terça-feira, 13 de novembro de 2018

Caso de Adriana Santos é destaque no programa Bandeira 2. "É isso que tem que ser apurado viu seu Eduardo". Silvan Alves sobre agressão

II MARCHA ALANA LUDMILA: TODOS PELA PAZ REÚNE CENTENAS DE PESSOAS NO MAIOBÃO


Na tarde da última sexta-feira (9), uma caminhada no Maiobão marcou 1 ano da morte da garota Alana Ludmila, de 10 anos, assassinada no dia 1º de novembro de 2017 em sua casa naquele bairro. Familiares, amigos, membros da gestão municipal, estudantes luminenses e a população em geral realizaram a "II Marcha Alana Ludmila: todos pela Paz", em memória da menor e pelo fim da violência em Paço do Lumiar. Com camisas brancas, uma multidão saiu da porta da escola comunitária Sagrada Família, no conjunto Maiobão, onde Alana estudava, com faixas e cartazes. A passeata seguiu até a Avenida 10, na praça da Bíblia. Durante todo o percurso massagens de paz foram transmitidas e orações realizadas. Em solidariedade à família, o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra ( PCdoB), caminhou ao lado da mãe da menor assassinada, Jaciane Pereira, durante todo o trajeto. Em um breve discurso, o prefeito lamentou mais uma vez a tragédia e fez um alerta. "Esse crime que chocou o país inteiro nunca será esquecido. Eu lamento profundamente e vou lamentar o resto da minha vida pelo aconteceu. Uma tragédia que interrompeu a vida de uma criança inocente, um crime bárbaro que nunca pudemos imaginar acontecer em nosso município. Estamos aqui em memória de Alana Ludmila, mas também para chamar a atenção da sociedade, pois a violência contra mulheres e meninas não pode mais ser encarada com naturalidade. Olhe para as mulheres que o cercam. Pense naquelas queridas por sua família e sua comunidade. E entenda que há uma probabilidade estatística de que muitas delas tenham ou podem sofrer violência durante sua vida, vamos ser atentos, vamos cuidar uns dos outros", disse o prefeito. A mãe, Jaciene Pereira, recebeu apoio e abraços. Para ela, a morte da filha hoje serve de alerta. "Você deve pensar que crimes como este estão longe de sua casa, assim como um dia eu pensei, mas não estão. A violência está em todo lugar e pode estar até mesmo embaixo do seu teto. Eu choro todos os dias e a cada mês que se passa a saudade só aumenta. O que me conforta é ver o quanto minha filha era amada e que o triste caso dela serve de alerta e de impulso para que as pessoas combatam a violência", declarou a mãe. A caminhada se encerrou de forma emocionante. Amiguinhas da Alana Ludmila cantaram em homenagem a ela e pastores de igrejas evangélicas do município oraram pela paz em Paço do Lumiar.

A União Brasileira de Mulheres – UBM/MA, manifesta indignação frente à violência sofrida pela radialista Adriana Sousa, da Rádio Cultura do Conjunto Maiobão, no último dia 07 de Novembro.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o agressor, o advogado e ex candidato a vereador de Paço do Lumiar, Eduardo Cruz, espancou a vítima em seu escritório, de modo que, a agressão está sendo considerada como tentativa de homicídio, tal a violência do ato.

Não podemos compactuar com atrocidades como essa, sofrida todos os dias
por mulheres em nosso município. Recentemente lembramos, por meio de uma caminhada, o feminicídio sofrido pela menina Alanna Ludmila que completou um ano
neste mês de Novembro.

Todos os dias milhares de mulheres sofrem violência das mais diversas naturezas. Vítimas são da dureza e brutalidade pela qual são submetidas vivendo sob o medo do machismo e do patriarcado. Em Paço do Lumiar, município que registra índices
alarmantes, mesmo depois da Lei Maria da Penha que busca garantir com mais eficácia
a punição aos agressores, nos traz um dado importante para pensar sobre o combate a violência: a agressão não tem classe social, mas tem cor, levando em consideração que
mulheres negras são as mais vitimadas, face as mulheres brancas.

Deste modo, é
necessário pensar políticas de apoio, assistência e educação que favoreçam uma cultura não sexista para todas as mulheres, independente de classe ou cor, mas refinar o olhar para este último no sentido de combater os padrões de violência que são perpetuados.

Por isso, em repúdio à violência sofrida por Adriana e tantas outras
Adrianas, instituiu-se os dias que vão entre 25 de Novembro e 10 de Dezembro, a
campanha internacional dos 16 Dias de Ativismo contra a Violência de Gênero, passando
pelo 06 de Dezembro que é o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da
Violência Contra as Mulheres e, no Brasil, desde 2003, as atividades começam a partir do dia 20 de Novembro, dia da Consciência Negra. Que estas datas nos tragam a reflexão necessária, bem como o empenho de homens e mulheres para uma sociedade mais igualitária, justa e fraterna.

domingo, 11 de novembro de 2018

Radialista Adriana Santos resolve falar sobre Eduardo Cruz, seu ex

A radialista Adriana Santos está separada há aproximadamente 6 meses do advogado Eduardo Cruz, com quem inclusive morou por 2 meses. O seu ex-companheiro a defendia num ação trabalhista. Mas como o relacionamento acabou, ela resolveu trocar de advogado e foi até o escritório dele na ultima quarta-feira (7). Quando estavam juntos, ele a ajudava com os custos de sua empresa de produção de eventos, com determinadas quantias em dinheiro. O que ela não sabia, era que o advogado iria cobrar todo esse dinheiro após o termino do relacionamento. 

Dentro do seu escritório o advogado relatou que sua ex tinha um dívida com ele, que a radialista nega. Foi por esse motivo que segunda Adriana, eles começaram a brigar. A comunicadora relatou que Eduardo Cruz teve a ajuda de sua estagiária e da irmã dela, que abriram a porta quando escutaram o barulho da confusão. A radialista afirma que ao contrário do que pensava, que iria receber a ajuda das irmãs, ela foi na verdade espancada pelos 3. Registrou inclusive Boletim de Ocorrência contando os fatos. 
Veja o vídeo da radialista:

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Brasil cai para lanterna em ranking de “Valorização do Professor”


Em um levantamento de uma organização internacional que considerou 35 países, aparecemos como a nação em que os docentes têm menor prestígio

Por Guilherme Eler




(Neven Krcmarek / EyeEm/Montagem sobre reprodução)

Só 1 em cada 5 brasileiros recomendaria a carreira de professor a um filho, e apenas 9% acha que os estudantes respeitam seus mestres em sala de aula.

