objetiva (para todos os cargos), além de Prova de Títulos para os postos de Professor de Nível I e II, e prova prática para Motorista Profissional, Auxiliar Administrativo, Agente Administrativo, Técnico de Enfermagem, Auxiliar de Consultório Odontológico e Enfermeiro. A aplicação das provas tem data prevista para o dia 20 de dezembro, em horários e locais divulgados posteriormente.

O concurso terá validade de dois anos, contados a partir da data da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração Municipal.

Cargos


Fundamental - Auxiliar Operacional e Auxiliar de Serviços Gerais;

Médio/Magistério
 - Professor de Nível I para Educação Infantil, Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), Auxiliar Administrativo, Agente Administrativo, Agente de Endemias, Agente Comunitário de Saúde, Motorista Profissional, Auxiliar de Consultório de Odontologia e Técnico em Enfermagem;

Superior - Professor Nível II - Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) nas disciplinas de Geografia, História, Língua Portuguesa, Matemática, Professor Nível II

Ensino Fundamental -  Educação Especial, Supervisor Pedagógico, Cirurgião-dentista, Médico Generalista, Enfermeiro, e Bioquímico.

O POVO ESTÁ TEMENDO QUE EDIVALDO HOLANDA JR. SEJA APENAS UM LARANJA


Aliado diz que silêncio de Edivaldo Jr. se justifica pelo estilo 'reservado'

Prefeito eleito está “desaparecido” de São Luís desde o fim do 2º turno; não se manifesta sobre nenhum assunto.
Ronaldo Rocha
Da Editoria de Política
17/11/2012 00h00

O deputado estadual Rubens Pereira Júnior (PCdoB) explicou que o não posicionamento público do deputado federal e prefeito eleito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) sobre a polêmica da possibilidade de reajuste da tarifa de ônibus de São Luís - sinalizada pelo vice-prefeito eleito Roberto Rocha (PSB) -, sobre os tramites da transição de governo e formação do secretariado, e a não participação em encontros promovidos pelos aliados se justifica pelo "estilo reservado", que é próprio do petecista. Apesar de admitir que, no lugar de Holanda Júnior agiria diferente, o comunista diz que respeita a postura do aliado.
Edivaldo Júnior não aparece publicamente desde o fim do 2º turno, quando viajou para descansar em Fortaleza (CE). Desde então, nunca mais foi visto publicamente - e nem se tem certeza se ele está ou não em São Luís. Neste período, estourou a polêmica da possibilidade de aumento da tarifa de ônibus, a Comissão de Transição passou a se reunir com os indicados do prefeito João Castelo, e o PCdoB - principal aliado do petecista - reuniu a militância para fazer um balanço do resultado das eleições. Em nenhum desses momentos houve qualquer manifestação do prefeito eleito.
De acordo com Rubens Júnior, é possível que o prefeito eleito somente se posicione sobre qualquer questão administrativa da cidade a partir de janeiro do próximo ano, quando ele assume o Executivo Municipal. "Ainda não conversei com o prefeito a respeito dessa questão, mas sei que o silêncio momentâneo é mais uma questão de estilo dele. Eu, por exemplo, agiria de outra forma, me manifestaria. Mas ele tem um pensamento e uma postura própria, e deve ser respeitado", disse.
Ele afirmou que, apesar de Edivaldo Júnior não ter falado sobre a polêmica, não haverá qualquer tipo de prejuízo à cidade. O parlamentar afirmou que passado período de transição de governo, Edivaldo Júnior estará mais presente nas discussões. "A partir de janeiro sim, esperamos uma postura mais enérgica do prefeito, até porque ele assumirá uma metrópole. Edivaldo em momento algum deixará de assumir as suas responsabilidades", finalizou.
Reportagem de O Estado de domingo (11) sob o título "Equipe de transição de Edivaldo já estuda reajuste de tarifa de ônibus", com entrevista concedida pelo vice-prefeito eleito e presidente da comissão de transição de Edivaldo, Roberto Rocha, provocou polêmica e repercussão no meio político.
Mas quem falou em nome de Edivaldo Holanda Júnior - ou pelo menos se manifestou em seu lugar - foi o presidente do diretório municipal do PCdoB, Marcio Jerry, que chegou a desautorizar o vice-prefeito. Na quinta-feira, o próprio vice-prefeito também se manifestou, confirmado a fidelidade da entrevista de O Estado, que chegou a ser questionada pelo presidente comunista.
Procurado pela imprensa, Edivaldo Holanda Júnior, que permanecia em Brasília desempenhando suas atividades enquanto parlamentar, não foi encontrado para falar se concorda ou não com as declarações dadas por Rocha. Até hoje não se sabe seu posicionamento sobre o assunto.