É por essas e outras que não surpreende muito descobrir que o Brasil ficou com a última posição em um ranking que avalia o status de profissionais da educação, chamado de Índice Global de Status de Professores 2018. Elaborado pela Varkey Foundation, entidade focada na melhoria da educação infantil, o relatório teve seus resultados divulgados na última quarta-feira (7). Em cada país, foram entrevistadas mil pessoas, de 16 a 64 anos, e mais de 5,5 mil docentes.

De uma lista de 35 países, somos a nação que menos valoriza seus professores. Éramos os penúltimos. Nossa posição foi piorada em comparação ao levantamento anterior: em 2013, o Brasil era o número 20 de um total de 21 países. Com o novo estudo, que considerou um número de nações quase duas vezes maior, passamos a amargar a lanterna.

O resultado brasileiro conseguiu ser pior do que o de todos os outros vizinhos de continente considerados na pesquisa. São eles, em ordem decrescente, a Argentina (31°), Colômbia (26°), Peru (25°), Chile (22) e o melhor do grupo, o Panamá (15°).




(Arte/Superinteressante)

Apenas 8% dos brasileiros entrevistados disse que a profissão de professores tem prestígio semelhante a de um médico. Entre 14 profissões diferentes, incluindo cargos como médicos, enfermeiros, bibliotecários e assistentes sociais, brasileiros avaliaram professores de ensino fundamental em último lugar.

Melhor arrumar as malas e partir para a Ásia. Em países como China, Malásia e Taiwan, quem ensina tem maior prestígio. Coreia do Sul e Cingapura aparecem bem ranqueados, no top 6 dos que mais sinalizam respeito aos mestres – logo após a Rússia, quarto lugar. Na China, 81% das pessoas acreditam que os alunos respeitam seus professores. A média mundial é de 36%.

Na maioria dos países analisados, costuma-se subestimar a jornada diária e a carga de trabalho dos professores. As duas exceções para essa regra, curiosamente, correspondem a duas nações que sempre costumam figurar entre as principais referências mundiais em educação, Canadá e Finlândia.

No Brasil, entrevistados estimaram que professores trabalham, em média, por 39.2 horas por semana. Segundo o indicador, a realidade costuma ser, normalmente, de 47.7 horas semanais trabalhadas.

Veja também


IdeiasBrasil é o terceiro país mais ignorante do mundoquery_builder10 dez 2015 - 17h12

Em uma escala de zero a 10, a nota média do sistema educacional do país foi 4.2. Só o Egito deu uma nota menor para seus mestres, 3.8.

O chute feito pelos entrevistados brasileiros, nesse caso, passou bem perto da realidade. No ranking PISA, uma das principais avaliações de desempenho escolar do mundo, o Brasil é superado por 28 dos trinta países. Da lista, estamos na frente apenas o Peru. Todas essas considerações fazem parte da seção do relatório que trata especificamente da realidade brasileira.

“Esse levantamento finalmente é uma prova acadêmica de algo que sempre soubemos, meio instintivamente: a relação entre o respeito de um professor em dada sociedade e o desempenho das crianças na escola”, disse Sunny Varkey, fundador da instituição responsável pelo estudo, em entrevista à BBC. “Podemos, agora, afirmar sem dúvida alguma que respeitar os professores não é importante apenas como obrigação moral, é essencial para os resultados educacionais de um país”.

Você pode ler o relatório completo, e ter outras informações sobre o status de professores pelo mundo, clicando neste link.

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

NOTA DE REPÚDIO : CHEGA DE VIOLÊNCIA CONTRA MULHER. (Advogado Eduardo Cruz)


A Secretaria Municipal de Direitos Humanos de Paço do Lumiar, por meio da coordenação da mulher, vem manifestar publicamente seu mais profundo repúdio ao episódio ocorrido nesta última quarta-feira(7), no conjunto Maiobão, onde o advogado Eduardo Cruz, agrediu verbal e fisicamente sua ex-namorada, a radialista Adriana Santos.

Mais uma vez a sociedade Luminense assiste a culpabilização da vítima, pois nas redes sociais o agressor e seus amigos, tentam camuflar e justificar a agressão, que até o momento segue  impune. O lamentável ocorrido reforça o sexismo e o machismo exacerbado existentes em nossa sociedade, que ainda preserva características patriarcais e enxerga a mulher como mero objeto sexual, uma concepção formulada por uma sociedade que permanece estruturalmente machista.

A busca pela efetivação dos direitos humanos das mulheres tem como objetivo o enfrentamento a todas as manifestações que tentam legitimar, naturalizar ou justificar a violência de gênero, como vem tentando fazer o agressor Eduardo Cruz. Assim, agredir uma mulher seja por qualquer motivo ou circunstância é um ato covarde, desprezível e injustificável.

O que nos causa extrema preocupação ao ver a população tratando a violência contra mulher, com tanta naturalidade, são os dados alarmantes de feminicidios no Maranhão, que até Agosto chegou a 25. Aqui em nosso município, os casos estão ficando frequentes, acompanhamos a triste morte da menina Alana Ludmila, assistimos o drama de uma mulher esfaqueado pelo marido e pudemos ver até mesmo, a primeira dama desta cidade, senhora Núbia Feitosa, levar três tiros ao tentar ajudar outra mulher.

Diante a esse triste e real cenário, é  necessário que as mulheres rompam com o silêncio que as aprisiona em relações de dominação e violência, mas é igualmente importante o envolvimento da sociedade. Entre tantas urgências, nos manifestamos pela garantia dos direitos humanos das mulheres, que implica na plena efetivação da Lei Maria da Penha e por uma educação que favoreça uma cultura não sexista capaz de combater o machismo e a violência contra as mulheres.
Solicitamos e aguardamos um posicionamento da  OAB-MA e do Sindicato dos radialistas, diante ao fato.

DENUNCIE A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER!

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Advogado Eduardo Cruz espancou radialista em seu escritório


A radialista Adriana Santos, da Rádio Cultura do Maiobão, deu entrada no início da noite desta quarta-feira na UPA do Bacanga, vítima de espancamento por parte do advogado Eduardo Cruz, ex-candidato a vereador em Paço do Lumiar e pessoa bastante conhecida no meio político do município, onde é aliado da família Aroso. A radialista é ex-namorada do advogado.

As agressões e espancamento ocorreram no escritório do advogado. Logo após ser agredida, a radialista registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia do Maiobão, segundo testemunhas, o advogado Eduardo Cruz já estava na delegacia contando a sua versão, acompanhado de um outro advogado, tentando minimizar a gravidade da situação.

Após registra o B.O., Adriana se dirigiu ao IML para exame de corpo de delito. Ela apresentava hematomas por todo o corpo e marcas roxas no pescoço. No entanto, antes de fazer o exame, a radialista passou mal com fortes dores no braço e foi internada na UPA do Bacanga, sendo depois transferida para o Hospital Socorrão I, com suspeita de fratura.

Segundo testemunhas, o motivo da discussão que levou às agressões teria sido uma ação trabalhista que Adriana Santos move contra uma empresa e que estaria sob a responsabilidade de Eduardo Cruz.

Com o fim do relacionamento entre os dois, a radialista foi ao escritório de Eduardo Cruz informar que outro advogado assumiria o processo. Este fato teria causado irritação em Eduardo, que passou a agredir a radialista verbal e fisicamente, sendo testemunhado por várias pessoas.

A sociedade espera que este não seja mais um caso de agressão à mulher que ficará impune.

Com a palavra, o sindicato dos radialistas do Maranhão…



Fachin envia pedido de liberdade de Lula para 2º turma do STF

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Delegado do caso Daniel diz que família suspeita em envolvimento na morte do jogador está mentindo

Polícia diz que vai indiciar Edison Brittes Júnior, a esposa Cristiana e a filha Allana por homicídio qualificado e coação de testemunhas. Delegado disse nesta terça-feira (6) que não acredita na tentativa de estupro.

Por G1 PR e RPC Curitiba — Curitiba

06/11/2018 11h11 Atualizado agora
































00:00/05:20











Edison, Cristiana Brittes e filha deles serão indiciados por assassinato do jogador Daniel

O delegado da Polícia Civil de São José dos Pinhais, Amadeu Trevisan, acredita que Cristiana Brittes e a filha dela Allana mentiram em depoimento prestado à polícia. Segundo o delegado, a família será indiciada por homicídio qualificado e coação de testemunhas.

De acordo com Trevisan, as duas combinaram uma versão com Edison Brittes Júnior, suspeito de ter matado o jogador Daniel, marido de Cristiana e pai de Allana, a respeito do espancamento e morte do atleta. "Eles estão mentindo", disse o delegado nesta terça-feira (6).

O corpo de Daniel Corrêia Freitas, de 24 anos, foi encontrado no dia 27 de outubro na região de Curitiba.

A sequência dos fatos e o que ainda não está claro sobre o crime

Cristiana e Allana foram ouvidas pela polícia na segunda-feira (5). Edison Júnior teve o depoimento adiado na manhã desta terça-feira porque seu advogado não compareceu à delegacia, mas em entrevista à RPC confessou ter matado o jogador.

Edison Júnior diz que reagiu "sob forte emoção" ao ver Daniel deitado ao lado da sua esposa. O empresário alega que o jogador tentou estuprar Cristiana.

O que a polícia acredita

Para o delegado, no entanto, o crime está esclarecido. "Já conseguimos reconstruir tudo que aconteceu na casa no dia do assassinato. Vamos ouvir mais algumas testemunhas hoje e teremos o depoimento do Edison amanhã", explicou Trevisan.

Segundo Trevisan, não há provas de que o jogador tentou estuprar Cristiana. "Confrontando as mensagens que Daniel trocou com amigos e os depoimentos, parece que Daniel só fez uma brincadeira infeliz, mas não há indícios de tentativa de estupro", disse.

O delegado acredita que a alegação da tentativa de estupro é um "fato isolado". "É a palavra dela, apenas", disse Trevisan.

Segundo o delegado, também não procede a versão da família de que Edison reagiu por "violenta emoção".

"Temos que observar o lapso temporal [do crime]" afirmou Amadeu Trevisan. "Edison teve tempo de espancar a vítima, de pegar uma faca, colocar a vítima no porta-malas e se deslocar até o local do crime. Não houve violenta emoção", completou.

O G1 entrou em contato com a defesa da família Brittes, mas até o momento não obteve resposta.



Polícia diz que vai indiciar Edison Brittes Júnior, a esposa Cristiana e a filha Allana por homicídio qualificado e coação de testemunhas. — Foto: Reprodução/RPC

Versão dos suspeitos

Em depoimento à Polícia Civil, a Cristiana Brittes disse que acordou com o jogador deitado sobre ela de cueca e que, então, começou a gritar assustada. "Ele dizia: 'Calma, é o Daniel', contou.

Cristiana disse no depoimento que Daniel estava "excitado" e que esfregava o pênis, que estava fora da cueca, pelo corpo dela. A mulher de Edison relatou também que o marido foi o primeiro a entrar no quarto, depois de arrombar a porta.

A filha do casal, Allana, também prestou depoimento. Allana disse ter ouvido gritos na casa e que, ao chegar no quarto dos pais, encontrou Edison segurando Daniel pelo pescoço, "como se o enforcasse".

A filha confirmou à polícia que a mãe tinha dito que Daniel tinha tentado estuprá-la.

Em entrevista à RPC, o empresário Edison Brittes Júnior disse que perdeu o controle quando agrediu Daniel. "Eu fiquei aterrorizado quando vi ele com a minha mulher", disse o empresário.

"Eu bati muito nele. Muito, muito. Tirei ele para fora da casa, não sei se estava acordado, desacordado, se só tinha fechado o olho", afirmou Edison.

Depois da agressão, segundo ele, o empresário colocou Daniel no porta-malas do carro e o tirou da casa, junto de três amigos.

Ele conta que os amigos tentaram o impedir de cometer o crime, “mas não iam conseguir” em função do descontrole emocional que tomou conta do empresário. Edison Brittes Júnior disse que usou uma faca para matar o jogador.


Empresário Edison Júnior, de 38 anos, a esposa dele Cristiana Brittes, de 35 anos, e a filha do casal Allana Brittes, de 18 anos, estão presos temporariamente — Foto: Reprodução/TV Globo

Coação de testemunhas

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Edison, Cristiana e Allana coagiram as testemunhas do crime para que combinassem uma versão diferente do caso.

Segundo a polícia, antes de ser preso, Edison Júnior chamou pessoas que estavam na festa para uma conversa em um shopping, em que o empresário tentou combinar a versão de que Daniel teria saído mais cedo da festa, ainda com vida.

O delegado também disse que, neste encontro, Edison pediu para que algumas testemunhas fossem "tiradas" da versão combinada.

Perícia

A polícia já recebeu o laudo da perícia realizada no corpo de Daniel. Segundo o laudo, o jogador apresentava 13,4 decigramas de álcool por litro de sangue.

"É uma dosagem muito alta, que prova que Daniel não tinha a menor capacidade de reagir às agressões", explicou o delegado.

O laudo também aponta que Daniel não usou drogas na noite da festa.

A polícia não encontrou os pertences do jogador. A investigação trabalha com a hipótese de que as roupas e celular de Daniel tenham sido queimados.

A faca do crime, que segundo o suspeito teria sido jogada em um riacho próximo ao local onde o corpo foi encontrado, também não foi encontrada.