Postura reclusa vem da campanha

Marcos Aurélio D´Éça
Editor de Política
A postura avessa ao público foi revelada por Edivaldo Júnior durante a pré-campanha, quando fazia pate do então "consórcio oposicionista". Mesmo depois de escolhido, continuou incógnito, só se manifestando durante a campanha, sob observação direta dos responsáveis pelo marketing de campanha.
Rubens Pereira Júnior entende que esta postura do prefeito é coerente com seu jeito de serdo prefeito. "Ele sempre foi reservado. Lembro que na pré-campanha, quando todos cobravam uma manifestação dele em relação à escolha de seu nome, ele se manteve calado", destacou.
A postura do prefeito eleito lembra a do ex-governador Jackson Lago (PDT). Avesso a qualquer tipo de evento público, o pedetista só se manifestava em eventos oficiais do seu governo. Durante o período de festas - como Carnaval, Natal, São João e os longos feriados - Jackson se ausentava de São Luís.
Mas, para Rubens Júnior, a postura de Edivaldo não trará prejuízos. "Na minha avaliação, essa postura não traz prejuízo à população, pois ele assumirá o cargo somente em 2013, e é a partir de janeiro que qualquer decisão de governo poderá ser tomada", explicou.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

LACI levou 3 TIROS de Ciganos invasores de terras, MAS PASSA BEM


Ex-prefeito José Laci
Ex-prefeito José Laci
Após ser atingido com vários tiros no final da tarde hoje, 16, o quadro de saúde do ex-prefeito do município de Raposa, José Laci, é estável.
Pessoas ligadas ao ex-prefeito informaram ao Blog do Luís Pablo, que ele passa bem e deverá receber alta ainda esta semana.
Laci foi vitima de um grupo de ciganos, que invadiu suas terras localizada no povoado Juçara, na Raposa.
Segundo informações policiais, o ex-prefeito foi até a propriedade mostrar aos invasores a documentação comprovando a legalidade do terreno em seu nome. Foi o bastante para iniciar uma discussão e um dos ciganos disparar seis tiros contra ele.
O ex-prefeito de Raposa foi alvejado com dois disparos na costa e um no braço, mas chegou consciente e falando no Hospital no Socorrão II, onde recebeu os primeiros socorros.
Os invasores fugiram do local em um veículo modelo Golf de cor prata e continuam foragidos.
José Laci se encontra no Hospital São Domingos, em São Luís, onde se recupera.

NUNCA PEÇA O SEU CHIP para um assaltante.

Já virou moda, tem assaltante que só vai pedir o teu celular. Isso porque ele se desfaz rapidinho do aparelho que você está suando pra pagar. No momento do roubo, é claro, você vai ficar furioso, mas, se pensar um pouquinho mais, e usar a razão, em vez da emoção, vai se dar conta de que a sua vida vale muito mais. Pois estes delinquentes, não dão muito valor as suas próprias vidas. O histórico deles, é geralmente de pessoas que não tiveram muitas oportunidades na vida, e acham que esta é a unica forma de viver. Outras, por incrível e mais macabro que pareça, gostam dessa vida bandida.
pois bem, a dica de hoje é:

NUNCA PEÇA O SEU CHIP para um assaltante.

Isso porque ele também está tenso, e sabe que tudo pode dar errado; você pode reagir, a polícia pode chegar, e muitas vezes, ele pode estar completamente drogado, o que o torna ainda mais cruel. Uma saída pra isso, é se prevenir, tanto do assalto, e também da perda do seu chip. As operadoras já disponibilizam uma agenda, onde você paga uma tarifa e seus números são armazenados. 

Mais o principal motivo de não pedir o chip para o delinquente, é que você estará se desvalorizando, se humilhando para um bandido. E nós cidadãos de bem, não somos seres iguais a eles. Temos de dar um basta a essas atitudes cruéis  que chegam a assombrar a população que trabalha e quer crescer na vida de forma honesta. NÃO AO CRIME! SIM AO TRABALHO!


GINFEST na ESCOLA PE.MAURÍCIO começou hoje (16/11)

A equipe de educadores da Escola Comunitária Pe. Maurício, criou uma forma divertida de ensinar os alunos. Essa gincana mistura entretenimento e muita diversão garantindo o aprendizado e a alegria dos estudantes, começou hoje e vai até amanhã, sábado.
Já a tarde com a presença da educadora Graça Privado, os jovens em ritmo acelerado e em clima de disputa total, executaram as provas com muita inteligência; já que esta é a proposta da gincana: unir educação e diversão. Dá pra ver a alegria dos estudantes, pelos seus sorrisos de felicidade. Essa sem dúvidas é uma das melhores fases das vidas desses jovenzinhos!

COPA CEFRAN 2012. Confira os jogos de hoje (16/11)

BOMBA! ROBERTO ROCHA diz que R$ 2,10 de passagem NÃO DÁ! Tem de fazer o que é justo (AUMENTAR)


Roberto Rocha admite declarações em reportagem de O Estado

"O prefeito colocou para a cidade durante a campanha a necessidade de se fazer licitação. Eu te pergunto: se for lançar uma licitação com a tarifa de R$ 2,10 quem é que comparece? Qual empresa no Brasil terá interesse em concorrer no Maranhão com uma tarifa nesse valor? Nenhuma. Então a gente tem que fazer aquilo que é o justo, o que é certo".

A RESPOSTA DO PARTIDO FOI:

"A posição de Rocha é individual, não é a do prefeito. Edivaldo não pretende reajustar a tarifa de ônibus. O assunto ainda não foi tratado pelos partidos após a eleição municipal e ainda será colocado em debate"