Outros suspeitos

Um quarto suspeito se apresentou à polícia na segunda-feira, mas foi liberado.


Outros dois suspeitos que teriam espancado Daniel e acompanhado Edison no carro até o local onde o corpo foi encontrado se colocaram à disposição da polícia, mas ainda não foram ouvidos.

Daniel

O meia Daniel estava emprestado pelo São Paulo ao São Bento, time que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. Em 2017, jogou no Coritiba.

Daniel nasceu em Juiz de Fora (MG) e tinha 24 anos. Revelado pelo Cruzeiro, o meia também passou pelo Botafogo e Ponte Preta.

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Agentes de trânsito auxiliam pedestres no Maiobão - Paço do Lumiar

Prefeitura de Paço do Lumiar lembra de 1 ano da morte de Alana Ludmila



A Prefeitura de Paço do Lumiar se solidariza com a família e amigos da menina Alana Ludmila pela passagem de 1 ano do seu falecimento e convida a população luminense para uma caminhada pela paz em homenagem à estudante luminense, assassinada em sua casa no Maiobão.

A “II Marcha Alana Ludmila Todos pela Paz” será realizada no dia 9 de novembro, a partir das 15h30, com concentração na escola comunitária Centro Educacional Sagrada Família, na Rua 24, no Maiobão, e seguirá em direção à Praça da Bíblia, na Avenida 10.

A marcha é uma realização da escola Sagrada Família, onde Alana Ludmila estudava, e conta com o apoio da Prefeitura de Paço do Lumiar. A organização sugere que todos vistam camisa branca.

“Me solidarizo com a família da Alana Ludmila na passagem destes 365 dias de muita saudade e tristeza. Rogo a Deus para que hoje os corações de todos batam com mais serenidade, embora com eterna saudade”, declarou o prefeito Dutra, que participará da caminhada ao lado de membros da gestão municipal.

sábado, 3 de novembro de 2018

Revisão para o Enem 2018 na faculdade IESF nesta quinta-feira dia 8 de nov, as 14:00hrs

📚 REVISÃO DE FÍSICA, BIOLOGIA E MATEMÁTICA PARA O ENEM
🔸A revisão de Física e Matemática fica por conta do professor do IEMA, Horácio Lisboa - FERRUGEM (Licenciatura em Física pela Universidade Federal do Pará - UFPA. Estuda Mestrado Nacional Profissional em ensino de Física no IFMA. Trabalhou como Professor de matemática e Física na Escola Sesi Santa Izabel do Pará).
🔸A revisão de Biologia fica por conta do professor JONILSON RIBEIRO (licenciado em Ciências biológicas pela Universidade estadual do Maranhão - UEMA, especialista em Docência do Ens. Superior).
🕒Tem início pontualmente às 14:00hrs na Faculdade IESF, no Maiobão, Av14.
📝Inscreva-se somente pelo whatsapp (98)98166-2014.
📕É grátis, por se tratar de um projeto social de iniciativa do universitário Clayton Collins, do professor Joan Botelho e com apoio da Faculdade IESF.
✍🏼Participe!


sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Outubro Rosa dá passagem para a campanha Novembro Azul

Depois de um mês dedicado à prevenção do câncer de mama, campanha se volta agora à saúde do homem

Repórter Nacional - Amazônia
No AR em 01/11/2018 - 09:13

A capital amapaense vai dar início à campanha Novembro Azul, para conscientização e prevenção do câncer de próstata, já nesta quinta-feira, 1º de novembro.

A abertura acontecerá na Unidade Básica de Saúde da Cidade Nova, a partir das 8h, com disponibilização de testes de glicemia, aferição de pressão arterial, teste rápido, vacina, além das requisições para exames de PSA e colesterol para homens acima de 40 anos de idade.

A Prefeitura de Macapá destaca que o Novembro Azul é uma iniciativa que já faz parte do calendário nacional das ações de prevenção. Além de conscientizar a poppulação sobre o câncer de próstata, a campanha também incentiva os homens a fazerem exames regularmente.

De acordo com o Ministério da Saúde, o câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens, é a causa da morte de quase 29% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. Dados do Instituto Nacional do Câncer apontam que um homem morre a cada 38 minutos devido a esse tipo de doença no Brasil.

terça-feira, 30 de outubro de 2018

PREFEITO DE PAÇO DO LUMIAR SANCIONA LEI QUE REAJUSTA SALÁRIOS DE SERVIDORES PÚBLICOS

O Prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PcdoB), sancionou nesta segunda-feira(29), durante um ato solene no Instituto de Ensino Superior Franciscano (IESF), o projeto de lei 760, que trata do reajuste salarial do funcionalismo público.


Projeto Social de Aulões para o Enem na faculdade IESF, se repete nesta quinta-feira (01/11)


Centena de estudantes estão se beneficiando com esse projeto social abraçado pela faculdade IESF, nas pessoas dos diretores Tiago e Claudio Carneiro, e idealizado pelo universitário Clayton Collins e pelo professor e escritor Joan Botelho.No último dia 27 os estudantes assistiram aulas de matemática e física.

Confira a programação desta quinta-feira:

📚 REVISÃO DE GEOGRAFIA E HISTÓRIA PARA O ENEM.

A revisão de Geografia fica por conta do prof. Deivid dos cursos Equação e Ômega, a de História será com o escritor e prof.Joan Botelho, do IFMA, teorema e outros. Tem início as 14:00hrs na Faculdade IESF, no Maiobão, Av14. 📝Inscreva-se somente pelo whatsapp (98)98166-2014.

É grátis, por se tratar de um projeto social. Participe!

Prazo para renovar contratos do Fies começa nesta segunda

Cerca de 50 mil estudantes assinaram os contratos no primeiro semestre de 2018 e devem realizar o aditamento. Foto: Reprodução 

Por: Da Redação e informações da Agência Brasil Data de publicação: 29 de Outubro de 2018 

Começou nesta segunda, 19, o processo de renovação dos contratos do Novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Cerca de 50 mil estudantes assinaram os contratos no primeiro semestre de 2018 e devem realizar o aditamento. A renovação dos contratos deve ser feita na página http://sifesweb.caixa.gov.br até o dia 30 de novembro. Segundo a Caixa Econômica Federal, caso haja necessidade de alterações no contrato, como a troca de ador, o estudante deve comparecer a uma agência da Caixa com o novo ador e apresentar os novos documentos comprobatórios. O processo de renovação é voltado apenas para os contratos rmados este ano no âmbito do Novo Fies. Para esses contratos, o aditamento, que era feito pelo sistema do Ministério da Educação (MEC), passa a ser executado pela Caixa, o novo agente operador do Fies. 