O vice-prefeito eleito Roberto Rocha (PSB) divulgou nota ontem em seu perfil em rede social reconhecendo que reportagem de O Estado, publicada no último domingo sob o título "Equipe de transição de Edivaldo já estuda reajuste de tarifa de ônibus", foi fiel as suas declarações. Ele afirmou que discorda apenas da manchete, considerando-a "maldosa" e disse que jamais anunciou reajuste de tarifa.
Nem a matéria nem a manchete tampouco afirmam isso. Trataram apenas da possibilidade de aumento da passagem - sinalizada pelo presidente da comissão de transição do prefeito eleito Edivaldo Holanda Júnior (PTC). O posicionamento de Roberto Rocha reconhecendo a fidelidade da matéria ocorreu quatro dias após início da polêmica.
"A matéria do jornal é fiel, a manchete que é maldosa. Para quem não sabe, a matéria de um jornal é feita por quem entrevista, mas a manchete é feita por outra pessoa, e, via de regra, o que vende é a manchete. Essa é a realidade dos fatos", disse, baseando-se, provavelmente, em experiências de outros jornais.
Rocha não explicou, no entanto, o que havia de "maldoso" na manchete, que retrata com fidelidade o primeiro parágrafo e o restante da construção da reportagem.
Na nota, Roberto Rocha esclarece que, na condição de presidente da comissão de transição, foi chamado para uma reunião com a Promotoria de Defesa de Consumidor, no gabinete do deputado estadual Bira do Pindaré (PT), que é presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa, antes da entrevista dada a O Estado, para tratar sobre a crise no setor de transporte público da capital. Foi com base nos dados obtidos na reunião, segundo Rocha, que ele deu as declarações ao jornal.
Na reunião, afirma, ele obteve informações sobre a crise na empresa que opera a bilhetagem eletrônica na capital; sobre o acordo firmado pelo ex-prefeito Tadeu Palácio (PP) com as empresas para que estas não paguem ISS; as intervenções no setor feitas pelo prefeito João Castelo (PSDB) e sobre o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre a Prefeitura e o Ministério Público para a realização da licitação. Todos estes tópicos foram tratados por Rocha na entrevista - gravada - concedida a O Estado.
"Agora, as empresas sabem que aquela renúncia fiscal feita no passado é ilegal. Todos estão devendo uma montanha de ISS para o município de São Luís e não podem tirar certidão negativa para participar da licitação que nos comprometemos a fazer durante a campanha", diz o texto.
Em outro trecho ele a firma: "As [empresas] de outros estados não têm interesse [na licitação], pois alegam que a tarifa praticada em São Luís está defasada, sendo a mais baixa do Brasil", disse.
Repercussão - Na reportagem de O Estado, Rocha também já havia falado sobre a tarifa e sobre a licitação das linhas de ônibus. "O prefeito colocou para a cidade durante a campanha a necessidade de se fazer licitação. Eu te pergunto: se for lançar uma licitação com a tarifa de R$ 2,10 quem é que comparece? Qual empresa no Brasil terá interesse em concorrer no Maranhão com uma tarifa nesse valor? Nenhuma. Então a gente tem que fazer aquilo que é o justo, o que é certo".
Logo após a publicação e a forte repercussão no meio político, membros do diretório municipal do PCdoB indicavam em rede social que a reportagem em que Rocha admite a possibilidade de reajuste da tarifa de ônibus teria sido manipulada. O áudio da entrevista, no entanto, divulgado nos blogs de Gilberto Léda, repórter de Política de O Estado e blogueiro independente, e de Marco D´Eça, editor de Política do jornal e também blogueiro independente, desmontou o factoide.
Foi o próprio comando do PCdoB, logo em seguida, quem rebateu as declarações de Rocha. "A posição de Rocha é individual, não é a do prefeito. Edivaldo não pretende reajustar a tarifa de ônibus. O assunto ainda não foi tratado pelos partidos após a eleição municipal e ainda será colocado em debate", disse na ocasião Marcio Jerry, presidente municipal do partido comunista.

DIREITO DE RESPOSTA DE ROBERTO ROCHA


"Nunca anunciei aumento de passagem", diz Roberto Rocha no facebook


Roberto Rocha se posiciona sobre a polêmica
em torno da passagem de ônibus
O vice-prefeito eleito, Roberto Rocha, afirma que nunca anunciou aumento de passagem, como quiseram passar à população alguns veículos de comunicação que têm interesse em criar animosidades entre os integrantes do grupo político que tornou possível a vitória de Edivaldo Holanda Júnior.

As explicações de Roberto Rocha foram publicadas, na manhã desta quinta-feira, em sua página no facebook. Confira:

O equivoco acontece por má fé ou por falta de informação. Por um esforço de boa vontade com alguns que ainda não desceram do palanque, e em respeito aos que já desceram do palanque, prefiro acreditar na segunda hipótese, razão pela qual farei aqui um esclarecimento. 

NUNCA ANUNCIEI AUMENTO DE PASSAGEM. Na realidade, na condição de presidente da Comissão de Transição do prefeito eleito Edivaldo Holanda Junior, fui chamado para uma reunião com a Promotoria de Defesa do Consumidor, no gabinete do presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembléia Legislativa do Maranhão, deputado Bira do Pindare', onde fui informado da situação dramática do transporte coletivo de Sao Luis. O quadro e' mais ou menos o seguinte: 

1- A empresa que opera a bilhetagem eletrônica esta' 06 meses sem receber, e ameaça paralisar o serviço; 

2-O ex-prefeito Tadeu Palácio fez um acordo com as empresas para estas nao pagarem ISS, o principal imposto da cidade, em troca nao haveria reajuste de tarifa. Em seguida veio o prefeito Joao Castelo, que, nos quatro anos, concedeu reajuste uma vez, em 2010. Criou a domingueira, e se comprometeu a subsidiar as empresas, e nao o fez. 