Como funciona 

O Fies concede financiamento em instituições privadas de ensino superior. O novo Fies, lançado no ano passado, tem modalidades de acordo com a renda familiar. A modalidade Fies tem juro zero para os candidatos com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos. Nesse caso, o financiamento mínimo é de 50% do curso, enquanto o limite máximo semestral é de R$ 42 mil. A modalidade chamada de P-Fies é para candidatos com renda familiar per capita entre 3 e 5 salários mínimos. Nesse caso, o financiamento é feito por condições denfidas pelo agente financeiro operador de crédito que pode ser um banco privado ou fundos constitucionais e de desenvolvimento.

Últimos dias para se inscrever no Programa de Trainee da Vale

Para valorizar a diversidade no processo seletivo não há restrição de idade e serão aceitas inscrições de profissionais formados em qualquer curso de graduação 

Terminam no próximo dia 5 de novembro as inscrições para o Programa Global de Trainee da Vale. São 40 vagas, das quais 23 para o Brasil, 12 para o Canadá e cinco para Moçambique. O programa terá início em janeiro de 2019 e duração de 12 meses. 

O objetivo é atrair e desenvolver talentos que irão apoiar a transformação cultural da empresa. As inscrições devem ser feitas pelo site www.vale.com/trainee. “Buscamos pessoas que tenham perfil de liderança, gostem de trabalhar em equipe, curtam projetos inovadores, sejam comunicativos e abertos a novas ideias, e acima de tudo,tenham vontade de aprender e viver novas experiências”, explica a diretora de Pessoas, Marina Quental. 

Os trainees deverão ajudar a construir a Vale do futuro, uma empresa de maior colaboração e integração entre áreas, agilidade e mindset global. Para isso, a empresa vai oferecer experiências multidisciplinares que darão uma visão integrada dos negócios, 

Recomendadas para você incluindo a participação em projetos de alcance global e rotações em diferentes áreas da empresa. Por meio de ações de desenvolvimento customizadas e baseadas em formas inovadoras de aprendizagem, os trainees poderão vivenciar experiências que contribuirão para a sua carreira. Eles contarão ainda com o apoio de mentoria individual. Para valorizar a diversidade no processo seletivo não há restrição de idade e serão aceitas inscrições de profissionais formados em qualquer curso de graduação entre julho de 2015 e dezembro de 2018. É preciso ter inglês avançado e mobilidade para viagens. 

O processo envolve três etapas: um desao online, uma dinâmica de grupo virtual e, por m, uma avaliação presencial com a participação dos executivos. A ideia é que o processo seja uma experiência convidativa e transparente para todos os candidatos, com feedbacks claros e uma comunicação mais próxima, desde a inscrição até o m de cada etapa. Todas as vagas oferecem benefícios como assistência médica e seguro de vida.

Última semana para se inscrever em concurso de Guarda Municipal de Imperatriz

O Concurso da Prefeitura de Imperatriz visa preencher 50 vagas para o cargo de Guarda Municipal. A remuneração é de R$ 1.335,83 para 44 horas semanais; baixe o edital Terminam neste domingo, 04, as inscrições online para o concurso público da Prefeitura de Imperatriz, que visa preencher 50 vagas para o cargo de Guarda Municipal (39 para homens e 11 para mulheres), sendo três reservadas a pessoas com deficiência. 

O interessado em concorrer deve ter ensino médio completo. A remuneração é de R$ 1.335,83 para 44 horas semanais. As inscrições são realizadas no site da Fundação Sousândrade, a banca organizadora do certame, até às 18h do domingo. A taxa é de R$ 100, e as provas objetivas deverão ser realizadas no dia 18 de novembro. Será realizada investigação social,teste de aptidão física (TAF), exames médicos, avaliação psicológica e curso de formação. 

O prazo de validade do concurso da Prefeitura de Imperatriz será de dois anos, contado a partir da publicação oficial da homologação do resultado final após fase recursal, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da administração pública. 

Baixe aqui o edital do Concurso da Prefeitura de Imperatriz 

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Aulão para o Enem Uema grátis em Paço do Lumiar, nesta quinta-feira as 14 horas, na Faculdade IESF


📚 REVISÃO DE GEOGRAFIA E HISTÓRIA PARA O ENEM.
A revisão de Geografia fica por conta do prof. Deivid dos cursos Equação e Ômega, a de História será com o escritor e prof.Joan Botelho, do IFMA, teorema e outros. Tem início as 14:00hrs na Faculdade IESF, no Maiobão, Av14. 📝Inscreva-se somente pelo whatsapp (98)98166-2014.
É grátis, por se tratar de um projeto social de iniciativa do universitário Clayton Collins, do professor Joan Botelho e com apoio da Faculdade IESF. ✍🏼Participe!

Dicas para o Enem do professor Gilmar dos Anjos. Confira!

Dep. Duarte Jr. vai lutar por mais creches e escolas para a cidade de São Luís, reiterou em visita ao prefeito Edivaldo Holanda Jr.

O deputado estadual Duarte Jr. em visita ao prefeito Edivaldo Holanda Jr. ratificou seu compromisso com a cidade de São Luís. "Como Deputado Estadual, vou destinar recursos para a manutenção e construção de creches, além de obras de infraestrutura e melhorais na rede de ensino. Vamos lutar para fazer São Luís avançar mais". 

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Suspensa a paralisação dos Rodoviários

O Sindicato dos Rodoviários divulgou nota informando que foi suspensa a paralisação da categoria programado para a tarde desta sexta-feira (26).

Veja nota na íntegra

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão informa que o Ministério Público do Trabalho convocou os representantes da entidade e os patrões para uma mediação, que deve acontecer na próxima terça-feira (30), com horário ainda a definir.

Por esta razão e também por conta da notificação encaminhada pelo Tribunal Regional do Trabalho ainda na tarde de quinta-feira (25), a entidade, por orientação do departamento jurídico, decidiu suspender a paralisação marcada para a tarde desta sexta-feira (26).

O Sindicato dos Rodoviários convoca os trabalhadores para nova Assembléia Geral, neste sábado (27), a partir das 09 horas, na sede da entidade, para avaliar o movimento até aqui e decidir os próximos rumos, já que a categoria permanece em Estado de Greve.

Ascom Sind. Rodoviários – MA

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

O lado social da Faculdade IESF - Aulão Enem/UEMA

A faculdade IESF leva muito a sério o lado social, apoia diversos projetos da comunidade, inclusive o de aulas complementares para a prova da UEMA e para o Enem. O projeto é de iniciativa do universitário, Clayton Collins e do professor Joan Botelho, que com apoio da faculdade e com os demais professores que se engajam nessa responsabilidade social, conseguem proporcionar essa prestação de serviço para esses jovens. 