Com o Ministério Publico, foi feito dois TAC's(Termo de Ajustamento de Conduta) para cumprir a lei municipal 3430/96, que DISPÕE SOBRE O SERVIÇO PÚBLICO DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DO MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS, NOS TERMOS DO ARTIGO 208 DA LEI ORGÂNICA MUNICIPAL, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Esta' na Lei, ART. 102: Os custos operacionais do Serviço Público de Transporte Coletivo Urbano serão fixados pelo Chefe do Poder Executivo Municipal, através de Decreto, de forma a propiciar a justa remuneração do capital, o melhoramento e expansão dos serviços e assegurar o equilíbrio econômico-financeiro do Sistema de Transporte Coletivo, que deverá ser apurado em planilha de custos, cujos coeficientes reflitam a realidade do Município de São Luís. 

Nada foi cumprido pela prefeitura. Agora, as empresas sabem que aquela renuncia fiscal feita no passado e' ilegal, e todos estão devendo uma montanha de ISS para o município de Sao Luis, e nao podem tirar certidão negativa para participar da licitação, que nos comprometemos a fazer durante a campanha. Disse e repito: as empresas locais nao podem participar da licitação porque estão inadimplentes, e as de outros estados nao tem interesse, pois alegam que a tarifa praticada em Sao Luis esta' defasada, sendo a mais baixa do Brasil. 

Segundo o MP, as empresas correm o risco de não pagar o mês de dezembro e o 13º salário, criando um enorme problema com os rodoviários. Portanto, esse nao e' apenas um problema de empresa privada, e' um problema da cidade. E nao tem mais como empurrar para debaixo do tapete. E' preciso enfrentar a questão. Colocar o dedo na ferida. Problematizar a discussão. Disse que a cidade precisa fazer uma auditoria, uma revisão na tarifa, através de uma comissão representativa da sociedade, que pode concluir pela necessidade de ajustar a tarifa, ou não. 

O importante e' criar as condições para melhorar o serviço de transporte coletivo em nossa cidade. Disse mais, que o governo Edivaldo nao tinha condições, mesmo com a prerrogativa que e' dado ao prefeito pelo art. 102 da lei 3430, de conceder aumento de tarifa por decisão solitária. Isso foi dito ao MP, bem como na entrevista que dei ao Jornal O Estado do Maranhão. A Promotora Litia Cavalcanti e o Deputado Bira do Pindaré podem confirmar. A matéria do Jornal é fiel, a manchete que é maldosa. Para quem não sabe, a matéria de um jornal é feita por quem entrevista, mas a manchete é feita por outra pessoa, e, via de regra, o que vende é a manchete. Essa é a realidade dos fatos.

Eleitor tem até 6 de dezembro para justificar ausência


Justificativa vale para quem faltou ao primeiro turno do pleito e quer regularizar a situação.


Foto: Reprodução
O eleitor que deixou de votar no segundo turno das Eleições 2012, por estar fora de seu domicílio eleitoral, e não justificou a ausência no dia da eleição poderá apresentar a justificativa até o dia 27 de dezembro. Já quem faltou ao primeiro turno do pleito deve regularizar a situação até o dia 6 do mesmo mês. No Brasil, o voto é obrigatório para quem tem de 18 a 70 anos.
A justificativa deve ser apresentada em qualquer cartório eleitoral do país. Para tanto, o eleitor deve preencher o Requerimento de Justificativa Eleitoral, que é obtido, gratuitamente, nos cartórios eleitorais.
O documento também pode ser baixado em formato PDF no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Para preencher o formulário, é indispensável que o eleitor tenha o número do título. Além do requerimento devidamente preenchido, o eleitor também terá de apresentar um documento com foto, que pode ser a carteira de identidade ou documento de valor legal equivalente (identidades funcionais), como certificado de reservista, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação.
O eleitor que não votar e não apresentar justificativa fica impedido, entre outras coisas, de tirar passaporte, inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles, e renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, entre outras sanções.
Quem deixar de votar e não apresentar justificativa por três eleições, considerando cada turno uma eleição, tem o título cancelado.
Eleitores no exterior
Os eleitores residentes no exterior e que já se cadastraram para votar no país onde moram não votam nem precisam justificar a ausência na eleição municipal. Esses eleitores participam somente do pleito para presidente da República.
Já os residentes no exterior que não se cadastraram para votar no país onde se encontram e os que estiverem fora do Brasil no dia do pleito municipal devem justificar a ausência às eleições no prazo de 30 dias após o retorno ao Brasil.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

CENTRO COMERCIAL DO MAIOBÃO - O CARANDIRU


Depois de muita pressão e tragédias, enfim,  temos uma ação efetiva da polícia no Maiobão. O centro comercial do Maiobão é um verdadeiro Carandiru mesmo. Se eu falar pra vocês que meus amigos e eu, brincávamos ali, vocês, hoje, não acreditam. Pois é, aquele local é um dos maiores pontos de distribuição de drogas do Maiobão. Fica a pergunta; e a polícia não sabe disso? Depois de muitos assaltos e relatos, aí vai a dica para se prevenir:
  • Cuidado ao ficar conversando na porta da sua casa. Os assaltantes são cara de pau, vão levar seu celular, notebook, ou o que de valor você tiver.
  • Não fique sozinho, ou namorando nas escadarias ou banquinhos do Viva Maiobão, os bandidos ficam rondando você, sem que sejam percebidos, e quando você menos espera, eles te abordam.
  • Ao chegar em casa, procure caminhos movimentados, e siga sempre andando na contra mão, pois assim, você pode identificar os veículos e as pessoas que estão vindo.
  • Sempre ligue para alguém de sua casa, antes de abrir sozinho sua garagem. Dê algumas voltas no quarteirão, antes de parar em frente a sua casa. Os bandidos podem estar escondidos, e já ter observado a sua rotina de chegada e saída.
  • Não ande escutando música, pois assim, você será presa fácil, já que está totalmente distraído.
  • Ao voltar de uma festa, faça o máximo de esforço de guardar o dinheiro para a volta, pois é justamente neste momento que os bandidos aproveitam, pois sabem que as pessoas já beberam e estão mais vulneráveis. E atenção, os bandidos geralmente andam em dupla, e em algum veículo, incluindo bicicletas.  
  • No seu veículo, observe quem está a sua volta, pois a nova moda dos bandidos, é levar você junto, e soltar num lugar escondido e deserto. Isso para evitar que a polícia seja acionada.
  • NUNCA REAJA

Receita Federal abrirá inscrições para concurso

Publicação: 15/11/2012 08:47
Posto de Fiscalização localizado no Porto do Itaqui irá receber candidatos à vagas de Peritos. Inscrições serão feitas a partir de segunda-feira, 19, a Alfândega da Receita Federal do Brasil no Porto de São Luís irá credenciar candidatos para o cargo de Perito da instituição.

Os selecionados irão atuar sem vínculo empregatício com a Receita Federal Brasileira, sob a condição de título precário.

Poderão se candidatar às vagas, pessoas com graduação superior e experiência de pelo menos dois anos na área de atuação interessada. No total, serão oferecidas 14 vagas, distribuídas entre as áreas de Engenharia Eletrônica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química ou Química. Mais da metade das vagas serão ocupadas por profissionais da área de Arqueação, que devem ser formados pelas Escolas de Oficiais da Marinha Mercante ou que tenham graduação superior e que detenham conhecimentos sob as técnicas da função.

A seleção será constituída de análise documental baseada em critérios de tempo de experiência e participação em cursos diretamente relacionados à área de atuação escolhida pelo candidato.

As Inscrições podem ser feitas de 19 a 30 de novembro. Os interessados devem se dirigir ao protocolo da Alfândega da Receita Federal, localizado na Avenida dos Portugueses, s/nº, Porto do Itaqui, São Luís.

O edital completo do certame está disponível no mural da Alfândega, e também pode ser consultado pelo site da Receita Federal na Internet, no endereço eletrônico: www.receita.fazenda.gov.br. 

COMBATE AO CRIME NO MAIOBÃO - OPERAÇÃO TORNADO

O IMPARCIAL
Polícia Militar faz operação para diminuir os índices de violência
Publicação: 15/11/2012 09:12
A Polícia Militar fecha o cerco na cidade de Paço do Lumiar, principalmente, no bairro do Maiobão. Pedestres, motociclistas, avenidas, ruas, becos e outros pontos foram revistados pelos policiais que desenvolvem as ações da Operação "Tornado". De acordo com o comandante do Policiamento Metropolitano (CPM), coronel Jeferson Telles, um dos principais objetivos deste trabalho é diminuir a criminalidade nessa localidade. Somente este ano, 257 armas de fogo foram apreendidas e nos últimos três dias, 23 pessoas foram presas em flagrantes entre assaltantes, arrombadores e traficantes.

Por volta das 17h de ontem, viaturas da polícia começaram a circular por diversos pontos de Paço do Lumiar, inclusive, o policiamento operacional do Batalhão de Choque, que estava sob o comando do tenente Otávio. O coronel Jeferson Telles disse que a operação começou na tarde de ontem, mas que não tem um período certo para terminar. Durante a permanência da tropa na cidade ocorrerão bloqueios, formação de barreiras e incursões, principalmente, nos pontos onde há maiores números de assaltos. "O policiamento será reforçado nas Avenidas 4, o Centro Comercial II, Carandiru, Vila Paraná, Edinho Lobão e Tambaú, pois há grande ocorrência de criminalidade".

Jeferson Telles ainda frisou que essa operação já vem sendo desencadeada pela Grande São Luís como nos bairros da Cidade Operária, Alto do Turu, Parque Vitória e Bairro de Fátima. Durante a presença da polícia nessas áreas teve uma boa reputação e promoveu de certa forma a segurança nas localidades.

Segundo o comandante do CPM, nestas últimas 72 horas, mais de três quilos de entorpecentes, entre cocaína e maconha, foram apreendidas e ainda este ano, 2.500 armas brancas foram retiradas das mãos dos assaltantes. "Nesta semana, a polícia conseguiu prender um dos maiores arrombadores a residência, conhecido no mundo do crime como Gordo. Ele agia nos shoppings da cidade e nos bairros como Renascença, Cohafuma, Cohama e dentre outros considerados de classe média alta", frisou o coronel.

POLICIAMENTO NATALINO
Jeferson Telles ainda frisou que a polícia já está planejando o policiamento do período natalino e que vai se estender durante todo o mês de dezembro. Ele relatou que mais de 130 homens realizarão o policiamento ostensivo, principalmente, na área da Rua Grande, onde ocorre o maior número de pessoas fazem compras natalinas. "As pessoas que vão as compras, no Centro, evitem andar com jóias e ainda levar uma quantia grande em dinheiro, pois isso chama atenção dos assaltantes".

BALANÇO DE OPERAÇÃO
No mês de junho, a Polícia Militar do Maranhão (PMMA) realizou em toda São Luís a Operação "Fecha Cidade". No decorrer da operação, os militares realizaram barreiras nas principais vias de acesso à Ilha para fiscalizar veículos (carros e motos), verificar se o condutor e os automóveis estavam com os documentos necessários para circulação. Este trabalho foi realizado em 19 pontos da cidade, em diversos horários, como no Monte Castelo, na Avenida dos Portugueses, na Avenida dos Africanos, no Maiobão e no Jardim América.