No último dia 20 de outubro ocorreu o aulão específico para a análise das obras para o vestibular da Universidade Estadual do Maranhão, foi muito proveitoso, e os estudantes agradeceram bastante a oportunidade. "Nem todos podemos pagar, porque é muito caro pra gente, nossas famílias são humildes, esse projeto está de parabéns!". Disse a estudante Rafisa Diniz. 

Confira algumas fotos: 





Prefeito Domingos Dutra(PcdoB) participa do lançamento do curso de capacitação de Auditores.

 A gestão Dutra entende que o auditor fiscal é figura essencial ao Munícipio. Sem ele, a arrecadação não se realiza e, consequentemente, os investimentos em melhorias para a população também. 

domingo, 21 de outubro de 2018

Dia Mundial da Alimentação em Paço do Lumiar

Nota de Nubia Feitosa


Eu sorrio em ver membro da dinastia do fracasso, bodejar e dizer que eu atrapalho a gestão do prefeito Domingos Dutra. É preciso entender que Dutra, tem uma esposa que colabora com seu governo, porque estudou, tem profissão e competência para lhe auxiliar. 
Não me cabe a culpa, se o pobre não teve ajuda, e por isso se corta todo de navalha. Não passo os dias andando nos shoppings desfrutando do dinheiro público, trabalho com orgulho ao ajudar esta gestão, com ruas asfaltadas, iluminadas e nossas crianças em escolas digna. 
Portanto, agora Paço do Lumiar conhece uma gestão de verdade, vai ser difícil aceitar o que há de pior. Importante saber que nas eleições municipais de 2012, como candidata, tive uma votação menor que a dele, com pequena diferença, uma vergonha, para ele, um soberbo ex-prefeito. 
Sou uma grande colaboradora da gestão de Domingos Dutra, e nas próximas eleições continuarei ajudado essa gestão humanizada e gloriosa, farei questão de andar de rua em rua, garantindo que seu nome, não seja nem cogitado, isto é, se o Tribunal não for mais rápido e me furtar esta caminhada. 
Destarte, faz- me rir ver a Dinastia fracassada com a dupla que jamais será dinastia, usando ex-presidiários, pelegos e toda sorte da escória, a fazerem barricadas falando em comunidade. 
De fato, agora sabemos porque a dor é tão grande nesta freqüência extensa de caráter duvidoso, pois o dinheiro público era privatizado. Cabocada engordava o bucho e agora quer a todo custo retomar o Paço, estão enganados. Agora Paço é ILUMINADO e deixou de ser uma colônia de (…). Não tão nobres.

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Dep.Federal eleito Márcio Jerry demonstra empenho em lutar por São Luís. Já esteve com os vereadores e com o prefeito.


O deputado federal eleito Márcio Jerry (PCdoB) já visitou a Câmara de São Luís e o prefeito Edivaldo Holanda Jr, isso após apenas uma semana da sua eleição. Jerry dialogou com os vereadores da capital e com o prefeito para colocar o seu mandato a disposição para um amplo trabalho conjunto que visa o fortalecimento das políticas públicas para a cidade de São Luís. 
Em São Luís, Márcio Jerry foi o quarto deputado federal mais votado, e transformará o reconhecimento e confiança da população da cidade em ações em benefício do povo. O diálogo com os vereadores e com o prefeito, faz parte da estratégia de colocar o mandato a disposição de todos que trabalham por uma São Luís melhor.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Deputado federal Marcio Jerry reúne-se com o prefeito Edivaldo Holanda Jr para seguir avançando com o desenvolvimento de São Luís


Em sua conta no twitter o prefeito destacou que é imprescindível o apoio de Márcio Jerry, no intuito de buscar em Brasília recursos e projetos para o desenvolvimento da cidade de São Luís, o deputado estava acompanhado de sua esposa, Joslene Rodrigues. 

Prefeito Edivaldo e vice, Júlio Pinheiro, participam de festa no Circo Escola para crianças atendidas pela Prefeitura

Evento, que faz parte das comemorações pelo Dia das Crianças, é parte da política de Assistência Social da gestão do prefeito Edivaldo e reuniu crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos em atividades de lazer no Circo Escola

Da Redação - Agência São Luís

Prefeito Edivaldo participa de manhã festiva com crianças atendidas em programas sociais do município. Foto: Raillen Martins

O picadeiro do Circo Escola, programa social executado pela Prefeitura de São Luís, foi palco de muitas brincadeiras, animação e alegria na manhã especial de lazer promovida, nesta quinta-feira (18), para as crianças e adolescentes atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), na capital. A iniciativa, que integra a programação de atividades desenvolvidas pela Prefeitura em comemoração ao Dia das Crianças – 12 de outubro - contou com a presença do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Cerca de 400 crianças participaram da ação, oportunidade na qual também puderam aprender um pouco da arte circense, com integrantes do grupo O Circo tá na Rua.

No evento, Edivaldo acompanhou as atividades desenvolvidas especialmente para promover momentos de interação e socialização à garotada da região. "Aqui no Circo Escola a nossa gestão já promove diversas atividades de cidadania, artísticas e culturais para o desenvolvimento educacional e psicossocial das crianças e, hoje, celebramos mais um dia especial em que elas puderam brincar, aprender e se socializar. A alegria e espontaneidade delas nos encanta e também nos estimula a fazer cada vez mais por cada menino e menina da nossa cidade", afirmou o prefeito, que esteve acompanhado da primeira-dama Camila Holanda; do vice-prefeito, Julio Pinheiro; e da secretária municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande.

Além das brincadeiras, houve ainda distribuição de brinquedos, lanches, apresentação da Turma Mateus Kids, do Grupo Mateus, parceiro da ação, entre outras atrações culturais. Também presente ao evento, o vice-prefeito Julio Pinheiro destacou o trabalho desenvolvido pela gestão municipal voltado às crianças. "A gestão do prefeito Edivaldo tem investido em ações da Assistência Social, visando à proteção, à inclusão e ao desenvolvimento saudável de nossas crianças", observou Julio Pinheiro.



Segundo a secretária municipal da Criança e Assistência Social, Andréia Lauande, o programa Circo Escola está incluído no grupo de equipamentos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). Atende mais de cinco mil pessoas de 60 bairros e tem parceria de rede socioassistencial formada por 58 entidades conveniadas. São assistidas crianças até seis anos; crianças de seis a 15 anos; adolescentes de 15 a 17 anos; e idosos.

"Na gestão do prefeito Edivaldo, todo dia é Dia das Crianças, porque trabalhamos incessantemente para promover o seu bem-estar. Todas as crianças e adolescentes atendidos pelo Circo Escola ou outra ação executada nas demais instituições sociais mantidas pela Prefeitura, participam das atividades desenvolvidas sempre no contraturno escolar, para que esse tempo seja utilizado de forma criativa e educativa. Nossas políticas públicas são voltadas as todas as crianças, independentemente do território a qual pertença", ressaltou Andreia Lauande.