Olho: Nesta semana, a polícia conseguiu prender um dos maiores arrombadores a residência, conhecido no mundo do crime como Gordo. Ele agia nos shoppings da cidade e nos bairros como Renascença, Cohafuma, Cohama e dentre outros considerados de classe média alta. Coronel Jeferson Telles

MORADORA desabafa via FACEBOOK (Selma Sá)

OK!!! Mas é bom lembrar do lixo. As ruas estão carregadas de sacolas contendo lixo. Aproveito a oportunidade para sugerir ao Prefeito Josemar 2013 a 2016 e se Deus permitir e ele trabalhar com responsabilidade, mais 04 anos ( 2017 a 2020 ) 'NÃO FAZER DISCRIMINAÇÃO ENTRE CONTRATADOS E EFETIVOS, PRINCIPALMENTE NO QUE REFERE-SE AO DIA DE PAGAMENTOS DE SALÁRIOS, POIS AMBOS ESTÃO TRABALHANDO EM PROL DO MUNICÍPIO E POSSUEM RESPONSABILIDADES A SEREM CUMPRIDAS, QUE DEPENDEM DESSE SALÁRIO.NESTE CONTEXTO, REVEJA AQUILO QUE FOI TIRADO DA EDUCAÇÃO DURANTE 2009 A 2012 ( 300,00 REAIS) EM CIMA DO NOSSO SALÁRIO.

Encerramento do festejo do Divino Espírito Santo aconteceu na última terça-feira(13) na sede de Paço do Lumiar

A banda Tropical da Maioba agitou os luminenses, que lotaram a sede do município de Paço do Lumiar. O evento teve o apoio da prefeitura municipal de Paço do Lumiar, sob o comando do prefeito Raimundo Filho.
Como já é uma tradição no município a procissão do Divino, os moradores acompanham as caixeiras que tocam e cantam cantigas históricas, que datam dos primórdios da fundação do município Paço do Lumiar.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

XIII CAMINHADA DE PAZ PELA PAZ ACONTECE EM PAÇO DO LUMIAR


Ontem (14/11) aconteceu a décima terceira edição da Caminhada de Paz pela Paz pelas ruas do bairro Maiobão. A iniciativa é da escola Cefran. Tem o objetivo de conscientizar as pessoas que a paz, também parte de cada um de nós. Cobrar das autoridades mais segurança para o município também é um dos objetivos da caminhada. Tendo em vista que, os idealizadores, Josemar Sobreiro, prefeito eleito, e Prof. Ivone, Primeira Dama, eram apenas cidadãos que tiveram uma atitude com relação a calamidade da segurança da população. Hoje, eles tem muito mais possibilidades de lutar por uma segurança de qualidade para os moradores, pois a partir de Janeiro de 2013, Paço do Lumiar estará sob comando deles.
A exatos 9 dias, o jovem Nadson Maya foi assassinado com dois tiros, depois de um assalto no seu local de trabalho. Em frente a empresa de seu pai, foi feita uma homenagem ao ex-estudante da escola Cefran. Josemar Sobreiro e sua comitiva conversaram com o pai e com os tios de Nadson sobre a tragédia. A polícia está a procura dos delinquentes.
A população criou uma grande expectativa com a vitória expressiva de Josemar Sobreiro. "Agora é a nossa vez" diz a moradora ao falar com o professor durante a caminhada.
Ao percorrer as ruas do bairro Maiobão a população está vendo a atuação do prefeito Raimundo Filho, que está trabalhando dobrado para adiantar o quanto pode as obras, para que a administração de Josemar Sobreiro, dê continuidade ao processo de reconstrução do município.
Prof. IVONE  e sua filha, Carla Maria, coordenadoras da caminhada, felizes ao poder realizar mais uma vez o evento, levando ao povo uma consciência pacificadora para Paço do Lumiar.
A educadora Graça Privado expressou seus ideias para a paz no município durante a caminhada:


Ver. Leonardo Bruno, Vice-prefeito Marconi Lopes, prefeito Josemar Sobreiro, locutor Stenio Kavasaky, blogueiro Judson Carlos e o coordenador de juventude Rilton Silva, estavam presentes na caminhada.

Destaque na mídia
Estudantes e comunidade do Maiobão realizam a 13ª Caminhada pela Paz


Publicação: 14/11/2012 15:00

Estudantes e a comunidade em geral participaram da 
13ª Caminahada da Paz pela Paz.  (Divulgação)
Estudantes e a comunidade em geral participaram da 13ª Caminahada da Paz pela Paz.
Alunos e professores das redes particular e pública de ensino, e comunidade em geral, percorreram na manhã desta quarta-feira (14), as principais avenidas do bairro Maiobão, em Paço do Lumiar, em mais uma edição da Caminhada da Paz pela Paz. 

Assim como acontece há treze anos, osparticipantes da Caminhada da Paz se vestiram de branco, indumentárias folclóricas, representações do meio ambiente e cartazes em mãos para falar sobre o tema escolhido para este ano: "O Equilíbrio da Vida Planetária", que fez um alerta sobre as ameaças sofridas pelo planeta e a humanidade como todo.

De acordo com a professora Ivone Sobreiro, idealizadora e coordenadora da XIII Caminhada, é nesse tempo de incerteza e conflitos, que é preciso, através da educação, desenvolver uma cultura de paz ao longo prazo que considere os contextos históricos, políticos, econômicos, social e cultural de cada ser humano. Segundo a educadora, é necessário aprendê-la, desenvolvê-la e colocá-la em prática no dia a diafamiliar, regional ou nacional. 

"Precisamos lutar por reformas sociais e econômicas que conduzam ao progresso e que sejam amparadas por princípios éticos que possibilitem uma nova consciência.", completou a coordenadora do evento.

A caminhada da Paz pela Paz é um projeto social do Centro Educacional São Francisco de Assis e Jardim de Infância Corujinha (CEFRAN), que por meio de atos sociais e de inclusão como esse, demonstra a sua preocupação em desenvolver um trabalho educativo que venha despertar nos alunos uma consciência moral mais aguçada; que demonstre as preocupações voltadas ao respeito à comunidade de vida, integridade ecológica, justiça social e econômica, confirmando o compromisso na construção de uma sociedade global, mais justa, sustentável e pacífica. A cada ano recebe a adesão das demais escolas do município.

GIN FEST acontece nesta sexta-feira na Escola Padre Maurício


COPA CEFRAN 2012, Jogos do Infanto-Juvenil.






PROFESSOR DE PAÇO EXIGE MORALIDADE POLÍTICA: QUER A CASSAÇÃO DE TODOS OS VEREADORES


Mesmo prestes a acabar o mandato de vereadores e prefeitos eleitos em 2008, todos os vereadores da atual Câmara de Paço do Lumiar correm o risco de serem afastados de seus cargos. Isso porque, todos os legisladores e a prefeita Bia Venâncio (já afastada, no final de setembro, por decisão do Tribunal de Justiça do Maranhão) são réus de vários processos judiciais, entre os quais, os que correm na Justiça Federal - uma ação popular e vários processos resultantes da Operação Allien, deflagrado pela Polícia Federal. 

A ação popular foi requerida pelo professor de Filosofia José de Ribamar Correia. Eleitor de Paço do Lumiar, disse ter se sentido incomodado com práticas de corrupção recorrente no município e resolveu utilizar de seus direitos como cidadão, e exigir moralidade política por via judicial. Entrou com o processo em janeiro desse ano, pedindo, entre 20 itens, o afastamento imediato de todos os vereadores, bloqueio de bens e a devolução de todo dinheiro desviado. 

"Os vereadores são tão culpados quanto à prefeita, mas saíram escapando dos processos, então foi feita a ação popular incluindo todos os vereadores", declarou o professor, que os acusa por desvios e lavagem de recursos públicos, obtenção fraudulenta de recursos federais mediante falsa informação e não aplicação dos recursos. 

Além de falsificações de documentos públicos, apropriação indébita de recursos da previdência municipal, controle de parte da imprensa e blindagem no judiciário, ações penais já aceitas pelo Tribunal de Justiça do Estado e outros crimes e favorecimento dos vereadores em troca de apoio mediante vagas de emprego na prefeitura e omissão do dever de fiscalizar. 

Correia acredita que, entre as práticas mais graves cometidas pelos acusados, acontecia quando os vereadores do município, em troca de cargos na Secretaria de Saúde e Educação, não colocavam em pauta denuncias contra a prefeitura. Ele diz ter provas, ao mostrar um oficio feito por uma funcionária da prefeitura, contando o nome do vereador e os cargos disponíveis. 

Para explicar os envolvimentos dos políticos luminenses, Correia conta sobre a omissão de documentos como provas contra a corrupção na prefeitura de Paço do Lumiar, entregues na Câmara: "Foram entregues cinco dossiês, protocolados na Câmara. Os vereadores pegaram o material e venderam para prefeita. Chantagearam ela", afirma. 

GENTE QUE BRILHA acontece neste sábado


Na CHILLI BEANS MONUMENTAL SHOPPING você encontra o seu stylo!

(Guegue Bezerra, promotor de vendas)

terça-feira, 13 de novembro de 2012

NÃO REAJA A ASSALTOS



Não comprometa a sua felicidade com bobagens






AS QUENTES DA POLÍTICA MARANHENSE!


ESTADO MAIOR - 14/11/2012

Contra o câncer


Integrantes da bancada do Maranhão na Câmara Federal decidiram ontem, após reunião com dirigentes do Hospital Aldenora Bello e da Fundação Antônio Jorge Dino, destinar uma emenda coletiva de R$ 20 milhões no Orçamento da União para a ampliação do serviço de atendimentos em radioterapia. A reunião foi comandada pelo coordenador da bancada, deputado Sarney Filho (PV), e dela participaram os deputados Carlos Brandão (PSDB), Cleber Verde (PRB), Francisco Escórcio (PMDB), Helio Santos (PSD), Sétimo Waquim (PMDB), Waldir Maranhão (PP) e Alberto Filho (PMDB). Sarney Filho também entrou em contato com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, para agendar uma reunião dele com a bancada e dirigentes do hospital para tratar das demandas apresentadas. Antes de decidirem pela emenda coletiva, os parlamentares ouviram um relato feito pelo diretor financeiro do hospital, Rui Lopes, que alertou para os pontos de gargalo enfrentados pela instituição para atender pacientes com câncer no estado, e também do Pará e Piauí, que costumam buscar atendimento no Maranhão. - Ampliar o atendimento em radioterapia é prioridade absoluta, bem como o aumento dos leitos que hoje são 140 - argumentou o diretor. Também participaram da reunião a presidente do Instituto, Enide Dino, e o vice-presidente, Antônio Dino Tavares. Eles apontaram, ainda, como necessidade urgente, a manutenção e ampliação das casas de apoio, abrindo hospedagem também para os homens, já que as casas são destinadas apenas a mulheres e crianças. Para a implementação de 140 novos leitos serão necessários R$ 55 milhões. Atualmente, o Aldenora Bello recebe 3.400 pacientes por ano. Os deputados que assinaram a emenda podem dormir tranquilos porque fizeram um grande gesto.