A secretária afirma ainda que, além do Circo Escola, a Prefeitura desenvolve ações socioassistenciais em mais 62 entidades conveniadas, além da Casa do Bairro e o Centro de Convivência da Vila Luizão.



BRINCADEIRAS

São para crianças como os garotos Davi Castro, 12 anos, e Alessandro, 11 anos, que as ações são destinadas. No evento, eles participaram ativamente das brincadeiras e se interessaram em aprender a arte dos malabares, com a orientação da arte educadora. "Eu adoro circo e sempre fico admirado quando vejo os malabaristas fazendo aquelas apresentações. Por isso quis tentar aprender. Acho que se eu treinar um pouco mais consigo fazer melhor as manobras", disse Alessandro.

Já a estudante Anna Hadassa, 6 anos, era pura animação ao tentar usar um brinquedo artesanal que nunca tinha visto: o pé de lata. "É muito divertido andar com o pé de lata e eu adorei participar de todas as brincadeiras aqui", disse a menina.



INCLUSÃO

O Circo Escola foi criado com a proposta de promover inclusão social e ofertar atividades a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. No espaço são desenvolvidas ações como oficinas de capoeira, música, dança, rodas de leitura e outros. Além da qualificação e do lazer, as atividades realizadas buscam fortalecer o sentimento de pertencimento e identidade, valorizando e respeitando as configurações sociais, locais, assim como os costumes, história e cultura.

Também estiveram presente ao evento no Circo Escola, a coordenadora geral do Cras São Luís, Keli Cristiane; a coordenadora do Cras Cidade Operária, Noly Luzeiro; a superintendente da Proteção Social Básica da Semcas, Rosângela Miranda; a superintendente de Articulação Institucional da Semcas, Daniela Araújo; a coordenadora do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, Catiane Santos Sousa; a presidente da ONG Natureza, Arte, Vida e Educação (NAVE), organismo com a qual a Prefeitura de São Luís firmará convênio para a realização de atividades na área, no Circo Escola.

Carreata de agradecimento de Duarte Jr, deputado estadual eleito


O Dep. Duarte Jr. Esteve agradecendo seus votos em São Luís. Clayton Collins esteve presente com o mais votado em Paço do Lumiar. Esse mandato é do povo👏🏽

Ex-secretário de Saúde do Maranhão Ricardo Murad é preso por suspeita de desvio de recurso público

Murad, ex-secretário que declarou apoio a Bolsonaro, é preso por desvios milionários

Ricardo Murad, que na semana passada declarou apoio a Bolsonaro, além de preso, também teve sua candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral, o mesmo pode acontecer com o militar da reserva

Reprodução


O ex-secretário de Saúde do Maranhão, Ricardo Murad (PRP), foi preso nesta quinta-feira (18) pela Polícia Federal por desvios milionários na pasta. A prisão aconteceu menos de uma semana depois de ele ter declarado apoio ao candidato Jair Bolsonaro (PSL).

Ele foi alvo da PF por envolvimento em esquema criminoso que desviou cerca de R$ 2 milhões do sistema de saúde estadual durante o último governo Roseana Sarney (MDB). Ele foi preso preventivamente por cinco dias com mandado de busca e apreensão em sua mansão.

Murad foi encaminhado para o presídio de Pedrinhas no mesmo dia em que o jornal Folha de S.Paulo denunciou o esquema de caixa dois da campanha de Bolsonaro. O ex-secretário que foi preso hoje teve sua candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral. O mesmo pode acontecer com Bolsonaro, que foi denunciado hoje e que pode ter sua chapa impugnada neste segundo turno das eleições.

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

PAES 2019: confira o seu local de prova com antecedência

PAES 2019: confira o seu local de prova com antecedência

A Universidade Estadual do Maranhão realizará neste domingo (21) a primeira etapa do Processo Seletivo de Acesso a Educação Superior (PAES 2019). As provas serão realizadas no horário de 13h às 18h. Há 57.114 pessoas inscritas nesta edição do PAES 2019. A UEMA está ofertando 4.249 vagas neste vestibular.
Para saber seu local de prova com antecedência acesse o site.
A segunda etapa do vestibular será realizada dia 25 de Novembro. Ressalta-se que serão convocados para a segunda etapa do PAES 2019, somente os candidatos incluídos até o quádruplo do número de vagas oferecidas por curso, turno, centro e campus da UEMA e da UEMASUL.
As provas do PAES acontecerão nos campi da UEMA de São Luís, Caxias, Bacabal, Balsas, Santa Inês, Timon, Grajaú, Lago da Pedra, Zé Doca, Itapecuru – Mirim, Colinas, São João dos Patos, Barra do Corda, Codó, Coelho Neto, Pinheiro, Presidente Dutra, Pedreiras, Coroatá, São Bento e nos campi da UemaSul: Imperatriz e Açailândia.
Concorrência
Entre os cursos mais concorridos estão: Formação de Oficiais – bacharelado em Segurança Pública – (PMMA na categoria feminino / sistema especial de reservas de vagas para candidatos negros); Formação de Oficiais – bacharelado em Segurança Pública – PMMA (feminino/ no Sistema universal de vagas); Medicina e; Direito.
A disputa por vaga no curso de Formação de Oficiais – bacharelado em Segurança Pública – (Polícia Militar na categoria feminino/ sistema especial de reservas de vagas para candidatos negros) será alta. Há 386 candidatas concorrendo a uma vaga.
No curso de Formação de Oficiais – bacharelado em Segurança Pública – PMMA (categoria feminino / Sistema universal de vagas) serão 356.25 mulheres na disputa por vaga. Em seguida vem o curso de Medicina, no Campus Caxias, com 297.62 candidatos por vaga. Em quarto lugar, está o curso de Direito, Campus São Luís, com 88.22 pessoas na disputa por uma vaga.
UemaSul
A UemaSul disponibilizará  645 vagas. Excepcionalmente, o PAES 2019 da UEMA abrangerá a seleção dos candidatos às vagas disponíveis dos cursos da área de atuação da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão – UEMASUL, em decorrência de ajuste consolidado por meio do Termo Aditivo n.º 1 ao Termo de Cooperação – Protocolo de Transição entre as Instituições de Ensino Superior, e, o qual se regerá de acordo com as instruções que fazem parte integrante do Edital da PAES 2019.

Horário de verão vai começar no mesmo dia da primeira prova do Enem




Com a confirmação de que o horário de verão começará no primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no dia 4 de novembro, a recomendação é que os estudantes entrem no ritmo do novo horário, dormindo uma hora mais cedo, cerca de uma semana antes, para não serem prejudicados na hora da prova.