Eleitoral I


Os eleitos em São Luís serão diplomados no dia 18. A diplomação será comandada pelo juiz eleitoral Jamil Aguiar de Souza, titular da 76ª Zona Eleitoral, por ser o mais antigo da capital. A solenidade de diplomação acontecerá no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, o que já começa a se tornar tradição.

Eleitoral II


De volta de um encontro que avaliou o desempenho da Justiça Eleitoral nas eleições deste ano, o vice-presidente e corregedor do TRE, desembargador José Bernardo Rodrigues, esbanja otimismo. Para ele, o resultado do processo eleitoral no Maranhão foi uma mostra de que a Justiça Eleitoral está, de fato, preparada e aparelhada para fazer a parte que lhe cabe. Mas avalia que o processo tem muito para avançar.

Eleitoral III


Até antes das eleições, José Bernardo Rodrigues trabalhava com três palavras-chave: segurança, transparência e eficiência. Durante o processo eleitoral, acrescentou, não uma palavra, mas uma expressão: hora da realização. Explica que a nova motivação diz respeito a todos - responsáveis pelo processo eleitoral e eleitores -, porque realização é ter eleições limpas com candidatos limpos.

Eleitoral IV


O corregedor eleitoral José Bernardo Rodrigues aposta todas as suas fichas, como magistrado e cidadão, na Lei da Ficha Limpa. Para ele, todos deveriam conhecer a lei, para, a partir daí, criar consciência em relação a partidos e a candidatos. - É fundamental que os partidos criem consciência e lancem candidatos limpos e que os eleitores escolham bons candidatos. Essa será a hora da realização - definiu.

Não foi


O prefeito eleito Edivaldo Júnior (PTC) não compareceu ontem ao encontro com a militância do PCdoB, anunciado desde o início da semana. Para alguns jornalistas presentes, a ausência seria uma tentativa de mostrar que não está tutelado pelos comunistas. Outros, no entanto, interpretaram a ausência como um gesto para evitar a própria imprensa, que quer ouvir sua opinião sobre a possibilidade de reajuste nas tarifas de ônibus, aberta pelo vice Roberto Rocha (PSB).

Conselho


A reunião de Edivaldo Júnior com o PCdoB foi anunciada pelos próprios comunistas em blogs e redes sociais. Mas as críticas de que ele estava seguindo agenda do PCdoB neste período de transição gerou novo mal-estar no grupo que o apoia. O prefeito eleito teria sido aconselhado a não ir ao encontro pelo pai, o tarimbado ex-deputado Edivaldo Holanda.

Re-re-re-..., não


Os defensores da candidatura do vereador Isaías Pereirinha (PSL) à presidência da Câmara Municipal encontraram uma forma de amenizar a busca pelo quinto mandato. Agora justificam em rádios e blogs que ele não está se reelegendo, mas "elegendo-se novamente". Uma mera figura de linguagem para justificar a busca pelo quinto mandato consecutivo no comando da Casa.

Sem ele


O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) se mostra incomodado sempre que aparece como sendo candidato do suplente de deputado Weverton Rocha à presidência da Câmara. Afirma que sua candidatura é um projeto de um grupo de vereadores e que nada tem a ver com o parlamentar que hoje preside o PDT. O próprio Weverton já teria declarado que não quebraria lanças pela eleição de Rodrigues.

De saída


O presidente do PPS, Paulo Matos, está de saída do partido. Ainda não ficaram claros os motivos do rompimento, mas a vice-presidente Eliziane Gama já foi comunicada para assumir o partido. No controle da legenda, Eliziane pretende costurar o projeto da terceira via que imaginou após o 1º turno das eleições em São Luís.

Seminário


Orientado pela governadora Roseana Sarney, o secretário-chefe da Casa Civil, Luis Fernando Silva está ultimando os detalhes do Seminário de Integração. O evento, como se sabe, reunirá em São Luís, nos dias 19 e 20, cerca de 1.500 participantes, entre prefeitos, vices e vereadores eleitos e reeleitos. Luis Fernando Silva será um dos principais conferencistas e falará sobre os temas "Uma nova proposta de governança municipal" e "Programa Viva Maranhão".

E MAIS


A área de Comunicação da Prefeitura de São Luís está sendo cobrada a mostrar realizações viárias do prefeito João Castelo que poucos conhecem.

Os líderes do Governo e do Blocão na Assembleia Legislativa, deputados, César Pires (PMDB) e Tatá Milhomem (PSD) apoiam a obra no Italuís.

Ninguém faz desta publicamente, mas nos bastidores os empresários do setor de transporte coletivo vibraram com a avaliação do vice-prefeito Roberto Rocha.

Em resposta a uma indagação da coluna, fonte próxima ao prefeito João Castelo afirma que ele entregará a primeira linha do VLT antes de deixar o cargo.

Corre nos bastidores a articulação de um acordão para resolver a eleição da Mesa da Câmara de São Luís.