“A gente orienta os alunos a três, quatro dias antes do Enem, começarem a ajustar horário do sono. Uma coisa é chegar nervoso, outra é chegar cansado”, diz o professor de língua portuguesa do Colégio Único, Marcelo Freire.

Nos dias 4 e 11 de novembro, 5,5 milhões de estudantes em todo o país farão o Enem. No primeiro dia do exame (4/11), serão aplicadas as provas de linguagem, ciências humanas e redação. A aplicação terá 5h30 de duração. No segundo dia (11/11), haverá provas de ciências da natureza e matemática. Os estudantes terão cinco horas para resolver as questões.

“No primeiro dia de prova, a carga de leitura é muito grande e tem a prova de redação. Já tem elemento de estresse natural. Vai valer a pena tentar forçar um pouco o horário biológico alguns dias antes”, diz o professor, que acrescenta: “Se o estudante dormir mais cedo ao longo da semana, no sábado não vai ter problema com isso. Não adianta fazer isso na véspera, junto com o nervosismo, que é normal, não vai funcionar”.

A dica, segundo Freire, pode ser adotada por estudantes de todos os estados, independente de adotarem o horário de verão ou não. Isso porque a aplicação do Enem segue o horário de Brasília, que adota a alteração na hora.

Horário de verão

Ontem (15), o Palácio do Planalto informou que o início do horário de verão será mantido no ida 4 de novembro, cancelando um novo adiamento. Geralmente, o horário começa em outubro, mas foi adiado para novembro em virtude do segundo turno das eleições.

No começo do mês, o governo federal chegou a anunciar que iria adiar o início do horário de verão para o dia 18 de novembro por causa de um pedido feito pelo Ministério da Educação para não prejudicar os candidatos do Enem. O exame será aplicado em dois domingos. O primeiro deles será o dia 4 de novembro.

Em nota, o Ministério da Educação (MEC) informa que os estudantes que realizarão as provas do Enem deverão “redobrar a atenção sobre o horário de verão, que será rigorosamente cumprido”. O MEC diz ainda que reforçará a comunicação aos candidatos sobre o fechamento dos portões e início das provas, que seguem o horário oficial de Brasília.

O exame seleciona os estudantes para vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e vagas no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Fechamento dos portões

Nos seguintes locais, os portões abrem às 12h e fecham às 13h, no horário local: Distrito Federal; Espírito Santo; Goiás; Minas Gerais; Paraná; Rio de Janeiro; Rio Grande do Sul; Santa Catarina; São Paulo.

Nos seguintes estados, os portões abrem às 11h e fecham às 12h, no horário local: Alagoas; Amapá; Bahia; Ceará; Maranhão; Mato Grosso; Mato Grosso do Sul; Pará; Paraíba; Pernambuco; Piauí; Rio Grande do Norte; Sergipe; Tocantins.

Nos seguintes estados, os portões abrem às 10h e fecham às 11h, no horário local: Amazonas; Rondônia; Roraima.

No Acre, os portões abrem às 9h e fecham às 10h, no horário local.

Por Agência Brasil

Rota de agradecimento do dep.estadual eleito Duarte Jr


A partir de amanhã, Duarte Jr, deputado estadual eleito com mais de 65 mil votos, retornara aos bairros e municípios em que visitou durante sua campanha. "Precisamos resgatar a esperança e confiança das pessoas na política e nos políticos. E a única forma é com ações positivas".  Destacou Duarte.

Bancada garante descontingenciamento de R$ 15 milhões para as obras do Iphan no Maranhão



A Bancada do Maranhão no Congresso Nacional garantiu mais uma vitória para o estado. De acordo com o coordenador da Bancada e deputado federal, Rubens Júnior (PCdoB), durante encontro com os parlamentares, nesta terça-feira (03), o presidente Michel Temer garantiu o descontingenciamento de R$ 15 milhões para continuidade das obras realizadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em São Luís.

Rubens Junior explicou que, com o compromisso firmado por Temer com a Bancada, está garantido o início da obra da Rua Grande, incluindo a Praça Deodoro, um grande sonho da capital do Maranhão, considerada Patrimônio Cultural da Humanidade, pela Unesco. “Também serão retomadas obras dos teatros Arthur Azevedo e João do Vale, Museu de Artes Visuais, Fórum Universitário, Jucema e Palácio das Lágrimas”, detalhou o parlamentar.

Ainda durante o encontro, Michel Temer garantiu também que empenhará a emenda de bancada que destinará verbas para as outras obras do Iphan em 2018, o que irá manter as obras em execução. Participaram da reunião sete deputados federais, o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, além de representantes da Junta Comercial do Maranhão (Jucema), Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Maranhão (Sinduscon-MA), Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), Fiema e Associação Comercial, “todos juntos por São Luís e pelo Maranhão. Assim age a bancada federal maranhense no Congresso”, disse o coordenador da Bancada, Rubens Júnior.


União de esforços

No mês passado, o coordenador da Bancada recebeu o presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão (Sinduscon-MA), Fábio Nahuz, que em nome da Câmara de Dirigentes Logistas de São Luís (CDL), solicitou uma intervenção junto ao Iphan.

Segundo Nahuz, a CDL foi surpreendia com a notícia de suspensão das obras, que atingiu diretamente a continuidade do Projeto de Requalificação Urbana da Rua Grande, uma das mais antigas aspirações do segmento lojista. “Esta é a uma solução possível para promovermos a total revitalização econômica e social daquela área, que proporcionará benefícios não apenas ao setor varejista, com também ao turismo, e à população como um todo”, disse.

Rubens Júnior e Fábio Nahuz

O deputado federal também esteve na sede da CDL, em São Luís, para se reunir com o presidente da entidade, Fábio Henrique Ribeiro, para aprofundar o tema e detalhar os pleitos. Rubens Júnior reforçou o engajamento da Bancada em defesa da concretização dos projetos. “Mobilizaremos todos os parlamentares para mais uma vez, juntos, atuarmos em prol do Maranhão. É necessário que o Governo Federal assegure recursos para essas obras”, afirmou na ocasião.

Na semana seguinte, a bancada se reuniu com a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, para tratar da execução das obras do PAC Cidades Históricas no Maranhão.

Kátia Bogéa elogiou a iniciativa de Rubens Júnior em convocar a reunião para acompanhar de perto a situação das obras do PAC Cidades Históricas. “O Iphan tem trabalhado com o apoio do Governo do Estado, da Prefeitura Municipal de São Luís, e com a Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Já apoiamos a cidade com R$ 8 milhões para a elaboração de projetos, e agora precisamos ultrapassar esse momento de dificuldade que o país e o Governo Federal enfrentam e garantir verba para executar essas obras”, disse.